A história da língua portuguesa no Brasil

A história do português no Brasil pode ser observada em quatro períodos distintos, com a complexa interação de diversas línguas nativas e estrangeiras

A partir de 1500, com a chegada dos colonizadores portugueses ao território brasileiro, a língua portuguesa foi se difundindo e entrando em contato com as línguas indígenas. Com o domínio dos portugueses, o idioma tornou-se a língua oficial e nacional do Brasil, carregando um vasto vocabulário herdado das línguas indígenas faladas no país.

A história da língua portuguesa no Brasil apresenta a complexa interação entre a língua do colonizador, as línguas indígenas brasileiras, as diversas línguas africanas e as línguas dos imigrantes europeus.

Início da colonização

A história do português no Brasil pode ser dividida em quatro períodos distintos. O primeiro momento diz respeito ao início da colonização portuguesa, época em que o tupinambá (língua da família tupi-guarani) foi utilizado como língua geral na colônia, ao lado do português, principalmente por influência dos padres jesuítas, que estudaram a difundiram a língua. Das línguas indígenas, o português herdou, principalmente, vocábulos ligados à fauna e flora.

A história da língua portuguesa no Brasil

Foto: depositphotos

Esse primeiro momento vai até a saída dos holandeses do território brasileiro, em 1654. Durante esse período, a língua portuguesa convive com as línguas indígenas, com a língua geral (língua falada pela maioria da população) e com o holandês.

Segundo período

Considera-se que o segundo momento tem início com a saída dos holandeses do Brasil e estende-se até a chegada da família real portuguesa. Nesse período, o território passa a receber um número crescente de portugueses, bem como negros trazidos como escravos. Consequentemente, a língua falada na colônia recebeu influências africanas, principalmente do iorubá, falado pelos negros vindos da Nigéria, e do quimbundo angolano.

Nessa fase, o português falado no Brasil ia se distanciando do idioma falado em Portugal, uma vez que a colônia recebia as influências dos indígenas brasileiros e dos imigrantes africanos.

Terceiro período

O terceiro momento da história da língua portuguesa no Brasil tem início com a vinda da família real, entre 1808 e 1821. Além de aumentar o número de portugueses no país e transformar o Rio de Janeiro na capital do Império, a criação da imprensa também produziu um efeito de unidade do português para a então colônia.

Quarto período

Após a independência, em 1822, o português brasileiro ainda sofreu influências dos imigrantes europeus, com destaque para os italianos, espanhóis e holandeses. No final do século XIX, o português falado no Brasil diferenciou-se ainda mais da língua portuguesa falada em Portugal. As discussões envolvendo as diferenças do idioma ganharam espaço através da literatura, durante as fases do Romantismo e do Modernismo, motivando a população a valorizar a variedade brasileira da língua portuguesa.

Sobre o autor

Avatar
Formada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas) pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), com certificado DELE (Diploma de Español como Lengua Extranjera), outorgado pelo Instituto Cervantes. Produz conteúdo web, abrangendo diversos temas, e realiza trabalhos de tradução e versão em Português-Espanhol.