,

Dia mundial do meio ambiente: 5 de junho

A celebração existe desde 1972 e motiva ações e atividades voltadas para a sustentabilidade

O dia mundial do meio ambiente comemora-se em 5 de junho. A escolha dessa data foi feita pela Assembleia Geral das Nações Unidas em dezembro de 1972, após a realização da primeira Conferência de Estocolmo, na Suécia, que aconteceu nos dias 5 e 6 de junho daquele mesmo ano.

O tema central do encontro foi Ambiente Humano. Por isso, as Nações Unidas decidiram fixar uma data para ampliar os debates a cerca da temática. Logo, todos os anos, as pessoas e instituições do mundo inteiro celebram a data com atividades especiais para o dia do meio ambiente. Saiba mais detalhes sobre esse marco e veja ideias de ações para esse dia.

Como surgiu o dia do meio ambiente

Como citado no início deste artigo, o dia do meio ambiente foi uma ideia posterior à realização da Conferência de Estocolmo, na Suécia, em 1972, que debateu o tema. A United Nations Conference on the Human Environment reuniu chefes de estado para discutir o tema durante dois dias do mês de junho.

Nunca se havia reunido tantos líderes mundiais para discutir a situação do meio ambiente. Por isso, os historiadores afirmam que o a Conferência foi um marco.

Mãos segurando o planeta Terra

A data é uma referência a Conferência de Estocolmo, que aconteceu em 1972 (Foto: depositphotos)

Durante o encontro, foram discutidas alternativas para diminuir a poluição do mundo sem atrapalhar o desenvolvimento econômico das nações e das empresas. O desmatamento também foi alvo condenado e falou-se bastante em sustentabilidade.

Ao todo, participaram da Conferência 113 países por meio dos seus líderes e quase 500 instituições. O resultado desse evento foi a publicação da Declaração da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano ou, em inglês originalmente, Declaration of the United Nations Conference on the Human Environment, que tornou-se pública no último dia da reunião, em 6 de junho. Conheça o seu teor no próximo tópico.

O que diz a Declaração da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano

A Declaração da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano foi o primeiro documento de direito internacional a tratar do tema meio ambiente. Ele trouxe a preocupação dos líderes dos países desenvolvidos em relação à degradação do meio ambiente.

Durante a conferência, nem todos os chefes de estado concordaram com as resoluções. Isso porque, aqueles países que estavam em desenvolvimento não aceitaram abrir mão do desenvolvimento industrial para poluir menos. Enquanto que as nações já economicamente estáveis, acharam justas as resoluções.

Ao todo, foram 26 princípios publicados. A introdução da carta afirma: “a proteção e o melhoramento do meio ambiente humano é uma questão fundamental que afeta o bem-estar dos povos e o desenvolvimento econômico do mundo inteiro, um desejo urgente dos povos de todo o mundo e um dever de todos os governos”.

Veja também: Como surgiu o dia mundial do meio ambiente

A partir dessa consciência, os princípios passam a ser descritos. Quero destacar os 3 principais:

“Princípio 2

Os recursos naturais da terra incluídos o ar, a água, a terra, a flora e a fauna e especialmente amostras representativas dos ecossistemas naturais devem ser preservados em benefício das gerações presentes e futuras, mediante uma cuidadosa planificação ou ordenamento”.

“Princípio 13

Com o fim de se conseguir um ordenamento mais racional dos recursos e melhorar assim as condições ambientais, os Estados deveriam adotar um enfoque integrado e coordenado de planejamento de seu desenvolvimento, de modo a que fique assegurada a compatibilidade entre o desenvolvimento e a necessidade de proteger e melhorar o meio ambiente humano em benefício de sua população”.

“Princípio 19

É indispensável um esforço para a educação em questões ambientais, dirigida tanto às gerações jovens como aos adultos e que preste a devida atenção ao setor da população menos privilegiado, para fundamentar as bases de uma opinião pública bem informada, e de uma conduta dos indivíduos, das empresas e das coletividades inspirada no sentido de sua responsabilidade sobre a proteção e melhoramento do meio ambiente em toda sua dimensão humana. É igualmente essencial que os meios de comunicação de massas evitem contribuir para a deterioração do meio ambiente humano e, ao contrário, difundam informação de caráter educativo sobre a necessidade de protegê-lo e melhorá-lo, a fim de que o homem possa desenvolver-se em todos os aspectos”.

