,

Funções e usos do ‘como’. Veja exemplos

A língua portuguesa apresenta alguns vocábulos que podem assumir diversas funções sintáticas e semânticas, como o “se”, o “que” e o “como”. O objetivo deste artigo é esclarecer as variadas funções desempenhadas pela palavra “como”, pois cada caso expressa uma ideia distinta das demais.

Funções do “como”

Observe as seguintes frases:

-Eu como frutas todos os dias.
-Como estava muito frio, resolvemos não sair de casa.
-Como consegues viver desta maneira?
-O trabalho foi feito como o professor sugeriu.

Ao lermos as frases acima, veremos que o vocábulo “como” assume diversas funções. Vejamos aqui algumas delas:

Funções e usos do 'como'

Foto: depositphotos

Verbo “comer”, conjugado na 1ª pessoa

Em certas ocasiões, a palavra “como” é a conjugação do verbo “comer”.

Exemplo: Eu como verduras todos os dias.

Preposição

Neste caso, o vocábulo “como” tem o significado de “na qualidade de”, “com caráter de”, “na posição de”.

Exemplos:

-Como professora, eu tenho o dever de orientar bem os alunos.
-Na firma, os funcionários classificaram-no como (sendo) bom chefe.

Advérbio

Ao assumir a posição de advérbio interrogativo de modo, o vocábulo “como” sempre aparecerá no início de frases interrogativas diretas.
Exemplo: Como finalizaremos o artigo?

A palavra “como” também pode exprimir circunstância de intensidade.
Exemplo: Como fiquei assustada com a notícia!

Conjunção

Neste caso, serve para introduzir as orações subordinadas, sendo classificada de acordo com as seguintes circunstâncias:

a) Adverbial causal – Assume a mesma função do “por que”, “já que”, “uma vez que”.
Exemplo: Como estava muito frio, resolvemos não sair de casa.

b) Adverbial comparativa – É a função mais recorrente, substituível por “tal qual”.
Exemplo: Ele era talentoso como o pai.

c) Adverbial conformativa – Pode ser substituído por “conforme”, “segundo”.

Exemplos:

-Como combinamos, nos encontraremos após a aula.
-O trabalho foi feito como o professor sugeriu.

Interjeição

Expressa um sentimento de espanto.
Exemplo: Nossa! Como sua atitude foi admirável!

Pronome relativo

Neste caso, o vocábulo “como” aparece sempre antecedido de um substantivo, podendo ser substituído pelas expressões relativas “o(a) qual”, “pelo(a) qual” e demais variações. O pronome relativo desempenhará a função sintática de adjunto adverbial de modo.

Exemplo: Não compreendi o modo como ele se portou.

Sobre o autor

Avatar
Formada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas) pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), com certificado DELE (Diploma de Español como Lengua Extranjera), outorgado pelo Instituto Cervantes. Produz conteúdo web, abrangendo diversos temas, e realiza trabalhos de tradução e versão em Português-Espanhol.