,

O que é Conhecimento Geográfico?

Os objetos de estudo que dão vida ao conhecimento geográfico vão desde a geologia até os seguimentos sociais e a interação da população com o meio

Neste artigo, você pode obter mais informações sobre o que é o conhecimento geográfico e sua importância social, bem como perceber como este conhecimento está associado com as noções de comunidade e localização, mas especialmente com o conceito de espaço.

O conhecimento geográfico pode ser evidenciado desde as primeiras civilizações, então se torna relevante compreender onde surgiu o conhecimento geográfico e ainda a evolução do conhecimento geográfico. O conceito do conhecimento geográfico é fundamental para compreender as dinâmicas humanas no espaço, sendo que ao longo do tempo todo conhecimento geográfico foi também conhecimento científico, com um importante arcabouço teórico e conceitual.

Conceito de conhecimento geográfico

Segundo Roberto Lobato Corrêa, “como ciência social a Geografia tem como objeto de estudo a sociedade que, no entanto, é objetivada via cinco conceitos-chave que guardam em si forte grau de parentesco, pois todos se referem à ação humana modelando a superfície terrestre: PAISAGEM, REGIÃO, ESPAÇO, LUGAR e TERRITÓRIO”.

O conhecimento geográfico se pauta nestes conceitos e em mais algumas categorias de análise, como a fronteira, a sociedade, natureza, as redes, dentre outras. A Geografia não é apenas o estudo do meio ambiente, ou então dos seres humanos, é sim uma ciência que tem como finalidade compreender as relações dialéticas entre o homem e o meio, especificamente na produção do espaço geográfico.

Globo terrestre

Essa ciência busca compreender as relações dialéticas entre o homem e o meio (Foto: depositphotos)

O conhecimento geográfico é, portanto, o arcabouço teórico e conceitual criado ao longo do tempo e que interessa aos estudos geográficos. Esse conhecimento vem sendo formulado desde os primórdios da humanidade, utilizando-se para isso dos instrumentos disponíveis naquele momento. A Geografia estuda sempre as relações entre homem e meio, e nunca um deles isoladamente, apesar de por muito tempo existir uma dicotomia entre a parte física e humana nesta ciência.

Os conhecimentos geográficos abrangem questões como a Geologia (estudo da origem, história, vida e estrutura da Terra), a Pedologia (estudo dos solos), a Climatologia (estudo dos climas terrestres), a Biogeografia (área que estuda a distribuição das espécies de seres vivos no planeta Terra), a Hidrogeografia (classifica e estuda as águas do planeta Terra), a Cartografia (conhecimentos científicos, técnicos e artísticos envolvidos com a produção e leitura de mapas, cartas, etc.), Geografia Urbana (estuda a produção do espaço urbano), Geografia Agrária (estuda a produção do espaço agrário), Geografia Econômica (estuda os aspectos espaciais das atividades econômicas), Geografia Política (estuda as interações entre a política e o território), dentre muitas outras perspectivas de estudos.

Veja também: 8 filmes perfeitos para quem deseja aprender geografia

Onde surgiu?

O conhecimento geográfico sempre existiu, pelo menos desde que se tenha registros de homens no planeta Terra. Estes conhecimentos estavam relacionados principalmente com a noção de localização espacial. Estes conhecimentos também estiveram presentes em momentos importantes da história da humanidade, como no contexto das navegações e descoberta de novas terras pelo mundo.

No entanto, os conhecimentos geográficos não eram ainda sistematizados como ciência, eram apenas vivenciados no cotidiano, diante das necessidades que se impunham aos seres humanos. O mesmo aconteceu nos períodos de expansão colonial e de guerras, quando conhecer o espaço era fundamental para que se tivesse sucesso nesse processo.

Comumente se considera que os fundamentos históricos da ciência geográfica se reportam ao contexto da Grécia antiga, em estreita relação com a Filosofia. As viagens de exploração foram essenciais para que se construíssem os conhecimentos que hoje se têm sobre o mundo, tanto físico, quanto em relação as várias culturas existentes.

A partir do século XVIII, a Geografia foi sendo reconhecida como disciplina científica, quando se discutem quais os melhores métodos e conceitos que embasam esta. Até chegar aos conhecimentos atuais da ciência geográfica, muitas discussões foram necessárias, bem como mudanças no âmbito da Geografia.

