Significado da bandeira da Inglaterra

Nessa bandeira a Cruz de São Jorge é destacada em referência a uma crença local. Saiba mais sobre ela

O significado da bandeira da Inglaterra diz muito sobre sua história e população. Nesse artigo você vai conferir informações sobre o símbolo desse país, em qual contexto ele foi produzido, quais influências sofreu para sua formação e quais traços da história, cultura e de seu povo ele carrega. Acompanhe a seguir!

Segundo as definições mais comuns sobre bandeiras nos dicionários, podem ser encontradas interpretações que as tratam como uma peça, feita em sua maioria de tecido, no formato retangular, a qual apresenta as cores e emblema de uma nação, estado, instituição religiosa, agremiação política, recreativa ou desportiva, dentre outros.

Assim, entende-se que as bandeiras são elementos identitários que representam um dado elemento ou situação, e que respeitam uma padronização em relação ao formato, as cores e aos símbolos apresentados.

Historicamente, as bandeiras são utilizadas juntamente com outros elementos, como brasões e hinos, formando um conjunto de identificação que pode ser reconhecido mundialmente.

A bandeira da Inglaterra e seus significados

A bandeira da Inglaterra é uma das que integram a composição da bandeira do Reino Unido. A bandeira da Inglaterra é bastante simples em sua composição, sendo totalmente branca ao fundo, com uma cruz vermelha sobreposta. A referida cruz é a Cruz de São Jorge, símbolo este que se apresenta em várias outras bandeiras e representações oficiais.

O significado da bandeira da Inglaterra tem relação com o patrono desse país, São Jorge

A cruz de São Jorge é destaque na bandeira da Inglaterra (Foto: depositphotos)

A bandeira da Inglaterra é facilmente confundida com a bandeira do Reino Unido, quando na realidade a bandeira do Reino Unido é formada por uma sobreposição das bandeiras dos países que formam este conjunto político.

Portanto, aquela bandeira que muitas vezes é referenciada como bandeira da Inglaterra, com as cores azul, vermelha e branca, com as cruzes em sobreposição é a bandeira do Reino Unido e não da Inglaterra.

Cruz de São Jorge

A referência em relação a São Jorge na bandeira da Inglaterra considera que São Jorge é patrono do país, o qual teria salvo uma princesa de um dragão, usando para isso sua espada, com a qual teria ele feito um sinal em formato de cruz com o sangue do dragão em seu escudo branco.

Desta forma, a cruz de São Jorge respeita as cores que fazem menção a história, um fundo branco e uma cruz vermelha. São Jorge foi um soldado romano no exército do imperador Diocleciano, o qual foi tornado santo pelo catolicismo.

A adoção da referida bandeira da Inglaterra, com seus simbolismos, denota do Século XVI e as proporções utilizadas são de 3:5. Esta bandeira da Inglaterra foi também a bandeira do exército britânico e a insígnia da marinha mercante até 1606.

Cores

As cores da bandeira são referências ao contexto original da Cruz de São Jorge, sujo fundo branco representa o escudo de São Jorge, e a cruz vermelha representa o sangue do dragão.

Existem dois símbolos bastante comuns no Reino Unido, os quais são o Leão e o Unicórnio, sendo que este último representa a Escócia. Já o Leão é o animal símbolo da Inglaterra, aparecendo em vários símbolos e locais do país.

Brasão de armas

O brasão de armas da Inglaterra, “Armas Reais da Inglaterra”, é formado por três leões. Acredita-se que o primeiro brasão com tais representações data de 1.603 quando James I da Inglaterra subiu ao Trono, tendo sido antes James VI da Escócia.

O Leão possui uma representação ligada a força, mas também a realeza e raridade, o que se remeteria as características da Inglaterra. Esses símbolos com os leões são menos comuns do que a bandeira da Inglaterra, mas ainda aparecem em representações oficiais, bem como em construções e monumentos.

