,

As maiores reservas de sal do mundo

O sal já foi tão valioso que deu origem à palavra salário. O condimento era moeda de troca da Roma antiga e utilizado como conservante em épocas onde a energia elétrica nem era cogitada. Ainda hoje, o sal é empregado como tempero, mas também como matéria-prima das indústrias dos produtos de limpeza, papel e tecnologia. Saiba onde ficam as maiores reservas de sal do mundo.

O tempo pode até ter diminuído o valor do sal, mas não sua importância para o mercado. Ele é aplicado na fabricação do hidróxido de sódio, cloro, hidrogênio, ácido clorídrico e lítio.

As reservas de sal no mundo já foram mais abundantes e atualmente algumas salinas são consideradas destinos turísticos devido à sua beleza. Veja algumas das maiores reservas de sal do planeta.

Salar de Uyuni, Bolívia

Essa reserva de sal possui mais de 10 mil quilômetros quadrados

O Salar de Uyuni na Bolívia é uma das maiores reservas de sal do mundo (Foto: depositphotos)

Sem dúvidas essa é maior reserva de sal e a mais famosa do mundo. Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, esse território ao sudeste da Bolívia, fica a 3.656 metros acima do nível do mar.

A região é muito visitada por turistas do mundo inteiro que se impressionam com a paisagem espelhada do deserto, que também é explorado comercialmente pelas indústrias do setor.

Veja também: Descubra quanto pesam os maiores ovos de Páscoa do Planeta

Etosha, Namíbia

Essa reserva de sal tem quase 5 mil quilômetros quadrados de área

A reserva de sal de Etosha fica localizada na Namíbia (Foto: depositphotos)

É no continente africano que fica a reserva de Etosha. Localizada na Namíbia, ela tem quase 5 mil quilômetros quadrados de área.

Sua origem remonta um lago seco que fica bem no coração do Etosha National Park, um dos maiores parque de vida selvagem do país, que recebe muitos visitantes todos os anos e é protegido da exploração comercial.

Salinas Grandes, Argentina

Essa reserva de sal possui 6 mil quilômetros quadrados

A reserva de Salinas Grandes está situada na Argentina e é a segunda maior do mundo (Foto: depositphotos)

No território “hermano” fica a segunda maior reserva de sal do mundo. São as Salinas Grandes da Argentina. Com 6 mil quilômetros quadrados, ela é um lago que secou entre 5 e 10 milhões de anos, e fica próximo às cidades de San Antonio de Los Cobres e Purmamarca, na província de Salta.

Salinas Grandes fica a 4.170 metros acima do nível do mar e, por isso mesmo, uma visita à região tem que ser cercada de cuidados do ponto de vista da adaptação à altitude. Além disso, se você quiser conhecer essa reserva de sal deve levar muita água, protetor solar e proteção para os olhos, pois o branco do sal reflete assim como a neve.

Mossoró, Brasil

Essa reserva de sal fica numa área de várzea e passa um período inundada

A maior reserva de sal brasileira fica em Mossoró, no Rio Grande do Norte (Foto: Reprodução | Alex Fernandes)

No Brasil também há uma paisagem branquinha causada pelo sal. A reserva fica no estado do Rio Grande do Norte, no Nordeste Brasileiro, e passa pelas cidades de Mossoró, Grossos, Areia Branca, Macau, Guamaré e Galinhos.

A área nem sempre é seca, pois ela fica na várzea dos rios Mossoró e Carmo. Por isso, as enchentes causadas pelas chuvas na região podem inundar a salina que volta a aparecer quando o clima fica mais seco, no verão brasileiro.

Veja também: Conheça os maiores desastres ambientais do Brasil

Salar do Atacama, Chile

Essa reserva de sal ocupa um região de 3 mil quilômetros quadrados

O Salar do Atacama fica situado numa região desértica do Chile (Foto: depositphotos)

Localizado no deserto mais árido do mundo, o Salar do Atacama fica no Chile. Ele ocupa um região de 3 mil quilômetros quadrados a 2300 metros acima do nível do mar.

O local é habitado por flamingos, patos, gansos, outras aves e lhamas. É considerado uma das maiores reservas de lítio do mundo, mineral que é largamente utilizado pela indústria de tecnologia.

Lago Namak, Irã

Essa reserva de sal possui quase 2 mil quilômetros quadrados

Lago Namak é um lago de sal que fica próximo à cidade de Qom, no Irã (Foto: depositphotos)

Lago Namak é um lago de sal que fica próximo à cidade de Qom, no Irã. São quase 2 mil quilômetros quadrados entre água e partes secas, a apenas 790 metros de altura. A região oriental do lago está protegida em um parque nacional, pois há algumas espécies em extinção, como o leopardo-persa e guepardo-asiático.

Essa reserva de sal chama a atenção por ficar bem próxima ao deserto do Teerã. E quem o visita garante que é um dos lugares mais inóspitos e silenciosos do mundo.

Bonneville Salt Flats, Estados Unidos

Essa reserva de sal possui 104 quilômetros quadrados de área

A Bonneville Salt Flats fica no estado de Utah, nos Estados Unidos da América (Foto: depositphotos)

No estado de Utah, próximo à cidade de Salt Lake City, fica o Bonneville Salt Flats. Com 104 quilômetros quadrados, essa salina sedia uma famosa corrida de carro.

O evento atrai motoristas de todos os lugares dos Estados Unidos, mas também desperta críticas em relação à preservação da área por conta dessa intervenção agressiva em uma das maiores reservas de sal do mundo.

Outro lugares feitos de sal

Mas nem só as reservas de sal naturais do mundo são esplendorosas. Dá para ter uma experiência super criativa visitando alguns lugares que contam com um quantidade surpreendente de sal! Confira:

Mar Morto

Quem nunca ouviu falar que o Mar Morto é tão salgado que uma pessoa não consegue afundar nele? Com mil quilômetros de extensão, ele é um lago (apesar do nome) que fica localizado entre a Cisjordânia e Israel, cuja concentração do mineral impede a sobrevivência de grande parte dos organismos.

Catedral de Sal

Na Colômbia, a 50km de Bogotá fica a Catedral de Sal, dentro de uma reserva natural com 32 hectares. São 14 capelas distribuídas dentro do Parque de la Sal, cujo número de visitantes é sempre alto. Todos ávidos por conhecer uma das maravilhas construídas com o mineral.

Veja também: As maiores construtoras em atividade no Brasil

Hotel de Sal

Esse hotel fica dentro do maior salar do mundo, o Uyuni, na Bolívia. A olho nú sua construção parece bem tradicional, mas no lugar dos tijolos são blocos de sal que formam as paredes. Além disso, alguns móveis como mesas e cadeiras são feitos do mineral.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Federal da Paraíba com especialização em Comunicação Empresarial. Passagens pelas redações da BandNews e BandSports, TV Jornal e assessoria de imprensa de órgãos públicos.