Comparação ou símile

A comparação é uma figura de linguagem que consiste em aproximar dois seres ou objetos, destacando-se as suas semelhanças, características e traços comuns.

Apesar de ser semelhante à metáfora, a comparação dá-se de maneira explícita, com o uso de partículas comparativas que interligam os elementos em confrontos. Os termos usados são: como, parecia, tal qual, assim, feito, quanto, que nem (coloquial), etc.

Exemplos

Para que você compreenda melhor o conceito de comparação, confira alguns exemplos a seguir:

-Eles são como folhas levadas pelo vento.
-Ele agia tal qual um lunático.
-Joana é bela como uma flor.
-Roberto é esperto feito uma raposa.
-Minha mãe manteve-se firme, tal qual uma rocha.

Comparação ou símile

Foto: depositphotos

A comparação pode ser simples ou por símile.

Comparação simples

A comparação simples estabelece uma relação entre elementos do mesmo universo ou contexto.

Confira alguns exemplos a seguir:

-Espanhol é tão importante quanto inglês.
-O atleta etíope é mais rápido do que o atleta peruano.
-Este time joga melhor do que aquele.
-João é tão estudioso quanto Daniel. 

Comparação metafórica ou símile

A comparação metafórica, ou símile, é uma comparação entre dois elementos de universos diferentes. Os conectivos usados são os mesmos.

Confira alguns exemplos a seguir:

-“E flutuou no ar como se fosse um pássaro/E se acabou no chão feito um pacote flácido.” (Chico Buarque)
-Joãozinho é forte como um touro.
-“Meu coração tombou na vida/tal qual uma estrela ferida/pela flecha de um caçador.” (Cecília Meireles)

A comparação é, portanto, a figura de linguagem que aproxima dois ou mais elementos em função de características em comum. Lembre-se que, na comparação ou símile, há sempre um conectivo comparativo que estabelece a ligação entre os termos comparados.

Comparação x Metáfora

A comparação não deve ser confundida com a metáfora. A comparação, ou símile, consiste em uma comparação explícita, com a presença de conectivos comparativos; já a metáfora consiste em uma comparação implícita.

Confira os exemplos a seguir:

-Ela é bela como uma flor. (comparação)
-Ela é uma flor. (metáfora)
-Ele é esperto feito uma raposa. (comparação)
-Ele é uma raposa. (metáfora)

 

*Débora Silva é graduada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas).