Confira 10 fotos emblemáticas de Sebastião Salgado

'Abandonei tudo e tornei-me um fotógrafo, e comecei a fazer a fotografia que era importante para mim', conta Sebastião, um dos maiores fotógrafos do mundo

“Você não fotografa com sua máquina. Você fotografa com toda sua cultura.” Esta é uma das máximas ditas por Sebastião Salgado, fotógrafo brasileiro que ganhou o mundo com suas fotos ao retratar problemas sociais, situações de trabalho, tribos indígenas e até mesmo a natureza. Ainda de acordo com Sebastião, a intervenção do fotógrafo se faz com o passado, as ideologias e todo o aparato de ideais do profissional, fazendo com que cada olhar seja único.

Nascido em 1944, na cidade de Aimorés, Minas Gerais, Sebastião Salgado Júnior é o único filho homem, entre nove mulheres. Apesar de ter doutorado em Economia, seguiu a carreira de fotógrafo quando morava em Paris, com sua esposa Lélia Wanick Salgado. “Abandonei tudo e tornei-me um fotógrafo, e comecei a fazer a fotografia que era importante para mim. Muitas pessoas me dizem: você é um fotojornalista, você é um fotógrafo antropologista, você é um fotógrafo ativista. Mas fiz muito mais que isso. Coloquei a fotografia como minha vida”, conta o artista em apresentação no Technology, Entertainment, Design (TED).

fotos-emblematicas-sebastiao-salgado

Foto: Reprodução Wikimedia Commons

O trabalho de Sebastião Salgado como fotógrafo resultou em diversos livros, como “Outras Américas”, “Êxodo”, “Sahel: The End Of The Road”, “Migrações”, “Workers: An Archaeology Of The Industrial Age” e “Gênesis”. Todas essas obras têm algo em comum: a ausência de imagens coloridas. “Na realidade nada é preto e branco. Preto e branco é uma abstração, mas essa abstração me permitia devolver todas as gamas de cores que eu queria e concentrar onde queria. Então, naturalmente eu fui em direção ao preto e branco”, explica.

Levando em consideração as grandes contribuições sociais, políticas, culturais e ambientais de Sebastião Salgado no Brasil e no mundo, é importante fazer um reconhecimento de suas obras. Neste artigo, separamos 10 imagens emblemáticas dos trabalhos feitos por este fotógrafo.

10 fotografias de Sebastião Salgado

Guatemala, 1978.

A post shared by Sebastiao Salgado Photographs (@sebastiao_salgado_photographs) on

Depois de abandonar a carreira de economista e se dedicar às fotografias, Sebastião Salgado passou a fazer fotos para revistas e jornais de Paris. Desta forma, conseguiu dinheiro para dedicar-se ao seu primeiro trabalho independente chamado de “Outras Américas”. Durante meses, o fotógrafo conviveu com tribos em diversas regiões da América do Sul, como Andes, Equador, Peru e Bolívia. “Essas fotografias, no fundo, para mim têm um valor muito grande, porque foi o valor de um isolamento muito grande, de uma saudade muito grande, de momentos difíceis.”

Refuges at the Korem Camp, Ethiopia, 1984. #sebastiaosalgado

A post shared by Sebastiao Salgado Photographs (@sebastiao_salgado_photographs) on

Workers install a new wellhead to enable the injection of chemical mud to "kill old well". Greater Burhan, Kuwait, 1991. #sebastiaosalgado

A post shared by Sebastiao Salgado Photographs (@sebastiao_salgado_photographs) on

A HIMBA WOMAN, KAOKOLAND, NAMIBIA, 2005. #sebastiaosalgado

A post shared by Sebastiao Salgado Photographs (@sebastiao_salgado_photographs) on

Boys feeling from southern Sudan, 1993. #sebastiaosalgado

A post shared by Sebastiao Salgado Photographs (@sebastiao_salgado_photographs) on

“Nos anos 90, de 1994 a 2000, fotografei uma história chamada ‘Migrações’. Tornou-se num livro e num espetáculo. Mas enquanto estava fotografando isto, vivi um período muito difícil na minha vida, a maior parte no Ruanda. No Ruanda, assisti a brutalidade absoluta. Vi centenas de mortes por dia. Perdi a fé na nossa espécie. Não acreditava que fosse possível vivermos mais”, disse no TED.

Oil Field, Kuwait, 1991. #sebastiaosalgado

A post shared by Sebastiao Salgado Photographs (@sebastiao_salgado_photographs) on

The Awá Indians in Brazil's Eastern Amazon

A post shared by Sebastiao Salgado Photographs (@sebastiao_salgado_photographs) on

Amazon Forest, Jurua river, Amazonas state, Brazil, 2009. #sebastiaosalgado #photography

A post shared by Sebastiao Salgado Photographs (@sebastiao_salgado_photographs) on

Kafue National Park, Zambia, 2010. #sebastiaosalgado

A post shared by Sebastiao Salgado Photographs (@sebastiao_salgado_photographs) on

Giant tortoise, Galapagos, Ecuador, 2004. #sebastiaosalgado

A post shared by Sebastiao Salgado Photographs (@sebastiao_salgado_photographs) on

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.