Significado da bandeira da União Europeia

Esse símbolo é formado por 12 estrelas douradas dispostas em forma de círculo sobre um fundo azul

Nesse artigo, você vai descobrir o significado da bandeira da União Europeia. As bandeiras são elementos que muitas vezes não recebem valorização nos estudos sobre os mais variados países, isso porque são elementos que podem não ser tão bem compreendidos.

Desta forma, permanecem no campo das representações, não sendo analisadas e interpretadas. Mas todas as bandeiras possuem uma história, estão relacionadas com um contexto social ou político, e mostram aspectos importantes sobre aquilo que é representado.

Portanto, as bandeiras são elementos que fazem parte da identidade dos países ou das instituições que são representadas. Não apenas os países possuem bandeiras que os representam, mas também organizações, instituições diversas, bem como agrupamentos econômicos. Esse é o caso da União Europeia.

O que significa a bandeira da União Europeia?

As bandeiras são símbolos identitários amplamente utilizados no mundo todo, pelos mais variados países, estados, instituições, agrupamentos e causas. A União Europeia é um agrupamento político e econômico entre vários países europeus, e possui também sua bandeira própria.

Bandeira da União Europeia

O formato em círculo das estrelas representa a integração harmoniosa dos membros da UE (Foto: depositphotos)

A bandeira da União Europeia é um símbolo da unidade entre os países, representando ainda uma busca pela criação de uma identidade consolidada. A bandeira da União Europeia possui uma proporção de 2 por 3, tendo sido adotada em 8 de dezembro de 1955 pelo Conselho da Europa e em 26 de maio de 1986 pela União Europeia.

A composição da bandeira da União Europeia é constituída por um fundo totalmente azul, sobre o qual estão dispostas 12 estrelas formando um círculo. Estas estrelas são amarelas e de cinco pontas.

Inicialmente esta bandeira foi usada pelo Conselho da Europa, e tinha como incumbência representar a Europa como um todo.

Ao contrário do que se pode pensar, as 12 estrelas representadas não têm como finalidade fazer uma referência aos países que integram o grupo. Elas representam os ideais de unidade, solidariedade e harmonia dos povos europeus.

Houve um massivo incentivo por parte do Conselho da Europa para que as instituições europeias usassem e disseminassem essa bandeira, visando a construção de um perfil identitário.

Para escolha da composição da bandeira, foi realizado um concurso no ano de 1950, momento no qual foram eliminados vários outros modelos que foram criados e que competiram naquele contexto.

As principais instituições da União Europeia possuem seus próprios símbolos oficiais, embora a bandeira seja mais comumente conhecida. Entre essas instituições estão o Parlamento Europeu, a Comissão Europeia, o Conselho da União Europeia e o Tribunal de Justiça da União Europeia.

Além deles, há o Provedor de Justiça, o Comitê das Regiões e o Comitê Econômico e Social Europeu. Mas também podemos citar o Banco Europeu de Investimento, o Fundo Europeu de Investimento e Banco Central Europeu.

Há também na União Europeia um hino oficial, o qual é baseado na letra de “hode alegria”. Esse, por sua vez, é o quarto movimento da Nona Sinfonia de Ludwig van Beethoven, mas só foi adotado no ano de 1972.

Há, neste sentido, uma busca por construir uma unidade não apenas no âmbito econômico e político, mas que também se remeta ao contexto cultural, simbólico.

Ainda em relação a bandeira, o formato circular das estrelas dispostas sobre o fundo azul, representa a unidade, uma integração harmoniosa. O site da União Europeia apresenta um arquivo sobre as configurações aceitas formalmente para o uso da bandeira, já que existem algumas regras que devem ser seguidas neste sentido.

Todos esses detalhes podem ser conferidos no site oficial desse grupo econômico.

O que é a União Europeia?

A União Europeia é uma unificação política e econômica entre alguns países europeus, se constituindo hoje como o agrupamento econômico mais complexo e consolidado do mundo.

Atualmente são 28 países que integram a União Europeia, sendo eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Tcheca, Romênia e Suécia.

Recentemente, a União Europeia foi impactada pela saída do Reino Unido da União Europeia, um processo que ficou conhecido como “Brexit”. Segundo o próprio site da União Europeia, são os objetivos do grupo:

  • Promover a paz, os seus valores e o bem-estar dos seus cidadãos
  • Garantir a liberdade, a segurança e a justiça, sem fronteiras internas
  • Favorecer o desenvolvimento sustentável, assente num crescimento econômico equilibrado e na estabilidade dos preços, uma economia de mercado altamente competitiva, com pleno emprego e progresso social, e a proteção do ambiente
  • Lutar contra a exclusão social e a discriminação
  • Promover o progresso científico e tecnológico
  • Reforçar a coesão econômica, social e territorial e a solidariedade entre os países da UE
  • Respeitar a grande diversidade cultural e linguística da UE
  • Estabelecer uma união econômica e monetária cuja moeda é o euro.

Valores e características da UE

Já em relação aos valores da União Europeia, são destaques a dignidade do ser humano, liberdade, democracia, igualdade, Estado de Direito, bem como os Direitos Humanos.

Estes valores da União Europeia são apresentados no Tratado de Lisboa e na Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia. O grupo busca uma integração complexa, com uma moeda única e um banco central. Além do livre fluxo de pessoas e de capitais.

No entanto, algumas limitações ainda são encontradas para a total integração, já que nem todos os países concordam com a padronização.

Os países que fundaram a União Europeia são Alemanha, França, Itália, Países Baixos, Bélgica, Luxemburgo. Enquanto que os demais foram integrados em momentos posteriores. Existem várias formas de agrupamentos econômicos, e um deles são os blocos econômicos, dos quais a União Europeia é o maior destaque.

As características da União Europeia são o livre comércio entre os países-membros, bem como a integração política e a livre circulação de pessoas entre os países. Além da adoção do Euro como moeda comum oficial.

A questão do Euro é bastante problemática, já que alguns países não aceitam deixar suas moedas para aderir a uma única moeda comum. Da mesma forma, a livre circulação de pessoas é algo que gera muitos questionamentos, especialmente em relação as políticas migratórias adotadas pela União Europeia.

Essas medidas não são bem aceitas por alguns países, como o próprio Reino Unido, o qual saiu do grupo devido ao descontentamento frente às medidas da União Europeia.

O risco, segundo os países que não concordam com a questão migratória da União Europeia, é da possibilidade da entrada de pessoas que se aproveitam dos fluxos migratórios para praticar atos de violência nos países europeus.

Referências

UNIÃO EUROPEIA. “A bandeira europeia“. Disponível em: https://europa.eu/european-union/about-eu/symbols/flag_pt. Acesso em 07 mai. 2018.

VESENTINI, José William. “Geografia: o mundo em transição“. São Paulo: Ática, 2011.

Sobre o autor

Avatar
Mestre em Geografia e Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Especialista em Neuropedagogia pela Faculdade Alfa de Umuarama (FAU) e em Educação Profissional e Tecnológica (São Braz).