Ao analisar esses três princípios em destaque, vale comentar o Princípio 19, que conclama que o meio ambiente seja um tema educativo levado para as salas de aula a fim de conscientizar a opinião pública sobre os problemas ambientais e a importância da preservação da natureza.

Esse trecho da Declaração também fala sobre a importância da mídia para gerar informação educativa para a população. Ou seja, o documento conclama para uma mobilização de vários setores.

Jovens fazendo coleta voluntária

A data pode mobilizar ações nas escolas, universidade e empresas (Foto: depositphotos)

Como celebrar o Dia do Meio Ambiente

Como você deve ter percebido, a criação do dia do Meio Ambiente não foi uma escolha aleatória, mas uma data marcada por um evento importante, a Conferência de Estocolmo, na Suécia, cujo ápice foi a publicação da Declaração da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano.

Pensando assim, esse dia deve ser marcado por ações e atividades voltadas para a importância da data. Segundo a ONU, instituição que promoveu o evento de 1972, é sua missão “promover a conscientização e ação em todo o mundo em relação ao meio ambiente”.

Para a organização, o dia 5 de junho é dia “das pessoas fazerem algo positivo para o meio ambiente. Seu objetivo é aproveitar ações individuais e transformá-las em um poder coletivo que tenha um legado de impacto real e duradouro no planeta”.

E para isso, a ONU dá até algumas ideias de atividades para serem promovidas do dia 5 de junho, Dia do Meio Ambiente: limpeza de praia, plantar árvores e contribuir com inúmeras iniciativas para uma sociedade melhor.

E inspirados nas dicas da ONU, veja o que você pode fazer para celebrar o dia do meio ambiente.

1 ) Escolha uma mudança para contribuir com a preservação

Na sua vida pessoal, no trabalho, na escola ou em qualquer grupo social, convoque as pessoas e a si próprio (claro!) para mudar algum hábito que degrade o meio ambiente. Na verdade, você escolhe 5 ou 6 ações e deixa que cada um decida por si o que mais lhe convém. Eis algumas ideias:

  • Não use mais canudos de plástico. Substitua-os por materiais biodegradável ou metálico
  • Compre uma ecobag e a use nos mercados, ao invés de usar sacolas plásticas
  • Troque sua escova de dentes de plástico por uma de bambu
  • Não use mais garrafas plásticas. Adote uma garrafa e a use sempre

Veja tambémCrianças brasileiras se preocupam menos com o meio ambiente

2) Limpe uma área específica

Se o trabalho for coletivo, ele tem ainda mais impacto. Que tal juntar a turma para limpar uma área? A ideia é identificar uma área que precisa passar por uma limpeza. Para isso, monte um plano, marque horário, convoque instituições parceiras e imprensa. É importante que todos os envolvidos com a ação estejam identificados com coletes ou blusa ou uma bandana.

Não esqueça também os acessórios de proteção, caso seja necessário, como luvas, máscaras e botas.

3) Plante árvores

Essa é uma atividade clássica para o dia do meio ambiente. Ainda assim, muito prazerosa, apesar de não ser novidade.

Mas lembre-se: a realização dessa atividade requer organização prévia. É preciso identificar uma área para reflorestamento, escolher bem as sementes para que o projeto realmente dê frutos e o trabalho não acaba após a plantação. Ele continua posteriormente com a preservação desse ambiente.

4) Adote uma praça

Se você é um grupo grande como uma empresa, escola ou outro tipo de instituição, já pensou em adotar uma praça ou uma pequena área de um parque? Funciona assim: coletivamente um espaço público é escolhido. Em seguida, é necessário entrar em contato com os responsáveis pela área: prefeitura, estado ou outro órgão público.

Depois disso, firmar um acordo entre as partes para saber qual é a sua responsabilidade e quais são as da outra parte. A partir disso, começa o trabalho de ç

Lembre-se de identificar o seu trabalho com uma plaquinha no local. Assim, dá para inspirar mais as pessoas, empresas e escolas a fazerem o mesmo.