Hino nacional inglês

Já o hino nacional da Inglaterra traz uma mensagem mais ligada ao contexto religioso, especialmente com suplicas para Deus em relação a Rainha, começando, inclusive, com a frase “Deus salve nossa graciosa Rainha, Viva nossa nobre rainha”.

A Inglaterra: território, economia e monarquia

Dentre os países do Reino Unido, a Inglaterra é o que possui a economia mais desenvolvida

É na capital da Inglaterra, Londres, que está localizado o Big Ben (Foto: depositphotos)

Para se compreender a Inglaterra, é preciso diferenciar alguns conceitos inicialmente. A Inglaterra é, muitas vezes, confundida com o Reino Unido, ou mesmo com a Grã-Bretanha, o que é uma inverdade. Quando se fala em Reino Unido, é preciso perceber que este é um agrupamento político formado por Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte.

Já a Grã-Bretanha é uma das Ilhas Britânicas da Europa, a qual abrange a maior parte do Reino Unido. Confundir o Reino Unido com Inglaterra, apesar de ser um erro, é bastante comum, já que a capital da Inglaterra é também a capital do Reino Unido, que é Londres. Da mesma forma, a Rainha Isabel II, monarca que está no cargo desde os anos 1950, representa quatro Estados do Reino Unido.

Veja também: Qual a diferença entre Inglaterra, Reino Unido e Grã-Bretanha?

A Inglaterra é, portanto, um dos países que integram o Reino Unido. A extensão territorial da Inglaterra é de 130.279 km², ocupando dois terços da ilha da Grã-Bretanha, fazendo fronteira com a Escócia ao norte e com o País de Gales ao oeste, enquanto o leste e sul são banhados pelo Oceano Atlântico.

Economia e política

Dentre os países do Reino Unido, a Inglaterra é o que possui a economia mais desenvolvida, com um setor industrial consolidado, possuindo também uma das moedas mais estáveis do mundo, a libra esterlina. Diante do cenário da economia mundial, a Inglaterra vem também sofrendo um processo de desaceleração de sua industrialização, mas apesar disso, o setor terciário, que engloba finanças e comércio, é extremamente forte e representa uma boa margem do Produto Interno Bruto – PIB do país.

A Inglaterra é uma nação constituinte, cuja política é formada por uma monarquia constitucional. A figura que exerce o poder monárquico é a Rainha Isabel II, a qual é conhecida no mundo todo como Elizabeth II, estendendo seu regime não apenas a Inglaterra, mas também para todo Reino Unido.

Veja também: Descubra qual é a diferença entre república e monarquia

O idioma oficial da Inglaterra é a Língua Inglesa, já em relação a religião, a predominância está na Igreja Anglicana, enquanto a Igreja Católica é a segunda religião oficial da Inglaterra.

Turismo

As atividades turísticas são importantes fontes da economia da Inglaterra, e o destaque é nos pontos de visitação em Londres, capital do país. São vários os locais para se conhecer, como o “Big Ben” que é o relógio mais conhecido no mundo todo, símbolo da pontualidade dos britânicos.

Também é destaque a “Torre de Londres”, que é um castelo histórico localizado na cidade de Londres. O Rio Tâmisa também é um importante ponto turístico, o qual se localiza na porção sul da Inglaterra. Ainda, destaca-se o “Stonehenge”, uma impressionante estrutura de rochas, um dos monumentos mais famosos do mundo.

 

Referências

» O GUIA da Inglaterra. Molho Inglês. 2013. Disponível em: http://molhoingles.com/wp-content/uploads/2013/08/O-Guia-da-Inglaterra.pdf. Acesso em 07 mai. 2018.

» UNIÃO EUROPEIA. Reino Unido. Disponível em: https://europa.eu/european-union/about-eu/countries/member-countries/unitedkingdom_pt. Acesso em 07 mai. 2018.

» VESENTINI, José William. Geografia: o mundo em transição. São Paulo: Ática, 2011.

Sobre o autor

Avatar
Mestre em Geografia e Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Especialista em Neuropedagogia pela Faculdade Alfa de Umuarama (FAU) e em Educação Profissional e Tecnológica (São Braz).