,

Selfie: origem e significado

significado e a origem da selfie é recente, ao menos nos moldes como a conhecemos. A onda de ‘autorretratos’ já até fazia parte da obra de alguns pintores da antiguidade, mas nada comparado à febre que vivemos hoje, intensificada pela popularização da internet, smartphones modernos e diversas redes sociais.

Neste artigo, você saberá tudo sobre selfies (plural da palavra selfie), seu significado e tradução. Vamos falar desde os primórdios onde os pincéis e telas eram usados para se autorretratar até a invenção que revolucionou o mercado: os celulares com câmeras.

Você faz muita selfie ou quer experimentar a técnica? Fique ligado neste artigo até o final e saiba as curiosidades, história e desenvolvimento dessa forma de se fotografar.

Origem da selfie

Em uma época onde o mercado de arte entrou em crise, os artistas plásticos começaram a pintar a si próprios como forma de expressão. Essa modalidade pode ser considerada precursora da selfie, como temos atualmente.

A selfie é uma adaptação para a palavra self, que indica uma coisa feita por você mesmo

O autorretrato é uma prática que não é tão recente assim (Foto: depositphotos)

Era a fase do Renascimento italiano e a auto representação passou a ser exercida por alguns artistas, com destaque para Rembrandt e Vigée-Lebrun. O surgimento do espelho na cidade italiana de Veneza intensificou ainda mais a técnica de autorretrato em solo napolitano.

Mas bem antes dessa fase, alguns líderes gregos e egípcios teriam dado um jeito de registrarem a própria fisionomia cravada ou esculpida em objetos. Com um tempo, as iluminuras (pintura decorativa em pergaminhos medievais) eram utilizadas vez ou outra para esse fim. O fato é que ao longo da história da humanidade a busca pelo auto registro sempre aconteceu.

A selfie na fotografia é bem mais recente. No começo do século 19 surgiram as primeiras câmeras. Não há uma definição clara sobre qual foi a primeira selfie propriamente dita que utilizou a técnica da escrita com a luz. Há várias atribuições para o feito e é bem capaz que alguns fotógrafos tenham tido a ideia em períodos próximos.

A primeira delas remete ao ano de 1839, quando Robert Cornelius teria tirado uma foto de si próprio em frente à loja de sua família, na cidade de Filadélfia, nos Estados Unidos.

Mas também há quem lembre do fotógrafo sueco Oscar Rjlander que, em 1850, teria feito um selfie com o mais moderno equipamento fotográfico que existia à época. Dessa vez, a captura teria um recorte mais próximo e não pegava nenhum cenário, apenas o homem. Dessa forma, além da técnica de fotografar a si mesmo, Rjlander inaugurava um enquadramento mais tradicional das selfies, onde em primeiríssimo plano aparece o rosto.

Veja também: Mais da metade dos viajantes brasileiros postam em rede sociais

E sabe aquela selfie irada que você tira com seus amigos? Pois é, ela também tem origem no comecinho do século 20. Em 1909, o fotógrafo inglês Joseph Byron se autorretratou com seus amigos.

Origem da selfie moderna

A selfie feita por celular é muito recente, e data da década de 90

A maioria das selfies buscam registrar momentos para publicar nas redes sociais (Foto: depositphotos)

A selfie feita por celular é muito recente. Ela só foi possível depois da invenção das câmeras acopladas nos aparelhos telefônicos portáteis. E isso aconteceu na década de 90 quando a Samsung lançou o SCH-V200.

O modelo do aparelho permitia 20 fotos com resolução de 0,3 megapixel, que poderiam ser vistas no computador.

Em 2001, a Sharp lançou o J-SH04. Dessa vez, a câmera fazia parte do celular e não era somente acoplada como o modelo da década anterior da Samsung. As fotos do Sharp tinham apenas 0,1 megapixel mas já era possível enviá-las do próprio celular.

