,

Divisão silábica

Imagine que você está escrevendo uma redação na escola ou em algum processo avaliativo. Entre tantas palavras, uma delas não coube inteiramente na linha que você escrevia. Então, o que se deve fazer? Bom, nesses casos é indicado separar o vocábulo em duas partes, colocando um hífen (-) entre elas.

E logo vem a dúvida: onde colocar? Não se deve separá-las de qualquer maneira. É preciso, portanto, saber as regras de divisão silábica e assim conseguir escrever dentro da norma culta da língua portuguesa. Veja a seguir essas normas e aplique-as em seu cotidiano.

Dividindo as sílabas

Divisão silábica

Imagem: Estudo Prático

Para realizar uma divisão correta, é preciso ter em mente, a princípio, que em todas as sílabas deve haver pelo menos uma vogal, sem exceções. Por essa razão, essa norma se torna geral. Conheça agora as regras práticas.

Não se separam

Ditongos e tritongos

Palavras que possuem, respectivamente, duas e três vogais juntas. Na separação silábica elas pertencem a uma mesma sílaba.

Exemplos: cau-le, ân-sia, di-nhei-ro, trei-no, des-mai-a-do, U-ru-guai, sa-guão, Pa-ra-guai, a-ve-ri-guou, quais-quer, etc.

Dígrafos

São encontros consonantais, isto é, duas consoantes juntas, que possuem um mesmo som. Alguns devem ser separados, mas outros não. Esse é o caso do: ch, lh, nh, gu e qu.

Exemplos: chu-va, fa-cha-da, es-ta-nho, fro-nha, a-que-la, co-lhei-ta, fi-lha, ni-nho, quei-jo, etc.

Encontros consonantais com L e R

Quando duas consoantes estão juntas na palavra e a segunda é l ou r, não há a separação delas. Observe:

Exemplosfla-gran-te, gló-ria, pla-no, cla-va, a-pre-sen-tar, a-brir, re-tra-to, re-gra, a-bran-dar, dra-gão, tra-ve, etc.

Nessa regra há uma exceção, lembrem-se dela: ab-rup-to.

Encontros consonantais iniciais

Se a palavra tiver duas sílabas juntas no início, elas não são separáveis. Entenda.

Exemplos: gnós-ti-co, pneu-má-ti-co, mne-mô-ni-co, gno-mo, psi-có-lo-go, pneu-mo-ni-a, etc.

Palavra terminada em consoante

Em nenhuma hipótese uma palavra que termine com consoante terá uma divisão silábica em que a consoante fique isolada no final. Nesse sentido, a última letra se une à anterior.

Exemplos: sub-lin-gual, su-ben-ten-der, en-xá-guam, a-guen-tar, etc.

Separam-se

Ditongo decrescente + vogal

São palavras formadas por três vogais, mas não é a mesma coisa que o tritongo. Nessas palavras, a formação é feita com uma vogal (a, e, o) + semivogal (i,u) + uma outra vogal (a,e,o). Preste atenção!

Exemplos: praia, teia, joia, sa-bo-reie, es-teio, ar-roio, etc.

OBS: A formação do tritongo é diferente, sendo semivogal + vogal + semivogal: Paraguai (“u” e “i” são semi e “a” é vogal).

Hiatos

Quando há um encontro de duas vogais. Diferem-se do ditongo pela forma que são pronunciadas.

Exemplos: saú-de, Saa-ra, cao-olho, due-lo, etc.

Outros dígrafos

Como já dito, dígrafo ocorre quando duas consoantes juntas forma um único som. Nos casos de: rrssscxs, e xc  eles devem ser separados.

Exemplos: bar-ro, as-sun-to, guerra, sosse-go, desçam, cresço, etc.

Encontros consonantais

Com exceção dos casos já citados, onde a segunda consoante é L ou R, nos outros casos a separação ocorre.

Exemplos: de-cepção, abdo-me, subma-ri-no, apti-dão, con-vic-ção, as-tu-to, ap-to, cír-cu-lo, ritmo, etc.

Vogais idênticas

aa, ee, ii, oo, uu e os grupos consonantais cc, cç, também são separados.

Exemplos: Saa-ra, com-preen-do, xii-ta, voo, pa-ra-cu-u-ba; occi-pi-tal, in-feccão, etc.

Sobre o autor

Avatar
Formada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas) pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), com certificado DELE (Diploma de Español como Lengua Extranjera), outorgado pelo Instituto Cervantes. Produz conteúdo web, abrangendo diversos temas, e realiza trabalhos de tradução e versão em Português-Espanhol.