,

O que é um antiquário? Descubra! 

Um antiquário pode parecer um lugar semelhante a um brechó, mas são ambientes completamente diferentes

Para muitas pessoas um termo desconhecido, a palavra antiquário pode ser facilmente notada quando faz-se a assimilação do seu radical “antiqua”. Quase que instantaneamente o termo nos remete a algo antigo, antiquado, arcaico.

Ainda que não se ligue a expressão ao que se destina, é possível identificar de que se trata de algo do passado. E é verdade! Mas saiba que essa palavra possui diversos sentidos. Confira agora os significados do vocábulo antiquário.

Antiquário como comércio

Se você não conhece pessoalmente, provavelmente já deve ter visto em algum filme ou novela, aquelas pessoas que são aficionadas por objetos vintage. Em muitos casos, essas pessoas possuem diversos itens em casa.

Na maioria das situações, elas herdam as pessoas peças de algum parente mais velho ou podem ter adquirido-as em um antiquário. Sim, antiquário é o nome dado para estabelecimentos focados no comércio de objetos antigos.

De fato, móveis, quadros e objetos em geral clássicos são coisas que nunca saem de moda, então não é algo estranho imaginar que existam pontos comerciais focados para o público que busca esse tipo de adereço.

Antiquário é o nome dado para estabelecimentos focados no comércio de objetos antigos

Móveis, quadros e objetos clássicos podem ser encontrados no antiquário (Foto: depositphotos)

Nos antiquários, que normalmente são grandes lojas abarrotadas de itens fabricados, muitas vezes, em madeiras nobres, cerâmica e mesmo pedras ou metais preciosos, é possível encontrar os mais variados tipos de objetos, sendo mais comum móveis como sofás; camas; poltronas; colunas; vitrines; armários; espelhos; relógios; peças de cozinha etc.

Nesse tipo de comércio também é possível encontrar peças que não são mais tão utilizadas, mas que possuem muita personalidade e requinte, como cristaleiras, louceiros, baús, chapeleiras, castiçais e dunquerques.

Antiquário não é brechó

Apesar de, à princípio, um antiquário parecer um lugar semelhante a um brechó, são ambientes completamente diferentes. Enquanto os brechós são conhecidos por venderem coisas a um preço muito baixo por serem usadas, antiquários apenas comercializam peças de luxo, que não podem simplesmente ser compradas aos montes. A menos que você tenha muito dinheiro para isso.

Outros significados

Apesar de antiquário ser um nome quase que exclusivo para pontos de comércio especializados em artigos de luxo de época remota, o termo também pode ser usado para se referir àqueles que são apaixonados por antiguidades e as colecionam, logo a palavra também designa os principais clientes desse tipo de local ou mesmo os donos ou funcionários.

O termo também é utilizado para se referir à pesquisadores e estudantes de antiguidades ou coisas do passado.

Formalização da atividade de antiquário

A atividade profissional de trabalhar com antiquários não é algo recente. Ela foi formalizada há muitos anos e em todo o mundo há sindicatos e grupos que organizam feiras, exposições, leilões e outros tipos de eventos do tipo.

No Brasil, por exemplo, existe desde 1970 a Associação Brasileira de Antiquários que tem a sua sede no Rio de Janeiro. Há também algumas associações estaduais, existindo atualmente apenas três no país. São elas a Associação dos Antiquários de Brasília; Associação de Antiquários do Estado de São Paulo e a Associação dos Antiquários do Rio Grande do Sul.

Atualmente, a Confederação Internacional dos Negociantes de Obras de Arte (CINOA), que foi fundada 1935, é a maior organização internacional de antiquários e negociantes de obras de arte do mundo e tem sua sede em Bruxelas.

Antiquários atualmente

Encontrados principalmente em cidades maiores, como capitais e áreas de região metropolitana, os antiquários hoje em dia, com os adventos tecnológicos e sociais, não se limitam apenas à espaços físicos. Sites de compras e vendas online populares como Mercado Livre, OLX, Enjoei e Coisas onde é possível encontrar alguns items comuns em antiquários.

Daguerreótipo: a ‘mãe’ das máquinas fotográficas

Há também antiquários que, buscando chegar em mais pessoas, criaram sites para poder venderem seus produtos para pessoas de todo o mundo e que podem ser encontrados facilmente com uma rápida pesquisa em sites de buscas, como o google por exemplo.