,

O que fazer quando se perde o prazo de aditamento do Fies? Descubra

O aditamento geralmente é feito no início de cada semestre

O Fies, o Fundo de Financiamento Estudantil, é um programa do Ministério da Educação “destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em cursos superiores não gratuitas”, explica o site oficial da iniciativa.

Para participar do Fies, o estudante precisa estar matriculado em cursos superiores que tenha avaliação positiva do MEC, o Ministério da Educação.

Para se inscrever, o interessado deve cumprir quatro etapas. A primeira é a inscrição no sistema de seleção do programa. Os dados obrigatórios são o CPF, data de nascimento, e-mail e senha para poder acessar o sistema. Depois disso, outras informações já dentro do portal terão que ser preenchidas, inclusive outros dados pessoais e a instituição e curso os quais deseja frequentar.

O aditamento do Fies é como a renovação do seu contrato

O aditamento geralmente é feito no início de cada semestre (Foto: depositphotos)

Depois de ser pré-selecionado, o estudante tem até cinco dias para acessar o SisFies para selecionar o financiamento que quer contratar. Após esse momento, é a vez da validação in loco das informações do universitário na instituição escolhida. Toda faculdade tem uma equipe chamada de CPSA, a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento, que vai checar a veracidade das informações.

Por fim, vem a última fase: a de buscar um agente financeiro até 10 dias depois da validação da inscrição para formalizar o financiamento. Nesse momento é quando o fiador também deve comparecer ao banco, que pode ser Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil ou outros financiadores.

Veja tambémComo denunciar ao MEC fraude no Fies

O que é o aditamento do Fies?

O aditamento é uma ação que deve ser feita a cada semestre. Ele é como a renovação do seu contrato. Ele deve ser feito com a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento, CPSA, que vai atestar que o estudante goza da mesma situação financeira do início do curso e que, para isso, precisa ainda do Fies, o Fundo de Financiamento Estudantil.

O aditamento geralmente é feito no início de cada semestre. Porém, existem algumas pessoas que deixam o prazo passar e acabam correndo o risco de perderem o financiamento estudantil.

Perdi o prazo do aditamento. O que fazer?

O melhor a fazer para não se complicar, é agendar para cada início de semestre procurar o setor da faculdade ou universidade responsável para se informar sobre os prazos, principalmente, do aditamento.

Em caso de perda do aditamento, o estudante pode vir a perder o financiamento. Assim que você perceber que isso aconteceu com você, procure a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento, CPSA, o mais rápido possível.

Veja tambémQuem pode participar do Prouni? Descubra

O que a regra diz é que todo estudante precisa fazê-lo todo semestre, então não corra o risco de perder o Fies, isso pode lhe custar todo o curso.