,

Lipídios – Fontes, características e funções

Os lipídios são compostos que possuem uma estrutura molecular variada, o que significa que eles não possuem uma função orgânica única, mas apresentam diversas atividades de acordo com sua especialidade e biologia.

Os lipídios possuem seu significado relacionado às substâncias insolúveis em água e solúveis em solventes orgânicos. Alguns lipídios são encontrados em alimentos de fonte vegetal e outros de fonte animal, sendo os principais responsáveis pela reserva de energia nos animais.

Podem ser classificados em cinco grupos: carotenoides, triglicerídeos, fosfolipídios, cerídeos e esteroides. Os lipídios desempenham importante papel na bioquímica dos organismos, pois atuam nas funções básicas dos seres vivos.

Os lipídeos/lipídios são substâncias orgânicas que compõem 17% da célula animal e 4% da célula vegetal. Como exemplos podemos destacar o abacate, o coco, a soja, a carne, além da gema do ovo.

Qual é a função dos lipídios?

Os lipídios possuem função de reserva de energia para os animais, composição química da membrana plasmática das células animais e vegetais, são isolantes térmicos nos mamíferos, transportam vitaminas lipossolúveis e são precursores de hormônios e sais biliares.

Alimentos sobre a mesa

Esses são alguns dos alimentos ricos em lipídios (Foto: depositphotos)

Uma das maiores relevâncias do metabolismo lipídico vem justamente da característica hidrofóbica dessas moléculas. Como nosso corpo possui cerca de 50% a 65% de água, muitos podem imaginar que essa hidrofobia poderia ser um fator negativo, quando na verdade é justamente o contrário.

O fato de haver tanta água necessita que algo faça uma divisão entre o meio intracelular e o extracelular, como uma interface que estabeleça a separação entre os dois. Como esses lipídios não são solúveis, eles fazem esse papel, servindo como um tipo de barreira, que faz essa separação entre os meios.

Quais os principais tipos?

Os principais tipos são: cerídeos, fosfolipídios, triglicerídeos, esteroides e carotenoides.

Alimentos

Os alimentos que podemos citar como as principais fontes de lipídios são:

  • Margarinas
  • Milho
  • Coco
  • Aveia
  • Soja
  • Gergelim
  • Cevada
  • Trigo integral
  • Centeio
  • Óleo de canola
  • Óleo de soja
  • Óleo de peixes
  • Carne e derivados
  • Leite.

Qual a classificação deles?

Podemos classificar os lipídios em dois tipos: óleos e gorduras.

Os óleos são as substâncias insaturadas, líquidos em temperatura ambiente. Já as gorduras são as substâncias saturadas, sólidas em temperatura ambiente.

Significado: O que quer dizer lipídios?

Lipídios são biomoléculas orgânicas popularmente chamadas de gordura. São insolúveis em água e solúveis em solventes orgânicos, como o éter, o álcool e o clorofórmio.

Lipídeos ou lipídios: Ambas estão corretas?

Ambas formas de escrita estão corretas para o substantivo.

Principais grupos de lipídios

Os lipídios que mais se destacam são os cerídeos, os fosfolipídios, os triglicerídeos, os esteroides e os carotenoides. Conheça um pouco mais sobre de cada um a seguir:

Cerídeos

Classificamos como cerídeos aqueles que chamamos de lipídios simples.

Podem ser encontrados na cera produzida pelas abelhas, na construção da colmeia; na superfície das folhas, cera de carnaúba e dos frutos, como a manga. Ela possui a função de impermeabilização e proteção.

Fosfolipídios

São moléculas anfipáticas, o que significa que elas possuem uma região polar, que chamamos de cabeça hidrofílica, tendo afinidade por água, e outra região apolar, chamada de calda hidrofóbica, que é responsável por repelir a água.

A membrana plasmática e todas as membranas celulares são formadas basicamente por duas camadas de fosfolipídios, com proteínas imersas nessas camadas. Por isso, são chamadas membranas lipoproteicas.

Triglicerídeos

Esses lipídeos podem ser sólidos (gorduras) ou líquidos (óleos), à temperatura ambiente. São formados pela reunião de três moléculas de ácidos graxos com glicerol (um álcool). Nessa união há saída de água (síntese por desidratação).

Os óleos são encontrados principalmente em plantas, como é o caso dos óleos de algodão, amendoim, milho, arroz e soja. Também podem ser encontrados nos animais, como é o caso do óleo de fígado de bacalhau.

As gorduras ocorrem nos animais, acumulando-se principalmente em células adiposas. Os triglicerídeos constituem a forma de reserva de energia mais eficiente nos seres vivos.

Uma grama de triglicerídeo fornece aproximadamente o dobro da energia e como proteção contra perda de calor, pois é isolante térmico. Os triglicerídeos constituem uma forma de armazenamento de ácidos graxos, substâncias que participam de importantes processos metabólicos.

Os ácidos graxos podem ser classificados em saturados e insaturados.

Esteroides

São lipídios formados por longas cadeias carbônicas dispostas em quatro anéis ligados entre si. São amplamente distribuídos nos organismos vivos constituindo os hormônios sexuais, a vitamina D e os esteróis (colesterol).

O esteroide mais abundante nos tecidos animais é o colesterol, que é naturalmente produzido em nosso fígado. O colesterol participa da composição química das membranas celulares das células animais e é precursor do hormônio sexual masculino (testosterona), do hormônio sexual feminino (estrógeno), dos sais biliares e da vitamina D.

Além do colesterol que nosso corpo produz, ingerimos essa substância em alimentos de origem animal. Os esteroides anabolizantes são substâncias produzidas em laboratório e que substituem a função da testosterona.

O uso dessas substâncias pode trazer efeitos colaterais, como o surgimento de acne, problemas no fígado, aumento da pressão arterial, elevação dos níveis de LDL e redução do HDL. Já no caso das mulheres, pode haver o crescimento de pelos da face e alterações no ciclo menstrual.

Carotenoides

São lipídios que em plantas e em certas algas, atuam como pigmentos. Existem dois grupos de carotenoides: carotenos e xantofilas.

Os carotenos fazem parte da alimentação humana, pois são precursores da vitamina A, importante para a visão e para a renovação de células da pele.

A cor da pele humana, além de depender do pigmento melanina e da disposição dos vasos sanguíneos, depende também do caroteno que fica acumulado no tecido adiposo (do latim: adeps = gordura animal, banha; oso = cheio de) subcutâneo.

Resumo: Tudo sobre lipídios

Os lipídios são moléculas orgânicas importantíssimas aos seres vivos. Atuam como reserva energética para aqueles animais que costumam hibernar por muito tempo. Outros atuam como um isolante térmico, principalmente nos mamíferos.

Além disso, possuem uma grande importância na composição da membrana plasmática das células, os chamados fosfolipídios.

Suas principais características são o que definimos como insolubilidade em solventes polares e solubilidade em solventes orgânicos (como o éter, álcool e clorofórmio).

Isso porque, eles possuem uma natureza hidrofóbica, que de maneira mais clara, definimos como uma aversão à molécula de água, já que hidro deriva de água, e fóbico deriva de fobia, medo.

Sobre o autor

Avatar
Natália Duque é Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.