História,Idade Antiga,Idade Média

História do Cristianismo

A origem e história do Cristianismo

A história do Cristianismo começa em plena expansão do Império Romano, com o profeta chamado Jesus e geralmente é contada pelos Evangelhos – pois outras fontes são escassas – e, segundo eles, Jesus foi batizado aos 30 anos, pelas mãos de João Batista. Foi daí que começou a pregar a igualdade entre os homens, o perdão e o amor ao próximo.  As autoridades religiosas judaicas não aceitavam Jesus como o Messias e sequer aceitavam o fato de que um homem de origem humilde pregasse alguma religião. No final das contas, Jesus acabou crucificado. O cristianismo continuou a ser tratado como algo ruim e a perseguição continuou.

História do Cristianismo

Imagem: Reprodução

Mesmo com a morte de Jesus, a religião continuou e cada vez mais forte, pois ele disse aos seus apóstolos para espalharem o Cristianismo pelo mundo e foi o que fizeram, disseminando-o principalmente entre as camadas mais populares. Em Roma, só foi aceita após o ano de 313, quando o imperador Constantino se converteu à religião e concedeu liberdade de culto ao povo, que antes escondia-se em catacumbas para as reuniões. Essa decisão de Constantino ajudou a doutrina a espalhar-se por todo o império.

Os rachas na religião

Algumas situações históricas acabaram dividindo o Cristianismo em “subdivisões”. As principais são as católicas, protestantes e ortodoxas.

Sobre o Cristianismo