, ,

O que é o prêmio Jovem Cientista?

Descubra como participar da seleção e em quais categorias é possível concorrer

Para impulsionar a pesquisa no Brasil, foi criado o prêmio Jovem Cientista. Você sabe o que é e como pode participar? Este artigo traz todas as informações necessárias para você participar das seletivas e quem sabe conquistar o reconhecimento.

O prêmio nasceu no início da década de 80 por meio da iniciativa do CNPq, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Atualmente, a premiação é realizada em parceria com a Fundação Roberto Marinho, Fundação Grupo Boticário e do Banco do Brasil. Conheça mais sobre essa oportunidade.

Temas do prêmio Jovem Cientista

Cada edição do prêmio Jovem Cientista tem um tema específico. As edições anuais já trataram de água, oceanos, cidades sustentáveis, segurança alimentar, energia e meio ambiente, educação, transformação social e inovações para conservação da natureza.

O Prêmio Jovem Cientista nasceu no início da década de 80

Esse prêmio tem 5 categorias, 3 para os estudantes, 1 para o orientador e 1 para a instituição (Foto: depositphotos)

E de acordo com a organização, “a cada edição do Prêmio Jovem Cientista é indicado um tema importante para o desenvolvimento científico e tecnológico, com prioridade nacional, que atenda às políticas públicas do governo federal e seja de relevância para a sociedade brasileira”.

Categorias do prêmio Jovem Cientista

O reconhecimento do CNPQ possui cinco categorias, três voltados para os estudantes, uma para o orientador e uma instituição. Conheça-as:

  • Categoria Mestre e Doutor: podem concorrer estudantes de mestrado, mestres, estudantes de doutorado e doutores que tenham menos de 40 anos de idade;
  • Categoria Estudante de Ensino Superior: estudantes de cursos de graduação ou que tenham que tenham concluído a graduação em 2017 e que tenham menos de 30 anos de idade;
  • Categoria Estudante de Ensino Médio: alunos matriculados em escolas públicas ou privadas de Ensino Médio e Profissional e Tecnológico, que tenham menos de 25 anos de idade.
  • Mérito Científico: esse é concedido para o pesquisador doutor pelo seu destaque relacionado ao tema da edição.
  • Mérito Institucional: reconhece as instituições dos ensinos médio e superior que apresentam o maior número de trabalhos relevantes na edição do prêmio.

Números do prêmio Jovem Cientista

Em 37 anos de história, o Prêmio teve mais de 21 mil trabalhos inscritos e premiou 194 estudantes e pesquisadores que ganharam bolsas de estudos do CNPq, que vão da iniciação científica até o doutorado.

Veja também: O que é e como surgiu o Prêmio Nobel?

Foram mais de cinco mil instituições de ensino e pesquisas e 32 mil escolas mobilizadas. Como resultado, 23 centros de ensino médio e superior premiados pelo mérito institucional.

Como funciona o prêmio Jovem Cientista?

Para participar do prêmio Jovem Cientista, o estudante deve enviar a inscrição e os trabalhos no site oficial www.jovemcientista.cnpq.br. Antes disso, os participantes podem assistir web aulas sobre a temática da edição para ajudar os estudantes a montarem os seus projetos.

Os que querem se inscrever na categoria de Ensino Médio também podem enviar o seu trabalho pelos correios, no endereço: Fundação Roberto Marinho, Rua Santa Alexandrina, 336 – 6º andar – Rio Comprido, 20261-232 Rio de Janeiro – RJ.

