Músicas para estudar

Pesquisa confirma benefícios do hábito e como potencializar seus efeitos

Você gosta de escutar música para estudar? Se sim, este artigo é para você! A música tem o poder de aumentar a concentração e auxiliar a memória. Porém, não é qualquer tipo de música que provoca esses efeitos benéficos.

O Spotify, serviço de streaming de música, podcast e vídeo mais popular do mundo, financiou uma pesquisa que chegou ao seguinte resultado: “escutar música durante o estudo pode melhorar o desempenho dos alunos. Para atingir bons resultados, o estilo de música deve ser selecionado conforme a disciplina a ser estudada”.

A pesquisa identificou que os alunos que escutam música clássica se saíram 12% melhor que os que preferem o silêncio das notas musicais. Quer saber mais sobre os benefícios da música para a educação? Continue a leitura.

Músicas para estudar: download

Se você está pensando em utilizar a música a favor dos seus estudos, comece pensando qual é o tipo de ritmo que mais vai te ajudar a melhorar seu desempenho.

Algumas músicas são muitos indicadas para ouvir enquanto se estuda

Para decorar fórmulas e solucionar equações, aposte na música erudita (Foto: depositphotos)

De acordo com o estudo, composições com 60 ou 70 batidas por minuto são ideais para os estudantes que precisam ficar horas e horas estudando e aprendendo conteúdos novos. A música Fur Elise é ideal para fazer download para quem deseja estimular a imaginação e aumentar a concentração.

Já para os estudantes que precisam resolver problemas, como os das áreas de ciências e línguas, é indicado que músicas entre 50 e 80 batidas por minutos, pois elas acalmam o cérebro e ajudam a manter um pensamento mais lógico.

Se a sua ideia é beneficiar essa área, aposte em músicas pops para fazer download. A pesquisa cita as composições de Justin Timberlake e Miley Cyrus.

Veja também: Aposte no lúdico! Músicas educativas em inglês

Porém, se o que você deseja é aumentar a sua criatividade para arrasar nas disciplinas que assim a pedem, não deixe de ouvir rock e até música pop. O estudo revelou que esse tipo de música aumenta a excitação do corpo e o resultado é: pensamento criativo e muita adrenalina para desenvolver projetos especiais. Na dúvida, aposte no download dos Beatles ou Rolling Stones.

Músicas para estudar matemática

A música para estudar matemática é aquela que não tem letra. Ou seja, as músicas somente de melodia. E para fixar bem as fórmulas e solucionar as equações, não há nada melhor do que a música erudita.

Isso mesmo! Ouça Bach, Handel, Vivaldi, Mozart e Beethoven. E você ficará mais produtivo e concentrado para resolver as questões de matemática, ciências e exatas.

Música para estudar: Beethoven

Provavelmente, um dos maiores compositores de todos os tempos, Beethoven, deve ter nascido em 1770. O compositor tem uma biografia incrível recheada de drama e amor pela música. Para você ter uma ideia, o compositor perdeu a audição e foi capaz de criar suas obras-primas apenas com a memória musical.

Os estudiosos acreditam que quase uma centena de músicas foram compostas justamente depois que Beethoven ficou surdo.

Suas peças até hoje são consideradas perfeitas do ponto de vista técnico e artístico. Por isso, estudar ouvindo esse compositor é uma forma fenomenal de captar melhor as disciplinas, aumentar a concentração e dar show no seu desempenho escolar ou universitário.

Confira agora as músicas mais indicadas para ouvir enquanto você estuda:

  • 7° Sinfonia em lá maior (1811-1812)
  • 8° Sinfonia in fá maior (1912)
  • Sonata para piano n.º 29 em si bemol maior – “Hammerklavier” (1817-1818)
  • Sonata para piano n.º 30 em mi maior (1820)
  • Sonata para piano n.º 31 em lá bemol maior (1820-1821)
  • Sonata para piano n.º 32 em dó menor (1820-1822)
  • Missa em Ré Maior “Missa solemnis” (1818-1822)
  • Abertura “Consagração da Casa” (1822)
  • 9° sinfonia em ré menor “Coral” (1822-1824)
  • Grande Fuga para Quarteto de cordas (1825)

Veja também: Descubra quais os benefícios de estudar música

Música para estudar e memorizar

O ideal para memorizar os conteúdos é ouvir uma música adequada para melhorar a fixação. De preferência, clássica e erudita.

Um dos conselhos de especialistas é esquecer as músicas com letras, principalmente as internacionais, cujo idioma, o ouvinte não tenha domínio. Isso porque, o cérebro irá gastar energia para tentar traduzir ou compreender as palavras. Desta forma, diminuindo o foco no que realmente é importante: os estudos.

É possível aumentar o rendimento escolar escutando Beethoven

As músicas clássicas e eruditas são as mais adequadas para melhorar a fixação (Foto: depositphotos)

Outro detalhe importante para manter os estudos em dia, sem atrapalhar a concentração, é apostar no volume baixo da música, quase como um som ambiente. Os sons mais altos são indicados apenas para produção artística, quando o estudante estiver desenhando ou fazendo algo que não exija lógica ou cálculos complexos.

Música para estudar para concurso

Passar em concurso é o sonho de muitos brasileiros. Ter estabilidade e garantias vitalícias são os objetivos de muitas pessoas e para conquistar isso tudo é preciso muito estudo para derrubar uma concorrência grande.

Pensando assim, você pode usar a música a seu favor escutando composições que ajudem o seu cérebro a entrar nas ondas alfas, que ajudam a se concentrar mais, além de aprender o conteúdo muito mais rápido e fixa-lo para os dias da prova. Coloque na sua playlist a música barroca de Bach, Handel, Vivaldi, Corelli e Couperin.

Dicas de músicas para estudar

Deu para perceber ao longo do texto todos os benefícios e vantagens de escutar música enquanto estuda, não é mesmo? Guardada as proporções, você deve saber o estilo correto e também o volume para que o efeito não seja contrário ao desejado, e a música atrapalhe ao invés de auxiliar.

Para finalizar, segue uma seleção incrível feita pela Universia para aumentar o seu rendimento escolar. Veja as que mais lhe agrada e baixe para escutar enquanto se debruça sobre os livros. Você pode se surpreender com o aproveitamento das matérias.

Veja tambémComo a música pode influenciar no desenvolvimento de uma criança

  • Adágio from Serenede No.10 in B Flat Major for Thirteen Winds “Gran Partita”, de Wolfgang Amadeus Mozart
  • Blues After Hours, de Pee Wee Crayton
  • Be Still My Soul, de David Nevue
  • Concerto for Violin, String and Harpsichord in C R. 190 I. Allegro, de Antonio Vivaldi
  • Desfinado, de Stan Getz
  • Here Comes The Sun, de Piano Music Songs
  • Whisjey Before Breakfast, de Doc Watson
  • So Long, Lonesome, de Explosions in The Sky
  • In The Shadow Of Your Wings, de John Tesh
  • Palladio, de Escala
  • Étude – Tableau in C Major, Op. 33, No. 2, de Rachmaninoff
  • Sigh, de Praful
  • South Street, de Bobby Ross Avila and Natural
  • Take Five, de Dave Brubeck

Sobre o autor

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Federal da Paraíba com especialização em Comunicação Empresarial. Passagens pelas redações da BandNews e BandSports, TV Jornal e assessoria de imprensa de órgãos públicos.