, ,

O que é o aborto e como é feito. Saiba mais sobre o assunto

São dois os tipos de abortos: os espontâneos e os induzidos. Saiba como são feitos os abortos provocados

Denomina-se aborto a interrupção (espontânea ou induzida) precoce da gravidez, com a expulsão de um embrião ou de um feto antes do final do seu desenvolvimento.

Uma gravidez pode ser interrompida, quer espontaneamente, quer por indução, por várias causas e motivos, sendo que este tema ainda é bastante polêmico, pois a questão envolve aspectos morais, éticos, legais e religiosos.

Tipos de aborto

Quando realizado por profissionais capacitados e em boas condições de higiene, o aborto é um procedimento seguro. No entanto, quando realizado de maneira inadequada, resulta em sérias complicações e inclusive na morte da mulher. São dois os tipos de abortos: os espontâneos e os induzidos.

O que é o aborto e como é feito

Foto: depositphotos

Aborto espontâneo

O aborto espontâneo surge quando a gravidez é interrompida de maneira involuntária, ou seja, sem que seja por vontade da mulher. Neste caso, ocorre a expulsão involuntária, casual e não intencional de um embrião ou feto antes de 20 a 22 semanas de gestação.

Pode acontecer por vários fatores biológicos, psicológicos e sociais, incluindo a idade avançada da gestante, o histórico de abortos espontâneos anteriores, as anomalias cromossômicas do feto ou embrião, doenças vasculares, problemas hormonais, infecções, anomalias uterinas, trauma acidental ou intencional e intoxicações químicas.

Aborto induzido

Também denominado aborto provocado, o aborto induzido é um procedimento usado para interromper uma gravidez deliberadamente, por razões médicas admitidas pela legislação em vigor ou clandestinamente por pessoas leigas, o que configura crime.

Veja também:  MEC remove termo 'orientação sexual' do texto final da Base Curricular

O aborto induzido pode acontecer quando existem malformações congênitas, quando a gravidez é resultante de um crime contra a liberdade e autodeterminação sexual, quando a gestação coloca em risco a vida e a saúde da mulher ou por opção da mulher. Trata-se de um procedimento legal quando a interrupção da gravidez é realizada de acordo com as leis e, quando feito precocemente por médicos experientes e em condições adequadas, apresenta um altíssimo nível de segurança. Quando ilegal e inseguro, o aborto é causa de mortalidade e de morbilidade maternas.

Como é feito o aborto?

O procedimento pode ser feito por métodos cirúrgicos ou farmacológicos. As medicações são apenas viáveis no primeiro trimestre da gravidez, interrompendo a gestação e promovendo a expulsão do embrião.

Os abortos realizados por médicos podem ser feitos por sucção (um aparelho de sucção é ligado ao útero da mulher), dilatação do colo do útero e posterior extração mecânica do feto, curetagem (raspagem do conteúdo uterino por um instrumento denominado cureta) e injeção salina (a injeção é aplicada dentro da bolsa amniótica).

Sobre o autor

Avatar
Formada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas) pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), com certificado DELE (Diploma de Español como Lengua Extranjera), outorgado pelo Instituto Cervantes. Produz conteúdo web, abrangendo diversos temas, e realiza trabalhos de tradução e versão em Português-Espanhol.