Quantos países tem o mundo? Descubra!

Mesmo que você observe atentamente o Mapa-múndi, muito dificilmente conseguirá definir quantos países existem no globo. O mapa apresenta uma divisão política do mundo que ainda não está totalmente definida e aceita por todos os países e organizações.

A Organização das Nações Unidas-ONU reconhece que existam no mundo 193 países. No entanto, na prática, talvez não seja bem assim. Dependendo do órgão que contabiliza os países, este número pode subir para 206, ou até mais. Essa variação acontece devido aos critérios utilizados para definir o que são países, o que são territórios, quais são soberanos e quais ainda dependem de outros países.

A Copa do Mundo é um dos eventos que mais divulgam informações sobre os países do globo. Para a Federação Internacional de Futebol-FIFA são reconhecidos hoje 211 países filiados, o que conflita com os 193 da Organização das Nações Unidas (ONU) e também com os 206 aceitos pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).

Mapa múndi com nome dos países

A ONU reconhece 193 nações, já a FIFA considera 211 países soberanos (Foto: depositphotos)

Existem vários países do globo que não são oficialmente reconhecidos de forma homogênea, pois teoricamente não cumprem os requisitos necessários para serem assim denominados. Um dos exemplos mais conhecidos do mundo é o de Taiwan, ou República da China, que é um país insular (ilha) do Extremo Oriente do globo. Este país, embora seja reconhecido por muitas nações como soberano, é reivindicado pela República Popular da China, a qual o considera uma província chinesa.

Quais são os países do globo reconhecidos pela ONU?

A Organização das Nações Unidas-ONU reconhece atualmente 193 países no globo terrestre. A tarefa de definir o que é um país nem sempre é tão simples como parece.

Para isso, são levados em consideração alguns aspectos como: a região a ser caracterizada precisa ter um território definido; é necessário que haja algum grau de habitação permanente nele, ou seja, que não se estabeleça apenas como espaço de passagem; deverão existir neste instituições políticas e um governo próprio; é preciso também o reconhecimento de outros Estados soberanos, visando possibilitar as relações diplomáticas.

