Ferramenta do Google auxilia professores e alunos

'Menos papel, mais aprendizagem', este é um dos conceitos do Google Sala de Aula

Com toda a tecnologia disponível atualmente, está cada vez mais difícil para o professor ter o total controle dentro da sala de aula. Isto porque, praticamente todos os alunos possuem celulares com acesso a internet e isso acaba interferindo na atenção dada ao educador, principalmente quando esse está ensinando algum conteúdo.

Pensando em uma maneira de facilitar a comunicação das turmas e dos professores, o Google criou uma ferramenta chamada de Google Sala de Aula. De acordo com o texto de apresentação deste mecanismo, com esta central de controle fica mais fácil “acompanhar o progresso dos alunos e permitir que professores e alunos atinjam resultados melhores juntos.”

ferramenta-google-professores-alunos

Foto: Reprodução depositphotos

Como funciona o Google Sala de Aula?

“Menos papel, mais aprendizagem”, este é um dos conceitos do Google Sala de Aula. Com esta ferramenta é possível criar turmas, distribuir tarefas, enviar feedback e ver tudo em um só lugar e de forma instantânea. Assim, é uma maneira de facilitar a vida do professor e do aluno de uma única vez. Além disso, ele pode ser usado de qualquer dispositivo, seja ele móvel ou não.

Para os professores, o serviço pode ajudar na criação, acompanhamento e atribuição de notas em tarefas. Através do Google Sala de Aula, o docente ainda poupa tempo, pois é possível enviar cópias de determinados documentos para cada aluno, tudo de forma automática. Isso tudo sem contar com as pastas de Google Drive que podem ser criadas, ajudando na organização das atividades.

Já para os alunos, a ferramenta facilita a realização de tarefas. Não é necessário desconectar-se do celular para concluir a atividade solicitada pelo professor. Além de fazer os exercícios, o discente pode iniciar uma conversa no bate-papo com o educador ou com a turma, enviar tarefas, anexar documentos e ainda tirar fotos. Tudo isso no mesmo lugar e com apenas alguns cliques.

“Ao permitir que os alunos enviem trabalhos pelo Google Sala de Aula, posso ter um controle das aulas, visualizar notas com facilidade e corrigir tarefas quando tiver um horário livre sem precisar carregar pilhas de papel para todos os lugares”, explica a professora de ciências Laura Barton. Desta forma, quem deseja usufruir das facilidades desta ferramenta, assim como a educadora Laura, basta entrar no site oficial do Google Sala de Aula.