,

Animais onívoros – Características e fotos de exemplos

O animais dessa classe são predadores que conseguem se adaptar em qualquer ambiente. Entenda porquê

Os animais onívoros são aqueles que possuem capacidade de digerir alimentos de fonte animal e de fonte vegetal. A palavra onívoro vem do latim omnes = tudo e vorare = devorar. Os onívoros apresentam vantagem em sua dieta, pois não se alimentam exclusivamente de uma fonte, mas sim de ambas. O urso é um exemplo de animal onívoro, alimenta-se de raízes, pequenas frutas, sementes, mel, focas, peixes, entre outros animais.

O que é um animal é onívoro?

Significa dizer que o animal apresenta capacidade de se alimentar tanto de vegetais quanto de outros animais. Os animais onívoros têm um fator a seu favor mediante os outros animais, eles facilmente podem se alimentar, em qualquer lugar, a qualquer momento que desejem e por isso estão propícios a se adaptarem em diversas regiões.

O urso, por exemplo, tem predileção por mel e assim, se faz forte o bastante para não ser atingidos por picadas de abelhas – sua pele é muito resistente –, mas também possui dentes afiados que o permite se alimentar de carne e até mesmo de plantas ou insetos.

Urso

O urso é um exemplo de animal onívoro (Foto: depositphotos)

Exemplos de animais onívoros

Existe uma gama de animais onívoros, como por exemplo: urso pardo, rato, morcego, raposa, porco, corvo, gambá, hiena, quati, avestruz, sagui, lobo-guará, texugo, esquilo, galinha, pato, cisne, carpa (peixe), piranha, entre outros.

Tartaruga é um desses?

A tartaruga é um réptil onívoro, pois ela se alimenta de algas, vegetais, frutas, além de pequenos peixes, crustáceos e minhocas.

Fotos de animais onívoros

Porco

(Foto: depositphotos)

Hiena

(Foto: depositphotos)

Raposa

(Foto: depositphotos)

Rato

(Foto: depositphotos)

Tartaruga

(Foto: depositphotos)

Veja também: Em que consiste o termo predatismo e por que ele acontece

Características

Os animais onívoros apresentam dentes incisivos curtos, caninos mais longos e curvados e molares mais chatos; músculos da face reduzidos; unhas afiadas, para melhor caçar alimentos; ausências de enzimas digestivas na saliva, normalmente engolem o alimento inteiro; intestino delgado curto; PH estomacal menor, tamanha acidez permite melhor digestão dos alimentos ingeridos. São animais predadores e considerados consumidores na cadeia alimentar.

O ser humano é onívoro?

O ser humano por vezes é considerado onívoro, apesar de se afirmar que sua ingestão de carne se trata de um fator cultural. Isso acontece devido ao sistema digestório do ser humano ser bem parecido com o dos herbívoros – intestino longo e acidez maior, saliva com enzimas digestivas–. Mas por outro lado, temos em comum com os onívoros a flora intestinal variada.

Os onívoros e a cadeia alimentar

Os onívoros estão presentes em várias cadeias alimentares, devido sua dieta diversificada. Em relação ao nível trófico, os onívoros podem ser classificados como consumidores primários, secundários, terciários e, assim, sucessivamente, dependendo do tamanho da cadeia. Por terem hábitos de se alimentarem de fonte vegetal ou fonte animal, são importantes no equilíbrio dinâmico do ecossistema.

Veja tambémCadeia alimentar

RESUMO

Sabe-se que animais que se alimentam essencialmente de carne são chamados carnívoros, já os que se alimentam exclusivamente de vegetais e grãos são chamados herbívoros, mas existem também os que seguem ambas as dietas, esses são conhecidos como animais onívoros ou até mesmo ‘’aqueles que comem de tudo’’.

Os onívoros conseguem ter uma dieta diversificada devido à capacidade que seu sistema digestório possui em digerir alimentos oriundos de fonte vegetal e animal. Os animais onívoros em geral, possuem características diversas, onde cada uma favorece determinado tipo de alimentação, assim permitindo uma dieta de grande abrangência. São considerados animais predadores.

Sobre o autor

Avatar
Natália Duque é Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.