Países reconhecidos pela ONU

1. Afeganistão – 19 de novembro de 1946
2. África do Sul – 7 de novembro de 1945
3. Albânia – 14 de dezembro de 1955
4. Alemanha – 18 de setembro de 1973
5. Andorra – 28 de julho de 1993
6. Angola – 1 de dezembro de 1976
7. Antígua e Barbuda – 11 de novembro de 1981
8. Arábia Saudita – 24 de outubro de 1945
9. Argélia – 8 de outubro de 1962
10. Argentina – 24 de outubro de 1945
11. Armênia – 2 de março de 1992
12. Austrália – 1 de novembro de 1945
13. Áustria – 14 de dezembro de 1955
14. Azerbaijão – 2 de março de 1992
15. Bahamas – 18 de setembro de 1973
16. Bahrein – 21 de setembro de 1971
17. Bangladesh – 17 de setembro de 1974
18. Barbados – 9 de dezembro de 1966
19. Bélgica – 27 de dezembro de 1945
20. Belize – 25 de setembro de 1981
21. Benim – 20 de setembro de 1960
22. Bielorrússia – 24 de outubro de 1945
23. Bolívia – 14 de novembro de 1945
24. Bósnia e Herzegovina – 22 de maio de 1992
25. Botswana – 17 de outubro de 1966
26. Brasil – 24 de outubro de 1945
27. Brunei – 21 de setembro de 1984
28. Bulgária – 14 de dezembro de 1955
29. Burkina Faso – 20 de setembro de 1960
30. Burundi – 18 de setembro de 1962
31. Butão – 21 de setembro de 1971
32. Cabo Verde Cabo Verde – 16 de setembro de 1975
33. Camarões – 20 de setembro de 1960
34. Camboja – 14 de dezembro de 1955
35. Canadá – 9 de novembro de 1945
36. Catar – 21 de setembro de 1971
37. Cazaquistão – 2 de março de 1992
38. Chade – 20 de setembro de 1960
39. Chile – 24 de outubro de 1945
40. China – 24 de outubro de 1945
41. Chipre – 20 de setembro de 1960
42. Colômbia – 5 de novembro de 1945
43. Comores – 12 de novembro de 1975
44. República Democrática do Congo – 20 de setembro de 1960
45. República do Congo – 20 de setembro de 1960
46. Coreia do Norte – 17 de setembro de 1991
47. Coreia do Sul – 17 de setembro de 1991
48. Costa do Marfim – 20 de setembro de 1960
49. Costa Rica – 2 de novembro de 1945
50. Croácia – 22 de maio de 1992
51. Cuba – 24 de outubro de 1945
52. Dinamarca – 24 de outubro de 1945
53. Djibouti – 20 de setembro de 1977
54. Dominica – 18 de dezembro de 1978
55. Egito – 24 de outubro de 1945
56. Emirados Árabes Unidos – 9 de dezembro de 1971
57. El Salvador – 24 de outubro de 1945
58. Equador – 21 de dezembro de 1945
59. Eritreia – 28 de maio de 1993
60. Eslováquia – 19 de janeiro de 1993
61. Eslovênia – 22 de maio de 1992
62. Espanha – 14 de dezembro de 1955
63. Estados Unidos – 24 de outubro de 1945
64. Estônia – 17 de setembro de 1991
65. Etiópia – 13 de novembro de 1945
66. Fiji – 13 de outubro de 1970
67. Filipinas – 24 de outubro de 1945
68. Finlândia – 2 de dezembro de 1955
69. França – 24 de outubro de 1945
70. Gabão – 20 de setembro de 1960
71. Gâmbia – 21 de setembro de 1965
72. Gana – 8 de março de 1957
73. Geórgia – 31 de julho de 1992
74. Granada – 17 de setembro de 1974
75. Grécia – 25 de outubro de 1945 *
76. Guiana – 20 de setembro de 1966
77. Guatemala – 21 de novembro de 1945
78. Guiné – 12 de dezembro de 1958
79. Guiné-Bissau – 17 de setembro de 1974
80. Guiné Equatorial – 12 de novembro de 1968
81. Haiti – 24 de outubro de 1945
82. Honduras – 17 de dezembro de 1945
83. Hungria – 14 de dezembro de 1955
84. Iêmen – 30 de setembro de 1947
85. Islândia – 19 de novembro de 1946
86. Índia – 30 de outubro de 1945
87. Indonésia – 28 de setembro de 1950
88. Irão – 24 de outubro de 1945
89. Iraque – 21 de dezembro de 1945
90. Irlanda – 14 de dezembro de 1955
91. Israel – 11 de maio de 1949
92. Itália – 14 de dezembro de 1955
93. Jamaica – 18 de setembro de 1962
94. Japão – 18 de dezembro de 1956
95. Jordânia – 14 de dezembro de 1955
96. Kiribati – 14 de setembro de 1999
97. Kuwait – 14 de maio de 1963
98. Laos – 14 de dezembro de 1955