A evolução

A Geografia é uma ciência que passou por várias crises, as quais produziram profundas mudanças nas formas pelas quais esta é estruturada. Para conhecer mais sobre a evolução dos conhecimentos geográficos, existe um ramo específico da Geografia, que é a História do Pensamento Geográfico.

Quando a Geografia surge, ela tem um caráter mais ligado às questões físicas da Terra, ou seja, os conhecimentos sobre os astros, as dinâmicas terrestres, os mares e a estrutura do planeta. Havia uma preocupação, portanto, com o mundo natural. Após os gregos, os povos árabes também contribuíram grandemente com os conhecimentos geográficos, no entanto, ainda com um viés mais natural.

Veja também: Biogeografia

Com as navegações, muitas hipóteses puderam ser confirmadas, o que conferiu um grande avanço para os conhecimentos geográficos, especialmente no que se refere ao formato, a estrutura e as dinâmicas do planeta.

Paisagem da natureza

O mundo é dinâmico e está em constante transformação (Foto: depositphotos)

O século XIX foi essencial para o desenvolvimento dos trabalhos que abordavam a metodologia da Geografia, com a intervenção de alguns dos mais importantes autores desta ciência (Alexander Von Humboldt, Karl Ritter e Friedrich Ratzel).

É o momento em que o caráter descritivo da Geografia passa a ser questionado, e novas perspectivas emergem. A grande mudança vem com Ratzel, em fins do século XIX, quando se aceita a influência exercida pelas condições naturais na vida do ser humano, realocando este conhecimento como objeto de estudo da Geografia.

O século XX trouxe também várias contribuições para esta ciência, especialmente no que se refere aos avanços nas tecnologias disponíveis. O mundo é dinâmico e está em constante transformação, o que significa que a Geografia é igualmente dinâmica. O que se tem hoje de concreto é que a Geografia é a ciência que estuda o espaço geográfico, levando em consideração as relações entre o homem e o meio, as quais são mediatizadas pelo trabalho.

Conhecimento geográfico e sua importância social

A relevância da Geografia, e do conjunto de conhecimentos geográficos, está intrínseca a própria necessidade dos seres humanos de conhecerem o espaço geográfico. Assim, ao longo de toda a história da humanidade, os seres criaram estratégias de comunicação geográfica, valendo-se para isso dos instrumentos disponíveis nos variados contextos históricos.

O conhecimento geográfico não tem relação apenas com a noção de localização, ou no sentido de decorar informações como conceitos, mas estende-se a prática cotidiana. O espaço geográfico, conceito primordial da Geografia, é produzido pelo homem através do trabalho, e se modifica permanentemente em conformidade com os avanços no meio técnico-científico-informacional.

Deste modo, o espaço geográfico foi historicamente produzido pelas relações humanas, e dialeticamente com a natureza. Portanto, todos os seres humanos são parte da construção do espaço geográfico, são sujeitos históricos.

Veja também: Rosa dos ventos: o que é e significado

Conclusão

O conhecimento geográfico e sua importância social são conteúdos relevantes para que possa compreender a Geografia enquanto ciência. Apesar de ter surgido no âmbito mais estrito da comunidade e necessidade de localização, o conhecimento geográfico pôde ser evidenciado desde as primeiras civilizações, ligado a noção de dominação espacial, de orientação e de expansão das terras conhecidas.

Neste breve artigo, pôde-se ler sobre onde surgiu o conhecimento geográfico, bem como a evolução do conhecimento geográfico e o conceito do conhecimento geográfico. Desta forma, entende-se que ao longo do tempo, todo conhecimento geográfico foi também conhecimento científico, formando as bases para a esta importante ciência, a qual estuda as relações entre o homem e o meio na produção do espaço.

 

Referências

» CORRÊA, Roberto Lobato. Espaço: um conceito-chave da Geografia. In: CASTRO, Iná Elias de; GOMES, Paulo Cesar da Costa; CORRÊA, Roberto Lobato (Orgs.). Geografia: conceitos e temas. 2ª Ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000.

» GODOY, Paulo R. Teixeira de (Org.). História do pensamento geográfico e Epistemologia em Geografia.  São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010. Disponível em: <http://books.scielo.org/id/p5mw5/pdf/godoy-9788579831270.pdf>. Acesso em 13 jul. 2018.

Sobre o autor

Avatar
Mestre em Geografia e Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Especialista em Neuropedagogia pela Faculdade Alfa de Umuarama (FAU) e em Educação Profissional e Tecnológica (São Braz).