5) Produza e distribua ecobags

As sacolas plásticas são um dos maiores problemas ambientais da atualidade. É sacola para tudo, principalmente nos mercados. Pensando nisso, já pensou em produzir sacolas de pano com a sua marca?

Se a iniciativa partir de uma escola, peça para seus alunos participarem ativamente com a estampa das sacolas, pintura e até personalização das ecobags. No dia do meio ambiente, você podem fazer a entrega simbólica desses acessórios para os pais dos alunos, professores ou colaboradores da instituição.

6) Um dia na praia

Que delícia passar o dia do meio ambiente na praia, não? Mas a ideia aqui não é só tomar aquele banho de mar. Que tal juntar a turma para limpar a praia? A ação não é nova, mas é bem inspiradora.

Mas lembre-se de escolher um horário apropriado quando o sol é menos incisivo. Apesar do mês de junho ser inverno no Brasil, é preciso tomar cuidado com a incidência dos raios solares.

7) Oficina de aproveitamento dos alimentos

Você já pensou quanta comida é jogada fora? Sim! Podemos reaproveitar muita coisa que iria para o lixo produzindo pratos deliciosos. Para comemorar o dia do meio ambiente, você pode convocar um chef especializado nessa culinária.

Para isso, produza pratos com cascas, sementes e prove para toda a turma, seja da escola ou em um ambiente profissional, que é possível reaproveitar os alimentos e agradar o paladar também.

8) Mude o material de escritório ou escolar

Se é para celebrar o dia do meio ambiente que tal começar pelo uso sustentável dos materiais de trabalho ou escolar. Mude para lâmpadas de led. Papel? Só se for reciclável! Impressão? Só em último caso.

Adote as faturas digitais, imprima menos e compartilhe os relatórios pelo computador. Atualmente, com a tecnologia, praticamente todos têm acesso a computadores e smartphone e ninguém precisa ter mais papeis em mãos.

9) Mude para coleta seletiva

Essa é a iniciativa mais velha de todas citadas por aqui. Mas é muito eficiente e pode acreditar que muitas empresas e escolas ainda não adotaram essa ação. Portanto, não custa convocar: faça a coleta seletiva do lixo.

Compre os recipientes coloridos, faça uma conscientização e exija que tudo seja cumprido.

10) Carona solidária

Os carros são agentes impactantes na poluição do ambiente. Além disso, eles contribuem para poluição sonora, consumo de combustível e inchaço do trânsito. Uma solução simples e viável é implantar a carona solidaria.

A ideia é reunir pessoas que moram próximas e incentivar o compartilhamento dos veículos entre si. Uma turma de 4 pessoas que moram relativamente próximas, podem revezar o uso do carro próprio, oferecendo e recebendo carona.

A ideia é uma mão amiga para o meio ambiente e também para o bolso. Uma vez que todos podem se beneficiar do consumo de combustível, além de ser uma ótima oportunidade para sociabilizar. O mesmo vale para o trajeto feito para escola, faculdade ou universidade. Todos podem contribuir.

Veja tambémO que é o Ibama? O que faz e como funciona

11) Divulgue sua estratégia

Em tempos de redes sociais, é muito importante que as ações a favor do meio ambiente sejam disseminadas. Por isso, aproveite e jogue nas redes sociais o que você tem feito no dia do meio ambiente. Se as ações forem feitas em sala de aula, peça para os alunos compartilharem suas decisões. No ambiente profissional também é importante.

É fundamental que todos falem a respeito a fim de incentivar outras pessoas a tomarem passos pequenos, mas fundamentais para o futuro do planeta.

Ideias de ações para o dia do meio ambiente

Você viu que não é difícil contribuir com o meio ambiente? São ações simples de cunho pessoal ou coletivo que podem transformar o futuro do planeta. Além disso, é uma ótima oportunidade para compartilhar interesses com outras pessoas, fazer novas amizades e inspirar outras instituições a fazerem o mesmo.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Federal da Paraíba com especialização em Comunicação Empresarial. Passagens pelas redações da BandNews e BandSports, TV Jornal e assessoria de imprensa de órgãos públicos.