99. Lesoto – 17 de outubro de 1966
100. Letônia – 17 de setembro de 1991
101. Líbano – 24 de outubro de 1945
102. Libéria – 2 de novembro de 1945
103. Líbia – 14 de dezembro de 1955
104. Liechtenstein – 18 de setembro de 1990
105. Lituânia – 17 de setembro de 1991
106. Luxemburgo – 24 de outubro de 1945
107. Macedônia do Norte Macedônia do Norte – 8 de abril de 1993
108. Madagáscar – 20 de setembro de 1960
109. Malawi – 1 de dezembro de 1964
110. Malásia – 17 de setembro de 1957
111. Maldivas – 21 de setembro de 1965
112. Mali – 28 de setembro de 1960
113. Malta – 1 de dezembro de 1964
114. Marrocos – 12 de novembro de 1956
115. Ilhas Marshall – 17 de setembro de 1991
116. Mauritânia – 27 de outubro de 1961
117. Maurícia – 24 de abril de 1968
118. México – 7 de novembro de 1945
119. Mianmar – 19 de abril de 1948
120. Estados Federados da Micronésia – 17 de setembro de 1991
121. Moldávia – 2 de março de 1992
122. Mônaco – 28 de maio de 1993
123. Mongólia – 27 de outubro de 1961
124. Montenegro – 28 de junho de 2006
125. Moçambique – 16 de setembro de 1975
126. Namíbia – 23 de maio de 1990
127. Nauru – 14 de setembro de 1999
128. Nepal – 14 de dezembro de 1955
129. Nicarágua – 24 de outubro de 1945
130. Níger – 20 de setembro de 1960
131. Nigéria – 7 de outubro de 1960
132. Noruega – 27 de novembro de 1945
133. Nova Zelândia – 24 de outubro de 1945
134. Omã – 7 de outubro de 1971
135. Países Baixos – 10 de dezembro de 1945
136. Paquistão – 30 de setembro de 1947
137. Palau – 15 de dezembro de 1994
138. Panamá – 13 de novembro de 1945
139. Papua-Nova Guiné – 10 de outubro de 1975
140. Paraguai – 24 de outubro de 1945
141. Peru – 31 de outubro de 1945
142. Polônia – 24 de outubro de 1945
143. Portugal – 14 de dezembro de 1955
144. Quênia – 16 de dezembro de 1963
145. Quirguistão – 2 de março de 1992
146. Reino Unido – 20 de novembro de 1945
147. República Centro-Africana – 20 de setembro de 1960
148. República Checa – 19 de janeiro de 1993
149. República Dominicana – 24 de outubro de 1945
150. Romênia – 14 de dezembro de 1955
151. Ruanda – 18 de setembro de 1962
152. Rússia – 24 de outubro de 1945
153. Ilhas Salomão – 17 de setembro de 1978
154. San Marino – 2 de março de 1992
155. São Cristóvão e Névis – 23 de setembro de 1983
156. Santa Lúcia – 18 de setembro de 1979
157. São Tomé e Príncipe – 16 de setembro de 1975
158. São Vicente e Granadinas – 16 de setembro de 1980
159. Samoa – 15 de dezembro de 1976
160. Senegal – 28 de setembro de 1960
161. Sérvia – 1 de novembro de 2000
162. Serra Leoa – 17 de setembro de 1961
163. Seicheles – 21 de setembro de 1976
164. Singapura – 21 de setembro de 1965
165. Síria – 24 de outubro de 1945
166. Somália – 20 de setembro de 1960
167. Sri Lanka – 14 de dezembro de 1955
168. Suazilândia – 24 de setembro de 1968
169. Sudão – 12 de novembro de 1956
170. Sudão do Sul – 14 de julho de 2011
171. Suécia – 19 de novembro de 1946
172. Suíça – 10 de setembro de 2002
173. Suriname – 4 de dezembro de 1975
174. Tajiquistão – 2 de março de 1992
175. Tailândia – 16 de dezembro de 1946
176. Tanzânia – 14 de dezembro de 1961
177. Timor-Leste – 27 de setembro de 2002
178. Togo – 20 de setembro de 1960
179. Tonga – 14 de setembro de 1999
180. Trinidad e Tobago – 18 de setembro de 1962
181. Tunísia – 12 de novembro de 1956
182. Turquemenistão – 2 de março de 1992
183. Turquia – 24 de outubro de 1945
184. Tuvalu – 5 de setembro de 2000
185. Ucrânia – 24 de outubro de 1945
186. Uganda – 25 de outubro de 1962
187. Uruguai – 18 de dezembro de 1945
188. Uzbequistão – 2 de março de 1992
189. Vanuatu – 15 de setembro de 1981
190. Venezuela – 15 de novembro de 1945
191. Vietnã – 20 de setembro de 1977
192. Zâmbia – 1 de dezembro de 1964
193. Zimbabwe – 25 de agosto de 1980

