Conceito: O que é e como fazer para abrir uma ONG

Uma organização não governamental, ONG, é uma entidade sem fins lucrativos que não provém do governo. É uma forma das pessoas unirem forças e colocarem a “mão na massa”. Uma ONG pode ter objetivos sociais, culturais, religiosos, artísticos, filantrópicos, ecológicos e recreativos.

A principal característica de uma organização não governamental é a fato de que os seus membros não esperam pelo poder público para mudarem alguma realidade que as incomodam. Mas você sabe como fundar uma ONG? Veja agora:

Convocação

O primeiro passo para fundar uma ONG é mobilizar as pessoas da sua comunidade ou do seu segmento para uma reunião. Nela, deve-se mostrar a importância da organização, seus objetivos, metas e atividades. Para atrair mais pessoas, se utilize de todos os caminhos para isso: internet, redes sociais, cartazes etc. Ao final da reunião, não esqueça de pegar os contatos de todos os presentes.

Conceito: O que é e como fazer para abrir uma ONG

Foto: depositphotos

Estatuto

O segundo passo para a criação de uma organização não governamental é reunir um grupo de pessoas mais comprometidas com a iniciativa e formar uma comissão para redigir um estatuto da ONG. Esse texto inicial deve ser discutido, revisado e modificado até ficar pronto.

No estatuto devem conter: nome e sigla da entidade, sede e foro, objetivos, formas de captação de recursos e tempo de duração.

Outros detalhes não podem faltar no seu estatuto, como: quais são os direitos e deveres dos associados e como um membro pode entrar na ONG. Também deve ficar claro a forma como os poderes serão distribuídos entre diretoria e conselho fiscal.

Uma coisa que também não deve ficar de fora é que o documento trate de como a entidade pode ser dissolvida e qual é o destino do patrimônio caso isso aconteça.

Assembleia

Quando o estatuto da ONG estiver pronto, deve-se convocar as pessoas para uma assembleia geral. Isso pode ser feito por meio da lista de presença da primeira reunião que você convocou. Nela, devem conter os telefones, endereços e outros meios de contato das pessoas que se interessam pelo segmento da sua ONG.

É importante ter uma pauta estruturada para a assembleia, pois ela é de fundamental importância para os próximos passos da sua ONG, assim como o seu estatuto dos objetivos e da pauta da reunião, para a realização da Assembleia Geral de fundação, a aprovação do Estatuto e a eleição da primeira Diretoria.

Você deve providenciar um livro de presença, com nome e assinatura de todos. Um livro de ata e deve organizar a primeira eleição da diretoria e membros do conselho. Em seguida, ocorre a posse.

Feito isso, o último passo é registrar a entidade em cartório para obter um CNPJ junto à Receita Federal. Somente dessa forma, você consegue formalizar a sua ONG para estar apta a receber doações.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Federal da Paraíba com especialização em Comunicação Empresarial. Passagens pelas redações da BandNews e BandSports, TV Jornal e assessoria de imprensa de órgãos públicos.