,

Descubra: De onde veio toda a água que existe no mundo?

Uma das primeiras hipóteses é a de que a água teria chegado no planeta através dos cometas que aterrissaram na Terra

De onde veio toda a água que existe no mundo, você sabe? Nesse artigo você vai ter essa resposta bem como demais explicações sobre o tema. Acompanhe a seguir!

Por maiores que tenham sido os avanços da ciência durante toda a história da humanidade, ainda existem algumas coisas que não sabemos exatamente como ocorreram. Sobre estas, os cientistas se debruçam, levantando hipóteses e testando as possibilidades, para somente então fornecer um posicionamento científico que ajude as pessoas a compreenderam mais sobre o planeta Terra.

Hoje os conhecimentos sobre a composição do planeta Terra já fornecem muitos subsídios para compreensão das origens e da estrutura do planeta, mas ainda assim, existem muitas dúvidas que permanecem.

A compreensão sobre o ciclo da água auxilia no entendimento deste recurso como algo renovável, ou seja, que está em permanente dinâmica.

No entanto, a origem da água existente no planeta Terra ainda gera alguns questionamentos, já que essa composição é bem diferente da dos demais planetas do Sistema Solar. Existem algumas teorias possíveis para explicar de onde veio toda água existente na Terra.

Qual a origem da água no mundo?

As dúvidas sobre a origem da água no planeta Terra são várias, já que pesquisadores divergem sobre se a água estaria mesmo desde o início da formação do planeta na nuvem protoplanetária, ou se teria vindo com outros corpos celestes em momentos posteriores após o resfriamento do planeta.

(Foto: depositphotos)

Os questionamentos são fundados especialmente quando levada em consideração a formação do próprio planeta em conformidade com a teoria do Big Bang, em cerca de 100 milhões de anos após a origem do Sistema Solar.

Isso porque com a consolidação e resfriamento do magma, teria ocorrido também a condensação da água, havendo sua consolidação há cerca de 4,5 bilhões de anos. No entanto, há pouco entendimento sobre os motivos pelos quais a água não teria sido varrida da atmosfera pela radiação solar.

Hipótese 1: Cometas trouxeram a água

Uma das hipóteses mais aceitas na ciência é a de que a água teria sido trazida para a Terra por outros corpos celestes, especificamente cometas. Essa linha de pensamento afirma que, assim como o planeta Terra, os outros planetas mais próximos da Terra, Mercúrio, Marte e Vênus, também não apresentam em seu contexto original as condições ideais para a formação de água.

Assim, a ideia é de que a água teria efetivamente chegado a Terra em um momento posterior ao resfriamento. Os cometas teriam sido os transportadores, porque foi descoberto que na cauda destes estão presentes rochas e blocos de gelo.

No entanto, há discordâncias em relação a esta teoria, já que foi descoberto que o tipo de água carregado pelos cometas não tem semelhanças químicas com a água presente no planeta Terra. Ainda assim, há uma predominância em acreditar que a água não esteve originalmente na Terra.

Veja também: O que acontece no corpo se tomarmos somente água durante 1 mês? Descubra

Cinturão de asteroides

Outra hipótese é a que leva em consideração uma possibilidade de a água ter vindo do cinturão de asteroides, o qual é uma região do Sistema Solar, a qual se encontra entre as órbitas de Marte e Júpiter. Pela proximidade com o Sol, os cientistas não acreditavam que nesta região pudesse haver água, a qual já teria sido extinta pela radiação.

Apesar disso, foi encontrada uma evidência da existência de gelo nesta região, a qual foi encontrada em um asteroide chamado 24 Themis.

A descoberta deu mais subsídios para os pesquisadores avaliarem se a água existente na Terra pode ou não ter advindo desta região, quando houve o bombardeamento dos planetas do Sistema Solar pelos corpos celestes existentes neste, quando vários corpos celestes se fundiram.

Ainda sobre as crenças de a água ter vindo de fora do planeta Terra, acredita-se que os condritos carbonáceos tenham sido os responsáveis por trazer a água para a Terra, já que além do carbono, estes podem conter também água e minerais alterados pela água.

Veja também: Dia Mundial da Água: A celebração do líquido mais precioso da Terra

Hipótese 2: A água foi formada na Terra

Ainda assim, há teorias e pesquisadores que visam mostrar que a água não veio de fora do planeta, mas que foi formada neste. Uma delas afirma que durante o processo de desgaseificação da Terra, seu núcleo continuava quente, o que fez com que houvesse a expulsão para a crosta terrestre de uma alta quantidade de água em forma de vapor.

Os vulcões ativos expeliram gás hidrogênio e vapor de água, que teria possibilitado a formação da atmosfera, criando o ciclo da água.

Desta forma, a água na Terra teria se formado pela atividade vulcânica. Essa teoria, no entanto, enfrenta algumas limitações para sua explicação, especialmente pelos questionamentos que surgem sobre a condição de manutenção dessa água em um momento evolutivo da Terra muito quente, e com a intensa ação da radiação solar.

Veja também: A água mais profunda da Terra pode está a 1.000 km da superfície

As dúvidas sobre a origem da água na Terra não são isoladas do contexto, já que os pesquisadores têm se dedicado a outras tantas questões ainda sobre o planeta, como as dúvidas sobre a própria Lua, sobre a estrutura interna da Terra, dentre outras.

A água e o planeta Terra

(Foto: depositphotos)

A água é um recurso essencial para a existência da vida na Terra, de modo que o próprio corpo humano seja formado predominantemente por água. Esse elemento tem um papel fundamental para todas as espécies, auxiliando na manutenção da temperatura, bem como na dinâmica da troca de substâncias.

A água é ainda um solvente universal, e pode ser encontrada em três estados, sendo eles o gasoso, o líquido e o sólido. A água ocupa cerca de 70% da superfície do planeta Terra, destes, 97,5% da água do planeta é salgada.

Já do montante de água doce existente, cerca de 68,9% encontra-se nas geleiras, calotas polares ou em regiões montanhosas, 29,9% em águas subterrâneas, 0,9% compõe a umidade do solo e dos pântanos e apenas 0,3% constitui a porção superficial de água doce presente em rios e lagos, segundo informações do Ministério do Meio Ambiente.

Além disso, a água doce no mundo não está distribuída de forma igualitária por todo globo, sendo que em algumas áreas é encontrada em maior quantidade, enquanto em outras é escassa. Além disso, parte dessa água encontra-se contaminada, o que inviabiliza o consumo pelos seres humanos.

Veja também: A diferença entre as águas mineral, potável e tratada

Essa desigualdade na distribuição representa também um consumo desigual, sendo que algumas pessoas acabam não tendo acesso a este recurso, o que incide diretamente na qualidade de vida das populações. A água é essencial em todos os setores da vida humana, desde o consumo diário necessário para manutenção da saúde, até as atividades industriais, que demandam um alto consumo. Sem água, a vida na Terra seria impossível.

 

Referências

»BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Água. Disponível em: http://www.mma.gov.br/estruturas/sedr_proecotur/_publicacao/140_publicacao09062009025910.pdf. Acesso em 11 de maio de 2018.

Sobre o autor

Avatar
Mestre em Geografia e Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Especialista em Neuropedagogia pela Faculdade Alfa de Umuarama (FAU) e em Educação Profissional e Tecnológica (São Braz).