Plano de aula: Aprenda como fazer

Fazer um plano de aula exige dedicação e objetividade. Porém, os melhores docentes fazem uso desse tipo de planejamento e se destacam por isso. Chegar em uma sala de aula já sabendo como vão decorrer as próximas horas é fundamental para o desempenho, tanto dos professores quanto dos alunos.

Logo, é primordial fazer uma plano de aula. No começo, ele leva mais tempo do que deveria, mas depois que você se habitua, ele se torna uma ferramenta impreterível para melhorar a rotina de trabalho.

Neste artigo, você aprenderá como fazer uma metodologia para plano de aula por meio de um passo a passo. Você poderá aplicá-lo na educação infantil ou no ensino fundamental para as aulas de português, matemática, geografia, literatura, história, redação entre outras disciplinas. Confira.

Qual a metodologia para um plano de aula?

A metodologia para um plano de aula consiste no modelo que o professor vai escolher para realizar o ensino de determinado assunto ou disciplina. Simplificando, metodologia nada mais é do caminho que o docente escolhe para alcançar os seus objetivos. Para isso, ele utiliza alguns tipos de ferramentas, como os recursos didáticos e estratégias, os quais você conhecerá em seguida.

Para fazer um bom plano de aula é preciso adequar a metodologia a idade dos alunos

Os recursos didáticos podem ajudar e muito na hora de fixa um assunto (Foto: depositphotos)

Recursos didáticos

Os recursos didáticos são instrumentos empregados no plano de aula os quais o docente utiliza para empregar a sua metodologia. Por exemplo: o professor pode escolher se no final do período, os alunos farão provas ou entregarão um trabalho.

A escolha desse tipo de avaliação dos estudantes está ligada diretamente à metodologia. Além disso, o professor pode usar outros recursos didáticos como: vídeos, músicas ou apostilas. Tudo para incrementar e apoiar as atividades em sala de aula.

Estratégias

As estratégias são os caminhos escolhidos pela metodologia para o ensino em sala de aula. Existem várias estratégias, algumas delas bem interessantes por sinal. O professor pode simplesmente fazer uma aula expositiva dialogada, um estudo dirigido, estudo de caso ou ensino com pesquisa. Mas há também as estratégias criativas como: júri simulado, tempestade de ideias ou fórum.’1

Veja também: Projeto Copa do Mundo para Educação Infantil

Como fazer um plano de aula: Veja passo a passo

O plano de aula é um documento para o registro do tema, objetivo, metodologia, avaliação e outras informações. O professor deve fazê-lo a fim de organizar a rotina em sala de aula. Esse planejamento vai garantir um melhor aprendizado para os alunos e um melhor uso de tempo por parte do docente.

Pensando nisso, você verá agora como fazer um plano de aula passo a passo:

Passo 1: Faça a identificação

No documento, essa é a primeira informação que deve conter. A etapa de identificação é fundamental. É onde o professor deve inserir o nome da disciplina, do curso e a turma que participará da aula.

Passo 2: Escolha o objetivo

O objetivo do plano de aula deve ser claro e viável. O professor deve resumir em algumas frases qual é o objetivo com a aula a seguir. É importante deixar especificado o que o docente quer alcançar ao final da aula. Por exemplo: ele está na lição 4 e quer chegar até a 6. Logo, é relevante traçar esse objetivo no plano de aula.

Passo 3: Defina a metodologia

A metodologia aplicada ao plano de aula é uma das partes mais importantes no planejamento do professor. É nessa hora que ele definirá os recursos didáticos que serão utilizados e também as estratégias. É hora de definir se vai usar vídeo, música, livros, apostilas e como a aula se dará: expositiva, debate, estudo de caso, grupos etc.

Passo 4: Cronograma

O cronograma faz todo o diferencial na hora de fazer um plano de aula. É um passo importante para conseguir cumprir os seus objetivos. Não tenha medo de definir prazos, datas e horários. São esses elementos que nortearão o seu tempo e dos seus alunos para alcançar as metas.

Passo 5: Avaliação

Avaliar se sua aula atingiu os objetivos é primordial para que o plano de aula tenho sucesso. Não confunda essa parte com a avaliação a ser feita para os alunos, pois essa deve ser definida na metodologia, na parte de recursos didáticos. Se trata da avaliação do projeto de aula. Saber se o tempo foi suficiente, se a meta foi alcançada, se o cronograma respeitado entre outros.

Passo 6: Referências

Referenciar os seus materiais é importantíssimo. Coloque nessa parte as fontes utilizadas para a elaboração do plano de aula. Livros, autores e especialistas devem ser citados como referências para os conteúdos e exercícios propostos.

Como fazer um plano de aula para educação infantil

A educação infantil é importantíssima para o desenvolvimento da criança. Portanto, o professor tem um papel crucial nessa etapa da vida dos pequenos. Para isso, um bom plano de aula fará toda diferença.

Esse planejamento deve ser feito levando em consideração as fases que as crianças atravessam e introduzir, aos poucos, os temas adequados para cada idade. O passo a passo para a criação do plano de aula para a educação infantil deve ser o mesmo citado no início deste artigo. Siga todos os passos do 1 ao 6.

