Pantanal: principais características, fauna e flora

Nesse artigo você vai conhecer as características do Pantanal, seu clima, vegetação e fauna. Veja também curiosidades sobre esse bioma e em quais estados brasileiros ele está presente. Acompanhe a seguir!

Conhecer os biomas é uma forma de perceber a diversidade de fauna e flora que existem no Brasil, o que também leva as pessoas a refletirem sobre a importância de preservação destes biomas. O Pantanal é um dos biomas brasileiros, e apresenta características particulares, que estão relacionadas com as condições de relevo, climáticas e da vegetação local. Essas características geram condições para que os variados tipos de vida se desenvolvam no bioma.

Onde se localiza a região do Pantanal?

O bioma do Pantanal é uma das maiores extensões alagadas contínuas do planeta Terra, e está localizado na porção central da América do Sul, especificamente na bacia hidrográfica do Alto Paraguai. Sua abrangência alcança os territórios do sudoeste do estado do Mato Grosso e o oeste de Mato Grosso do Sul, no Brasil, sendo também encontrado em parte do Paraguai e na Bolívia. 

Pantanal

O Pantanal é o menor bioma brasileiro, mas com grande riqueza de espécies (Foto: depositphotos)

Quais estados fazem parte desse bioma?

No caso do Pantanal brasileiro, este bioma alcança menos de 2% do território brasileiro, sendo ele o menor bioma brasileiro em extensão. Apesar disso, sua importância natural é muito grande, sendo considerado Patrimônio Natural da Humanidade. A extensão do Pantanal no território brasileiro fica na casa dos 150.355 km² de dimensão, sendo que aproximadamente 65% de seu território fica no estado de Mato Grosso do Sul e 35% no estado do Mato Grosso. 

Veja também: Região Centro-Oeste

O Pantanal Mato-Grossense

O Pantanal é um dos biomas brasileiros, sendo que sua abrangência compreende os estados do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul. Essa área é também conhecida como Complexo do Pantanal, e para um dos geógrafos de maior destaque nacional, Aziz Nacib Ab’Saber, falecido em 2012, o Pantanal é uma das faixas de transição dos domínios morfoclimáticos brasileiros.

Há ainda o Parque Nacional do Pantanal Mato-grossense, o qual está situado a sudeste de Mato Grosso e a noroeste de Mato Grosso do Sul, visando promover a proteção do bioma do Pantanal.            

Características do Pantanal

Dentre os biomas brasileiros – Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica, Caatinga, Pampa e Pantanal – o Pantanal é o menor em extensão territorial, mas, apesar disso, é marcado por uma vegetação complexa, bem como por uma riquíssima hidrografia. O fluxo das águas dinamiza a região do Pantanal, renovando os recursos, o que faz com que os animais da região dependam do fluxo das águas para sua sobrevivência.

Quando termina o período das chuvas (entre junho e setembro), as águas começam a baixar lentamente, fazendo com que os nutrientes fertilizem os solos, deixando brotar uma enorme diversidade de espécies vegetais. É também o momento em que as aves pantaneiras começam sua reprodução, bem como o período em que os animais que dependem do Pantanal migram internamente, acompanhando o movimento das águas.           

Veja também: Ecossistemas brasileiros

Vegetação

A flora do bioma Pantanal apresenta características bastante heterogêneas, com uma grande variedade de plantas. Existem no Pantanal plantas hidrófilas, que são aquelas que se desenvolvem nas áreas permanentemente alagadas, ou seja, plantas que sobrevivem a umidade extrema. Mas existem também plantas xerófilas, que são aquelas que não dependem de grande quantidade de água para sobreviver, as quais acontecem nas áreas altas e secas do Pantanal.

Palmeira buriti

As palmeiras, como o buriti, são plantas bem adaptadas ao Pantanal (Foto: Reprodução | Wikimedia Commons)

As palmeiras são também plantas bem adaptadas ao Pantanal, como é o caso do buriti. Há ainda uma ampla variedade de gramíneas na região do Pantanal, as quais servem de alimento para vários animais, e ainda, bosques com árvores diversificadas. Não há, portanto, um padrão homogêneo de vegetação neste bioma, podendo variar em conformidade com a localização e distribuição das águas.           

Clima

O clima da região do Pantanal está relacionado com alguns fatores, sendo os principais as condições da Bacia do Alto Paraguai, bem como sua localização geográfica em área tropical. As variações de temperatura são baixas, sendo que o verão é o período mais quente e chuvoso, enquanto o inverno é mais seco e tem sua temperatura média um pouco mais baixa.

Entre os meses de junho até setembro, acontece o período mais seco do Pantanal, quando as terras ficam mais emersas e a vegetação brota com maior intensidade. No Pantanal, há um elevado índice pluviométrico, ou seja, de chuvas, ficando entre os 1.000 e 1.400 mm ao ano.

O clima do Pantanal está bastante ligado com a região em que se encontra, onde o clima predominante é o tropical, cujas características principais são exatamente as elevadas temperaturas e os altos índices de chuvas, o que são fatores primordiais para o desenvolvimento de uma riquíssima diversidade de vidas. 

Fauna

Apesar de ser um bioma que ocupa uma pequena porção do território brasileiro, o Pantanal é muito rico em biodiversidade, especialmente de sua fauna. São aves, mamíferos, peixes e insetos que ocupam a região pantaneira, e que sobrevivem graças ao fluxo das águas.

O Pantanal brasileiro sofre influência direta de três importantes biomas, sendo eles a Amazônia, o Cerrado e a Mata Atlântica, além do bioma Chaco, que é a porção do Pantanal localizada no norte do Paraguai e leste da Bolívia. Com isso, há também uma migração dos animais por entre estes biomas, o que torna ainda mais rica a biodiversidade de fauna do bioma, criando ecossistemas complexos.       

Veja também: Pampas

Conclusão

Neste breve artigo, você aprendeu mais sobre o Pantanal Mato-Grossense de forma mais específica, bem como visualizou as características do bioma Pantanal. Através da leitura, pôde-se conhecer sobre a vegetação do Pantanal, que é bastante rica em diversidade, bem como sobre o clima do pantanal, e como estes fatores se relacionam com a fauna do pantanal.

No bioma Pantanal, as dinâmicas de fauna e flora dependem do fluxo das águas, o que caracteriza o Pantanal como um bioma vivo, com variações ao longo do ano. Além disso, com base no artigo, você pôde também conhecer onde se localiza a região do Pantanal e quais os estados fazem parte do bioma Pantanal. Conhecer mais sobre os biomas, é também gerar melhor condições para preservá-los.

 

Referências

» BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Pantanal. Disponível em: < http://www.mma.gov.br/biomas/pantanal>. Acesso em: 05 de agosto de 2018.

» MOREIRA, João Carlos; SENE, Eustáquio de. Geografia. São Paulo: Scipione, 2011.

» RIOS, Eloci Peres; THOMPSON, Miguel. Biomas brasileiros. São Paulo: Melhoramentos, 2013.

» VESENTINI, José William. Geografia: o mundo em transição. São Paulo: Ática, 2011.

Sobre o autor

Avatar
Mestre em Geografia e Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Especialista em Neuropedagogia pela Faculdade Alfa de Umuarama (FAU) e em Educação Profissional e Tecnológica (São Braz).