Entenda o aumentativo e diminutivo em espanhol

Existem algumas palavras que, apesar de possuírem a terminação –on, não são aumentativos

O uso do aumentativo e diminutivo em espanhol é um tema importante no processo de aprendizagem do idioma. Muitas vezes, o estudante não consegue deduzir o significado de determinado vocábulo quando este se apresenta flexionado.

Assim como ocorre na língua portuguesa, os aumentativos e diminutivos podem conferir ao texto um caráter afetivo, pejorativo, irônico, etc.

Neste artigo, alguns aumentativos e diminutivos comuns na Língua Espanhola.

Aumentativos em espanhol

Para a formação do aumentativo, quatro terminações (sufixos) podem ser acrescentadas aos substantivos, adjetivos e a alguns gerúndios e advérbios.

O aumentativo e o diminutivo em espanhol podem causar certa confusão

Essas duas formas podem expressar afeto ou ironia (Foto: depositphotos)

Os sufixos formadores dos aumentativos em língua espanhola são os seguintes:

  • ON/ONA – hombre/hombrón; mujer/mujerona
  • AZO/AZA – pelota/pelotazo; gata/gataza
  • OTE/OTA – cubo/cubote; feo/feote; libro/librote; cabeza/cabezota. Este sufixo costuma atribuir valor pejorativo.
  • ACHO/ACHA – pueblo/poblacho (tom pejorativo); rica/ricacha
  • UCHO/UCHA – viejo/viejucho (tom pejorativo)

Atenção! Existem algumas palavras que, apesar de possuírem a terminação –on, não são aumentativos. Exemplos: corazón (coração), melón (melão), ratón (rato). Outros aumentativos já estão dicionarizados, como no caso de “colchón” (colchão), por exemplo.

Veja também: O imperativo em espanhol

Diminutivos em espanhol

Ao contrário dos aumentativos, os diminutivos nos dão a ideia de algo pequeno ou de afeto. Confira os sufixos formadores dos diminutivos em espanhol:

  • ITO/ITA – A forma –ito é a mais utsada para formar o diminutivo. Exemplos: gato/gatito; pájaro/pajarito; hija/hijita; niño/niñito
  • ECITO/ECITA – Exemplos: lluvia/lluviecita; mes/mecesito; flor/florecita; reina/reinecita
  • ILLO/ILLA – Exemplos: jaula/jaulilla; chico/chiquillo
  • CITO/CITA – Exemplos: jefe/jefecito; amor/amorcito
  • ÍN/INA – Exemplos: chico/chiquitín; chica/chiquitina

Há ainda os diminutivos familiares, que são as contrações especiais em alguns nomes próprios. Exemplos: Francisco – Francisquito, Paco, Paquito, Pancho, Quico; José – Pepe, Pepito, Joselito; Carmen – Carmencita, Carmelita; Pilar – Pilarcita, Pilarcilla.

Veja tambémConheça as onomatopeias em espanhol

Importante! Alguns diminutivos já estão dicionarizados, como, por exemplo, gargantilla (gargantilha).

Sobre o autor

Avatar
Formada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas) pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), com certificado DELE (Diploma de Español como Lengua Extranjera), outorgado pelo Instituto Cervantes. Produz conteúdo web, abrangendo diversos temas, e realiza trabalhos de tradução e versão em Português-Espanhol.