Depois disso, a tecnologia só foi se expandindo. E a invenção da câmera frontal em 2003 pela Sony, no aparelho Ericsson Z1010 deu início a outro ciclo de auto fotografias. Na sua criação e lançamento, a ideia nem era que a câmera da frente servisse para tirar fotos, mas sim para fazer vídeos de reuniões, teleconferências e outros tipos de encontros virtuais.

Self significado

Em inglês, o significado da palavra selfie é considerado um neologismo. Ou seja, uma expressão cuja atribuição é considerada nova. Ela se relaciona com tudo que é feito pela própria pessoa, como por exemplo: selfie-service. Ou seja, sirva-se você mesmo.

Já a Selfie na fotografia é o self-portrait, mas foi habitualmente reduzida para simplesmente selfie.

O peso dessa palavra é tão grande que os editores do Oxford Dictionary, um dos maiores expoentes da língua inglesa, a elegeram como a palavra do ano em 2013. A publicação britânica fez atribuição ao seu significa da seguinte maneira: “a photograph that one has taken of oneself, typically one taken with a smartphone or webcam and uploaded to a social media website (fotografia que a pessoa tira de si mesma, geralmente com um smartphone ou webcam e é carregada em um site de mídia social)”.

Nos dicionários nacionais, o sinônimo de selfie é: “autorretrato, autofotografia, autofoto”.

Veja tambémDaguerreótipo: a ‘mãe’ das máquinas fotográficas

Mesmo sendo um termo tão recente. Ele já fez história. É uma selfie a imagem mais republicada da história do Twitter, rede social que funciona como um microblog. A selfie feita pela apresentadora americana Ellen Degeneres no Oscar em 2014.

Essa selfie foi a mais republicada da história, alcançando mais de um milhão em apenas uma hora

Selfie feita pela apresentadora Ellen Degeneres no Oscar 2014 (Foto: Reprodução | The Dairy Dot)

A apresentadora fez um foto com a câmera frontal junto a diversas celebridades hollywoodianas. Em apenas uma hora de post, a selfie já havia batido a marca de um milhão de retuítes.

Dicas para fazer selfies melhores

Use duas mãos

Já pensou em fazer selfies utilizando as duas mãos? Claro que a imagem vai ficar bem mais próxima do que se você utilizar apenas um dos braços para sustentar o celular. Porém, usar as duas dará mais estabilidade à sua imagem, principalmente em situações que você está em movimento.

Evite o flash

Se as condições de luz natural estiverem favoráveis, esqueça o flash! A luz branca e artificial que os aparelhos jogam no seu rosto, deixa a foto sem profundidade e chapada. Por isso, prefira a luz da manhã (que é menos dura) e se beneficie de janelas ou passagens naturais de luminosidade.

Tenha bons aplicativos

O segredo da maioria das selfies mais bem feitas que você vê por aí é resultado de uma edição. Para isso, existem inúmeros aplicativos que dão um tratamento especial à fotografia. Faço o bom uso deles.

Use bom senso

Apesar da selfie ser uma ótima forma de registrar momentos inesquecíveis sem precisar de uma outra pessoa para capturar as imagens, é importante ter um bom senso em relação ao uso dessa técnica. Em tempos de redes sociais é primordial pegar leve na exposição pessoal.

Veja tambémConfira 10 fotos emblemáticas de Sebastião Salgado

Para concluir este artigo, é essencial sabermos que a popularização da selfie é resultado do desenvolvimento rápido da tecnologia que implica em celulares cada dia mais inteligentes. Além disso, o hábito de se autorretratar também é um sintoma comportamental que valoriza o uso da imagem como afirmação social.

Logo, fazer uso da selfie é divertido, mas não pode passar dos limites do bom senso.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Federal da Paraíba com especialização em Comunicação Empresarial. Passagens pelas redações da BandNews e BandSports, TV Jornal e assessoria de imprensa de órgãos públicos.