Pesquisa: De 40 mil entrevistados de todo o mundo, só 3,4% afirmam estudar português

No Brasil, apenas 6.6% das pessoas acreditam que o português se tornará um idioma mais influente nos próximos 20 anos

Dia 21 de maio é o Dia da Língua Nacional. Em virtude disso, uma empresa alemã de idiomas, sediada em Berlim, apresentou dados de um levantamento sobre como o mundo e os próprios brasileiros percebem a língua portuguesa.

Popularidade e educação

Numa pesquisa realizada pela Babbel com 40 mil pessoas de todo o mundo, apenas 3.4% afirmaram estudar português – o que revela o baixo poder de influência da língua no mundo, apesar de ser vista com grande simpatia. Ainda assim, a língua portuguesa é a sexta mais falada (considerando apenas os falantes nativos).

Enquanto isso, no Brasil, apenas 6.6% das pessoas acreditam que o português se tornará um idioma mais influente nos próximos 20 anos. 15.8% acham que o idioma perderá ainda mais força e 77.5% acreditam que a importância do português no mundo continuará a mesma.

Quando o assunto é educação, a mesma pesquisa, que contou com a participação de 2 mil brasileiros, afirma que 88.3% consideram o ensino de línguas insuficiente no Brasil. 86.3% gostariam que competências linguísticas fossem prioridade nas escolas.

Pesquisa: De 40 mil entrevistados em todo o mundo, só 3,4% estudam português

Imagem: depositphotos

Gesticulação como linguagem

A gesticulação dos brasileiros também é uma forma de linguagem. Uma quantidade enorme de gestos é usada diariamente – o que pode causar uma série de mal-entendidos hilários no exterior. “Morando na Alemanha há 5 anos, cheguei à conclusão de que a linguagem não verbal no Brasil deveria ser um patrimônio nacional”, conta Sarah Luisa Santos, gerente de conteúdo do aplicativo de idiomas Babbel.

No vídeo abaixo, Sarah desafia uma italiana, uma espanhola, um americano, uma francesa e um sueco a adivinhar o significado de alguns gestos brasileiros. “Depois de muitos estrangeiros ficarem surpresos com a forma de eu me expressar, decidi olhar com mais cuidado para nosso hábito de gesticular. Partiu daí a ideia de fazer o vídeo”.

Sonoridade

‘x’

Uma das palavras mais difíceis é “exceção”. O “x” é um grande problema para os estrangeiros que aprendem português, pois pode ser pronunciado de cinco maneiras diferentes: com som de “ch”, “s”, “z”, “ss” ou “ks”. Além disso, há inúmeras exceções às regras de sua pronúncia, o que torna tudo ainda mais complicado. Neste exemplo,  “x” e “c” juntos não tem valor fonético e o “x” funciona como “s”.

‘ç’

Pronuncia-se sempre com som de “s”.

‘ão’

Som bastante difícil de ser reproduzido por não nativos porque é pronunciado de maneira “nasalada”. Algo próximo a “aum”.

O português na pronúncia de estrangeiros

No próximo vídeo, é possível ver sete estrangeiros de países diferentes (alguns já fluentes em português, outros nem tanto) tentando pronunciar algumas palavras em português.