Em relação à temática, abaixo seguem algumas sugestões de temas e como fazer um plano de aula para educação infantil. Lembrando que cada aula exige um plano de aula. Ou seja, esses são só exemplos de temas que serão tratados em cada encontro.

Aprender com o próprio nome

Essa plano de aula deve ser feito para as crianças que estão em fase de aprender a escrever seus nomes. O professor deve estimular que elas falem e escrevam os seus nomes, mas também que observem os nomes dos coleguinhas. Isso as ajudará a entender mais sobre as letras e sílabas, além de estimulá-las a reconhecer outros tipos de palavras e sonoridades.

Contação de histórias

Os livros e suas histórias devem ser introduzidos na educação infantil desde muito cedo. Em sala de aula, é o docente que tem a missão de ajudar a garotada e consumir os livros. Isso pode ser feito por meio da contação de histórias e também do manuseio das páginas dos livros, com a observação das figuras e das palavras.

Dança

A dança é uma arte que pode ensinar muito às crianças. Um plano de aula infantil pode se utilizar da cultura popular para mostrar aos pequenos nossos sons, novas palavras, ritmos e instrumentos musicais. Uma grande oportunidade para apresentar nossa riqueza cultural. O professor pode utilizar também cantigas e brincadeiras de roda.

Veja também: Plano de estudo para Enem

Meio ambiente

Esse é um tema de fundamental relevância para o mundo. Por isso mesmo que as crianças devem começar a refletir sobre a questão ambiental desde muito pequenas. Falar sobre o uso consciente da água, dos recursos naturais e sobre a preservação ambiental deve fazer parte de um bom plano de aula, sim! Na educação infantil esse tema deve ser recorrente, e o professor deve fazer o planejamento sempre inserindo questões relevantes e urgentes para a sociedade e para o planeta.

Modelos de um plano de aula infantil

Esses dois modelos de documentos são para você visualizar o layout do documento na folha de A4. Os temas e disciplinas tratados deverão ser preenchidos de acordo com cada aula.

Modelo 1 de Plano de aula modelo ensino Infantil

Modelo 2 de plano de aula infantil

Como fazer um plano de aula para o ensino fundamental

O Ensino Fundamental é uma fase na qual o estudante é inserido em um contexto mais avançado na sua educação. Ao todo, são 9 anos de estudos na educação fundamental brasileira.

Ele é dividido entre o Ensino Fundamental 1, que abrange da alfabetização até o 5º ano e crianças dos seis aos 10 anos; e o Ensino Fundamental 2, que segue até o 9º ano, com estudantes entre 11 e 14 anos.

Abaixo seguem algumas sugestões e exemplos de temas e como fazer um plano de aula para educação fundamental. Lembrando que os passos para fazer um plano de aula estão descritos no tópico “Como fazer um plano de aula: Veja passo a passo”, do 1 ao 6. Esses são exemplos de temáticas meramente ilustrativas, uma vez que cada aula merece um plano específico.

Arte popular

O professor do Ensino Fundamental deve levar em consideração que a arte popular é capaz de trazer muitos conceitos e aprendizados para as crianças e adolescentes. Por isso, ele deve formular um plano de aula para ensinar arte popular. Nesse contexto, ele tem que quebrar preconceitos sobre a ideia que a arte popular é menos valiosa que a erudita, por exemplo. É uma ótima oportunidade para os estudantes aprenderem mais sobre os artistas brasileiros e produção nacional.

Fotossíntese

Nesse plano de aula de ciências, a fotossíntese deve ser apresentada como um processo realizado pelos vegetais, utilizando gás carbônico, água e energia solar. As plantas são responsáveis por liberar oxigênio na atmosfera e, por isso, esse processo merece uma atenção especial em sala de aula. Que tal incluir no seu plano de aula para o ensino fundamental, uma discussão sobre a importância da preservação ambiental? Tudo pode ser feito nessa aula sobre fotossíntese.

Inglês

Esse é outro tema de plano de aula para o ensino fundamental diferenciado. Ensinar inglês para crianças e adolescentes requer um planejamento organizado. Você pode começar com um plano que contemple o calendário e datas comemorativas do ano. Uma forma eficiente e divertida de aprender a língua inglesa.

Veja tambémPlano de estudo para concurso

Modelos de um plano de aula do Ensino fundamental

Modelo 1 de um Plano de aula do Ensino fundamental

Modelo 2 de um plano do Ensino fundamental

Afinal, por que fazer um plano de aula?

Como visto no decorrer deste artigo, fazer um plano de aula enriquece o conteúdo para os alunos e facilita a vida dos professores. O planejamento é uma parte importante no processo de aprendizagem e um plano de aula bem feito facilitará todo esse trabalho.

Logo, invista seu tempo no desenvolvimento de um documento que contenha todo o passo a passo citado neste post. Aproveite para respeitar o cronograma e não se esqueça de preencher a avaliação. Inspire-se através dos modelos aqui exemplificados e desenvolva os seus próprios. Bom trabalho!

Sobre o autor

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Federal da Paraíba com especialização em Comunicação Empresarial. Passagens pelas redações da BandNews e BandSports, TV Jornal e assessoria de imprensa de órgãos públicos.