Para que a inscrição seja considerada válida, ela precisa de:

  • Categoria Mestre Doutor: ficha de inscrição preenchida; currículo Lattes do CNPq atualizado; trabalho científico, com 35 a 40 páginas com título, autor, orientador, instituição de vínculo e instituição onde se desenvolveu a pesquisa; resumo, introdução; objetivos; material e métodos; resultados da pesquisa e discussão; conclusões; referências bibliográficas; e palavras-chave.
  • Categoria Estudante Ensino Superior: ficha de inscrição preenchida; currículo Lattes do CNPq atualizado, trabalho científico, entre 20 e 25 páginas, com resumo; introdução; objetivos; material e métodos; resultados da pesquisa e discussão; conclusões; referências bibliográficas; e palavras-chave.
  • Categoria Estudante do Ensino Médio: ficha de inscrição devidamente preenchida; comprovante de matrícula na escola; trabalho de pesquisa original, com no mínimo 03 e no máximo de 10 páginas, com nome do aluno; título do trabalho de pesquisa; nome do professor orientador; nome da escola; apresentação (problema, justificativa e objetivos); desenvolvimento (metodologia e análise); e conclusão (resultados da pesquisa).

Qual é a premiação do Jovem Cientista?

Para cada projeto são analisados quatro critérios e cada um deles tem o seu peso na avaliação

Essa premiação acontece anualmente e a cerimônia tem a presença do Presidente da República (Foto: Reprodução | PJC)

Cada categoria recebe um valor em dinheiro ou computador, além do reconhecimento nacional. A premiação é feita em uma cerimônia com o Presidente da República, responsável por entregar as recompensas. Veja os valores envolvidos na premiação do Jovem Cientista em cada categoria.

Veja também: A origem do Oscar, um dos maiores prêmios da 7ª arte

Categoria Mestre e Doutor:

  • 1º lugar – R$ 35 mil
  • 2º lugar – R$ 25 mil
  • 3º lugar – R$ 18 mil

Categoria Estudante do Ensino Superior:

  • 1º lugar – R$ 18 mil
  • 2º lugar – R$ 15 mil
  • 3º lugar – R$ 12 mil

Categoria Estudante do Ensino Médio:

  • 1º lugar: Laptop
  • 2º lugar: Laptop
  • 3º lugar: Laptop

Categoria Mérito Institucional:

  • Instituição de Ensino Superior: R$ 40 mil
  • Instituição de Ensino Médio: R$ 40 mil

Categoria Mérito Científico:

  • Pesquisador Doutor: R$ 40 mil

Quais são os critérios para a escolha dos ganhadores?

Segundo o site oficial do prêmio Jovem Cientista, são analisados quatro critérios e cada um deles tem o seu peso na avaliação.

O primeiro critério relevante é o “Mérito científico e relevância da pesquisa em relação ao desenvolvimento científico e tecnológico do País”. O peso dele é 30 pontos.

O segundo ponto a ser avaliado é em relação à “aplicação prática da pesquisa para a solução de problemas concretos sobre o tema e com resultados finais”. Seu peso durante a análise do trabalho também é de 30 pontos.

O terceiro tópico estudado pelos avaliadores refere-se à “originalidade de seu conteúdo e contribuição para o avanço da área do conhecimento”. Seu peso na hora de dar a nota é de 25.

Veja também: O Prêmio Pulitzer, premiação mais importante do jornalismo do EUA

O quarto e último ponto avaliado pela comissão é no que se relaciona à “qualidade do texto quanto à linguagem (objetividade e clareza) e qualidade da apresentação do trabalho”. Para esse, é destinado o peso de 15 pontos.

Quem é o juri que julga os trabalhos?

O prêmio Jovem Cientista é um reconhecimento sério e que construiu uma sólida história no campo científico brasileiro. Por isso, o juri responsável por analisar as melhores produções científicas é formado por profissionais que atendam a diversidade regional, as áreas do conhecimento e a temática.

Cada categoria do prêmio conta com uma comissão julgadora formada por 7 especialistas cientistas e tecnólogos. Essas são escolhidos diretamente pelo presidente do CNPq.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Federal da Paraíba com especialização em Comunicação Empresarial. Passagens pelas redações da BandNews e BandSports, TV Jornal e assessoria de imprensa de órgãos públicos.