O que é uma rede de campos de concentração Auschwitz

Conheça a história dos três campos de concentração empregados durante o regime nazista

Os campos de concentração Auschwitz formaram a maior rede de terror do regime nazista. Ao todo, eram três, localizados em uma região a 60 km de Cracóvia, na Polônia.

Dois deles recebiam prisioneiros que faziam trabalhos forçados. Enquanto um era utilizado para execuções sumárias de prisioneiros de guerra, em sua maioria judeus. A ordem de criação dos espaços foi essa: Auschwitz I, em maio de 1940; Auschwitz II, no começo de 1942 e o III, em outubro do mesmo ano.

Em 1944, Auschwitz II juntou-se à primeira unidade até o final dos conflitos. Conheça algumas particularidades desses campos de concentração.

Auschwitz I

O que é uma rede de campos de concentração Auschwitz

Foto: depositphotos

– Os primeiros prisioneiros de Auschwitz I eram alemães presos por infrações criminais comuns e prisioneiros políticos poloneses;
– A ideia dos campos de concentração era ter uma grande oferta de trabalhadores forçados para trabalharem em prol do regime nazista durante a guerra;
– Os principais serviços estavam relacionados à construção e à fabricação de armamentos e artigos de guerra;
– Inicialmente, Auschwitz I tinha uma câmara de gás improvisada, entretanto os engenheiros construíram uma maior próxima ao crematório;
– Em Auschwitz I, muitas pesquisas eram feitas em gêmeos e pessoas com deficiência. O chefe dessas experiências era o médico Josef Mengele, que nunca respondeu pelos seus crimes e foi considerado foragido;
– Anos depois de sua morte, o paradeiro de Josef Mengele foi revelado: ele se escondia em São Paulo, no Brasil;
– Em Auschwitz I existia uma parede negra, onde milhares de pessoas foram assassinadas pelos guardas.

Auschwitz II

– Auschwitz II ficou conhecida também por Birkenau;
– Dos três campos, o segundo foi o que mais concentrou prisioneiros;
– O local era dividido por seções que agrupavam: mulheres, homens, ciganos, judeus de Terezin entre outros;
– Depois da introdução do gás Zyklon B, mais mortal e eficiente, Birkenau ampliou a sua câmara de gás e a dividiu em três setores: uma somente para que os prisioneiros tirarem as roupas (pois eles tinham que entrar na câmara nus), outra para o gás propriamente dito e outra para os fornos crematórios;
– Esse espaço funcionou até o final de 1944.

Auschwitz III

– Auschwitz III ficava próximo à Monowitz e também era chamado de Buna ou Monowice;
– Os prisioneiros do local trabalhavam na produção de borracha e combustível sintético;
– Nesse campo foram investidos 700 milhões por uma empresa especialista no setor;
– Auschwitz III sediava um espaço chamado “Campo de Educação pelo Trabalho”, que recebia também prisioneiros não-judeus.