Fauna e Flora da Amazônia

Esse bioma ocupa quase a metade do Brasil e ainda abrange outros países da América do Sul

Nesse artigo você vai conhecer sobre a fauna e flora da Amazônia, vai saber as características desse bioma, seu clima, onde fica localizado e quais países ocupa. Veja também sobre o desmatamento na região.

Conhecer os biomas brasileiros é uma forma de perceber a diversidade de fauna e flora que formam o território nacional, bem como reconhecer o quanto os seres humanos têm influenciado na degradação destes biomas. A Floresta Amazônica é reconhecida mundialmente pela sua expressividade em relação a qualidade de vida das pessoas, especialmente no que tange ao ar que respiramos.

É também um dos espaços naturais mundiais com maior diversidade de fauna e flora, distribuídos em ecossistemas que se relacionam no interior deste bioma. Por tudo isso, conhecer mais sobre a Floresta Amazônica é fundamental, visando reconhecer a importância deste bioma, bem como os riscos que ele corre diante da ação humana.

Floresta Amazônica: fauna e flora

A Floresta Amazônica é um dos biomas brasileiros, também chamado pelo geógrafo brasileiro Aziz Nacib Ab’Saber de Domínio Amazônico. Essa floresta tem uma característica de heterogeneidade, ou seja, uma ampla diversidade de espécies que a constituem.

Floresta Amazônica

A Floresta Amazônia é formada por três estratos vegetais (Foto: depositphotos)

São milhares de espécies vegetais, as quais estão sempre verdes (perenes), pois não perdem suas folhas no outono ou inverno. A Floresta Amazônica é bastante densa, pois as árvores crescem muito próximas umas das outras, deixando pouco espaço para entrada de luz solar entre as copas. A Floresta Amazônia é formada basicamente por três estratos vegetais, sendo eles:

  • Mata de Igapó: a qual é um tipo de vegetação que ocorre nas margens dos rios, e que fica permanentemente alagada pelas cheias dos rios. As plantas são de menor porte, e apresentam características higrófilas, ou seja, são adaptadas aos elevados níveis de umidade.
  • Mata de Várzea: um tipo de vegetação que é adaptado as inundações periódicas, que ocorrem com as cheias dos rios em algumas épocas do ano. Estas são as áreas de maior fertilidade, por conta das águas que as atingem, e que carregam muitos nutrientes.
  • Mata de Terra Firme: é formada pela vegetação que está localizada nos planaltos sedimentares, ou áreas mais elevadas do bioma, e que não são afetadas pelas cheias dos rios da região. É o tipo de vegetação predominante na Floresta Amazônica, sendo constituída por árvores de grande porte, as quais podem atingir os 60 metros de altura. Comumente acontece da cobertura deste estrato, formado por grandes árvores, constituir uma espécie de dossel (um contínuo de copas de árvores) e que impede que a radiação solar atinja o interior da floresta.

Além disso, destacam-se também os animais que vivem na região da Floresta Amazônica, sendo eles mamíferos, peixes, aves, répteis, anfíbios e insetos em diversas espécies. Há, neste tipo de floresta, uma ampla variedade de ecossistemas, os quais interagem entre si e com o meio em que estão inseridos.

Veja também: Conheça o complexo regional da Amazônia

Existem importantes rios também na região da Floresta Amazônica, como o Amazonas, o Rio Negro, o Rio Solimões, ainda o Rio Araguaia, o Rio Nhamundá, o Rio Tapajós, o Rio Tocantins, o Rio Xingu, dentre vários outros. Estes rios são importantes para manutenção da vida na região, tanto das comunidades humanas que necessitam destes recursos hídricos, quanto para os animais e plantas.

Onde está localizado o bioma Amazônia?

O bioma Amazônia ocupa quase metade do território brasileiro, abrangendo a região Norte do país, além de partes do Centro-Oeste e do Nordeste. O referido bioma cobre totalmente cinco estados brasileiros, sendo eles o Acre, o Amapá, o Amazonas, o Pará e ainda Roraima. Cobre ainda quase totalmente o estado de Rondônia, e de forma parcial o estado do Mato Grosso, do Maranhão e ainda do Tocantins.

Que países a Amazônia ocupa?

A Amazônia ocupa quase a metade de todo território brasileiro, mas não se restringe a este. Nos países da Amazônia Internacional, a Floresta Amazônica ocupa os territórios do Brasil, mas também do Peru, Colômbia, Bolívia, Equador, Suriname, Venezuela, Guiana e Guiana Francesa. Em sua totalidade, a Floresta Amazônica ocupa uma área de cerca de 5.500.000 km². 

Desmatamento da Amazônia

Uma das maiores preocupações mundiais em relação a preservação do meio ambiente, diz respeito a necessidade de cuidados no manejo com a Floresta Amazônica, tanto por sua extensão territorial, quanto pela biodiversidade existente nesta. Segundo os pesquisadores, o desmatamento da Amazônia está chegando a um patamar onde não há mais como recuperar o bioma, tamanha a intervenção humana predatória neste.

A Amazônia é monitorada diariamente para verificar como estão os índices de desmatamento, e os dados preocupam, porque a área consolidada de desmatamento é de cerca de 6.947 km². As causas da degradação da Amazônia são variadas, como a retirada de madeira para comercialização, bem como as queimadas para abertura de pastagens, com a finalidade de criação de gado, também os assentamentos humanos em áreas de preservação.

As consequências dessas intervenções são graves, como a extinção de espécies de fauna e flora, o desequilíbrio dos ecossistemas, o aumento da poluição, bem como da erosão dos solos. Tudo isso acaba afetando também a qualidade de vida humana, especialmente no que tange a redução da qualidade do ar.           

Clima da Amazônia

O bioma Amazônia fica em uma região cortada pela Linha do Equador, a qual divide o mundo em suas porções, Hemisfério Norte e Hemisfério Sul. Por sua localização, este bioma é caracterizado pelo clima equatorial, quente e úmido. Devido à localização, há também uma elevada radiação solar no bioma, o que faz com que haja pouca variação de temperatura no decorrer do ano, ou seja, há uma baixa amplitude térmica anual. As chuvas apresentam-se em índices elevados na região da Floresta Amazônica, entre 1.400 a 3.500 mm por ano, onde as massas de ar que atuam são as massas de ar Equatorial Continental e Equatorial Atlântica.

Veja também: Floresta Amazônica

Conclusão

Neste breve artigo, você conheceu mais sobre a Floresta Amazônica, bem como sobre o fator do desmatamento da Amazônia, e suas consequências para os seres humanos. Aprendeu mais sobre o clima da Amazônia, e também sobre onde está localizado o bioma Amazônia, e quais são os países que a Amazônia ocupa.

Esses conhecimentos são importantes não apenas para aprender mais sobre os biomas brasileiros, mas também para perceber a importância do bioma Amazônico no contexto da preservação das espécies da fauna e da flora.

Referências

» MOREIRA, João Carlos; SENE, Eustáquio de. Geografia. São Paulo: Scipione, 2011.

» RIOS, Eloci Peres; THOMPSON, Miguel. Biomas brasileiros. São Paulo: Melhoramentos, 2013.

» VESENTINI, José William. Geografia: o mundo em transição. São Paulo: Ática, 2011.

Sobre o autor

Avatar
Mestre em Geografia e Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Especialista em Neuropedagogia pela Faculdade Alfa de Umuarama (FAU) e em Educação Profissional e Tecnológica (São Braz).