Países reconhecidos para Copa do Mundo FIFA e Jogos Olímpicos

Os critérios que a FIFA usa para definir o que é um país são diferentes dos critérios usados pela ONU, especialmente no que tange a ilhas e territórios ultramarinos. São alguns países também reconhecidos pela FIFA:

1. Ilhas Bermudas
2. Ilhas Caiman
3. Ilhas Turcas e Caicos
4. Porto Rico
5. Ilhas Virgens Britânicas
6. Ilhas Virgens Americanas
7. Anguilla
8. Montserrat
9. Aruba
10. Curaçao
11. Ilhas Faroé
12. Irlanda do Norte
13. Escócia
14. Inglaterra
15. País de Gales
16. Gibraltar
17. Kosovo
18. Palestina
19. Macau
20. Hong Kong
21. Taiwan
22. Guam
23. Nova Caledônia
24. Samoa Americana
25. Ilhas Cook.

Quantos países existem em cada continente?

Os 193 países reconhecidos pela ONU estão distribuídos entre os continentes terrestres.

África: Os países da África estão divididos entre suas regiões. Na África Austral estão: África do Sul, Angola, Botswana, Comores, Lesoto, Madagáscar, Malawi, Maurícia, Moçambique, Namíbia, Suazilândia, Zâmbia, Zimbabwe. Já na porção chamada de África Central estão: República Centro-Africana, República Democrática do Congo, Chade, Congo. Na África Ocidental se localizam os países de Benin, Burkina Faso, Cabo Verde, Camarões, Costa do Marfim, Gabão Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Libéria, Mali, Mauritânia, Níger, Nigéria, Senegal, Serra Leoa, São Tomé e Príncipe e Togo. Na parte denominada de África Setentrional estão países como Argélia, Egito, Líbia, Marrocos, Saara Ocidental, Sudão, Tunísia. Na África Oriental estão Burundi, Djibouti, Eritreia, Etiópia, Quénia, Ruanda, Seychelles, Somália, Tanzânia e também Uganda.

América: os países do continente americano estão distribuídos em suas três subdivisões, na América do Norte estão Estados Unidos, Canadá e México. Na América Central estão Belize, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá, Antígua e Barbuda, Bahamas, Barbados, Cuba, Dominica, República Dominicana, Granada, Haiti, Jamaica, Santa Lúcia, São Cristóvão e Névis, São Vicente e Granadinas, Trinidad e Tobago. Já na América do Sul estão países como Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela, além do território da Guiana Francesa.

Ásia: São países do continente asiático: Afeganistão, Arábia Saudita, Armênia, Azerbaijão‎, Bahrein, Bangladesh‎, Brunei‎, Butão‎, Camboja, Cazaquistão‎, Chipre, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Egito, Filipinas, Geórgia, Índia, Indonésia, Irão, Iraque, Japão, Laos, Maldivas, Mongólia, Nepal, Paquistão, Quirguistão‎, Rússia, Sri Lanka, Tailândia, Tajiquistão, Timor-Leste, Turquemenistão‎, Turquia, Uzbequistão‎ e Vietnã.

Europa: são países europeus: Albânia, Alemanha, Andorra, Áustria, Bélgica, Bielorrússia, Bósnia e Herzegovina, Bulgária, Cazaquistão, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Moldávia, Mônaco, Montenegro, Noruega, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Tcheca, Macedônia do Norte, Inglaterra, Irlanda do Norte, Escócia, País de Gales, Romênia, San Marino, Sérvia, Suécia, Suíça, Turquia, Ucrânia e o Vaticano.

Oceania: os países que estão no continente da Oceania são: Austrália, Nova Zelândia, Fiji, Ilhas Marshall, Ilhas Salomão, Kiribati, Micronésia, Nauru, Palau, Papua Nova Guiné, Samoa, Tonga, Tuvalu e Vanuatu.

Países soberanos

É muito difícil especificar com certeza quantos países existem no globo, isso porque alguns deles são territórios ultramarinos, ou então estão em processo de independência reconhecida por apenas uma parte dos demais Estados soberanos do mundo.

Dependendo da organização que contabiliza os países, a quantidade pode variar significativamente. A ONU reconhece 193 países no mundo hoje, mas outras instituições, como a FIFA reconhecem mais países em sua lista oficial.

Quando se observa um Mapa-múndi, é preciso compreender que aquela divisão política apresentada também é passível de mudanças ao longo do tempo, com surgimento de novos países, alteração em antigos territórios e extinção de países antes existentes.

Referências

» Site Oficial da ONU: https://nacoesunidas.org/conheca/paises-membros/.

» Site Oficial da FIFA: https://www.fifa.com/associations/.

Sobre o autor

Avatar
Mestre em Geografia e Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Especialista em Neuropedagogia pela Faculdade Alfa de Umuarama (FAU) e em Educação Profissional e Tecnológica (São Braz).