Dêixis (referência deítica): O que é e para que serve

Denominam-se dêiticos as palavras que manifestam a dêixis. Conheça o conceito e as classificações de dêixis e dêiticos

Dêixis, ou referência deíctica, é um termo linguístico empregado para designar a associação conceitual entre um conjunto de palavras ou expressões e o seu contexto situacional.

Em seu artigo intitulado “A função dos dêiticos na organização do texto”, o professor Dr. Sérsi Bardari (2011, p. 1) afirma que o termo ‘dêixis’, do qual deriva o adjetivo “dêitico”, é empregado para designar a função que os pronomes pessoais e demonstrativos, as formas gramaticais que indicam tempo, inúmeras palavras e uma variedade de outras formas linguísticas desempenham ao fazer referência à situação de produção dos gêneros textuais, sejam estes nas modalidades oral ou escrita.

O que são os dêiticos?

Denominam-se dêiticos as palavras que manifestam a dêixis. Bardari (2011) descreve os dêiticos como os instrumentos linguísticos responsáveis pela coesão, funcionando também para enriquecer o sentido do texto. O professor doutor afirma que tal característica serve não apenas para assegurar uma ligação entre os elementos que ocorrem na superfície do texto, mas também para fazer referência à situação de enunciação.

Dêixis (referência deítica): O que é e para que serve

Foto: depositphotos

Os dêiticos também são definidos como os elementos linguísticos que indicam o lugar ou o tempo em que determinado enunciado é produzido, além de indicar os participantes de uma situação enunciativa. Na língua portuguesa, os dêiticos incluem os pronomes como “eu”, “lhe”, “isto”; os advérbios de lugar, que são marcadores de tempo, tais como “agora”, “hoje, “amanhã”; os artigos como “o”, “as”; as terminações verbais e outras categorias.

É preciso ressaltar que os dêiticos não têm um valor referencial próprio, remetendo para a situação em que o texto é produzido. Os dêiticos também fazem referência a elementos extralinguísticos, intrínsecos ao contexto discursivo.

Exemplo de dêiticos

Para elucidar o conceito de dêixis, vejamos um exemplo. Na sentença “Eu quero que você esteja aqui hoje”, o indivíduo representado pela palavra “eu”, o local representado por “aqui”, e o dia representado por “hoje” são exemplos de dêixis. Observe que o termo “hoje” perde o sentido, caso não se tenha a referência da data em que o recado foi enviado. O pronome “eu” também deve estar explícito no contexto, pois somente assim saberemos a quem se refere.

Classificações

De acordo com a ideia de referência, a dêixis pode ser classificada em três tipos, a saber:

  • Dêixis ad óculos – O dêitico representa um elemento que é conhecido pelos interlocutores;
  • Dêixis anafórica – O dêitico representa algo previamente mencionado no discurso. Anáfora é o termo usado para relembrar ou retomar algo que já foi dito;
  • Dêixis catafórica – Neste caso, o dêitico representa um elemento que não foi anteriormente mencionado no discurso.

 

*Débora Silva é graduada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas).