Significado da bandeira do Brasil

A bandeira nacional é um dos quatro símbolos oficiais da República Federativa do Brasil

Entenda o significado da bandeira do Brasil, quais suas influências históricas e culturais e entenda e em qual contexto ela foi idealizada. Saiba o que as cores e os símbolos dessa bandeira querem expressar. Isso e muito mais você confere a seguir!

O Brasil é um país rico em diversidade, seja ela em seus aspectos físicos ou culturais. Essa variedade é refletida também nos símbolos oficiais do país, como em seu hino, onde o contexto histórico é referenciado, e em sua bandeira, sobre a qual existem duas teorias mais aceitas acerca de sua composição.

A bandeira brasileira é rica em cores e detalhes, sendo considerada por algumas pessoas como uma das bandeiras mais bonitas do mundo.

A bandeira brasileira é utilizada hasteada em órgãos oficiais, bem como em festividades ou eventos de grandes proporções, em algumas ocasiões obrigatoriamente, em outras como forma de manutenção da memória e em sentido de respeito pela nação brasileira.

A bandeira do Brasil: duas teorias

O significado da bandeira do Brasil tem relação com suas matas e riquezas minerais

A bandeira nacional possui 27 estrelas que representam os estados da União (Foto: depositphotos)

A bandeira brasileira é formada por um retângulo com coloração de fundo verde escuro, sendo que sobre este há um losango de coloração amarelo-ouro. Sobre o losango há ainda uma circunferência de cor azul, sobreposta por uma faixa branca em sentido esquerda-direita, onde está escrita a frase “Ordem e Progresso”.

Na parte de cima da faixa branca, há uma única estrela. Na parte de baixo da faixa, há 26 estrelas. Assim, apresentam-se na bandeira brasileira 27 estrelas brancas de cinco pontas. A primeira versão da bandeira do Brasil República é apresentada em novembro de 1889, contando apenas com 21 estrelas.

Já a última versão apresentada é de 1992, contando já com 27 estrelas, mesmo número de estados que formam a nação. Os criadores da bandeira brasileira foram Raimundo Teixeira Mendes, Miguel Lemos, Manuel Pereira Reis e ainda Décio Vilares. Antes da bandeira da República, haviam outras bandeiras relacionadas ao Império e até ao período colonial no Brasil.

Veja também: Onde ficam os consulados do Brasil no exterior

Cores

O retângulo verde presente na bandeira do Brasil representa as matas verdejantes presentes no território brasileiro, com a Mata Atlântica, abarcando a costa Leste, Sudeste e Sul do Brasil, originalmente, bem como a Floresta Amazônica, a maior floresta tropical do mundo. O Brasil é rico em biomas, e a riqueza de sua flora foi representada pela cor verde na bandeira.

De outro lado, há pesquisadores que afirmam que a cor verde na bandeira representa na realidade a Sereníssima Casa de Bragança, a qual é uma família nobre portuguesa.

Já a cor amarela em formato de losango representaria as riquezas minerais presentes no território brasileiro, principalmente o ouro. Sendo que alguns pesquisadores analisam que ela afirma, na realidade, a Casa de Habsburgo, ou Casa da Áustria, da família de Dona Leopoldina, a qual foi arquiduquesa da Áustria e a imperatriz do Brasil.

O círculo central em coloração azul, que hoje é conhecido por referenciar o céu azul brasileiro, estrelado, era originalmente uma referência a esfera armilar, um instrumento da astronomia que era usado em navegações e que consta de um modelo reduzido do cosmos.

O branco presente nas estrelas, representaria uma busca pela paz. 

Estrelas

A posição das estrelas representaria a forma como as estrelas foram vistas do céu do Rio de Janeiro em 15 de novembro de 1889. Todas as estrelas possuem cinco pontas, o que mostra que todas possuem o mesmo valor simbólico, representando os estados brasileiros

Assim, na escolha da estrela que representa cada um dos estados brasileiros buscou-se estar em conformidade com a localização do estado no território brasileiro, atentando-se também para a posição da estrela no céu.

Veja também: Saiba quais foram os presidentes do Brasil

Lema

Já quanto ao lema apresentado na bandeira do Brasil, “Ordem e Progresso”, este representa o ideal positivista da época, pautado na corrente filosófica popular na época da criação da bandeira (Positivismo de Augusto Comte), e usado até hoje como lema nacional da República Federativa do Brasil.

A ideia central da teoria de Comte foi “o Amor por princípio e a Ordem por base; o Progresso por fim”, tendo sido este adotado no contexto porque, segundo os pensadores que desenvolveram a bandeira, refletia uma necessidade e uma expectativa da República.

Outros símbolos oficiais

O Brasil possui, oficialmente, quatro símbolos oficiais, sendo eles: a Bandeira Nacional, o Hino Nacional, as Armas Nacionais o Selo Nacional. Existe toda uma legislação que define os padrões para confecção e uso da bandeira nacional, as quais estão estabelecidas na Lei n. 5.700, de 1º de setembro de 1971.

Segundo a legislação, a Bandeira Nacional pode ser usada em todas as manifestações do sentimento patriótico dos brasileiros, de caráter oficial ou particular, sendo seu uso possível de diversas formas, deste em hasteamento, até em reprodução em estampas.

Seu hasteamento é obrigatório e permanente em locais oficiais como em Praça dos Três Poderes de Brasília, no Distrito Federal, dentre outros, como símbolo solene da Pátria.

Veja tambémReligiões afro-brasileiras: origem e características

O Brasil:

O Brasil é o quinto maior país em dimensão territorial

O Cristo Redentor é um dos maiores símbolos do turismo do Brasil (Foto: depositphotos)

O Brasil, país oficialmente chamado de República Federativa do Brasil, está localizado na América do Sul, sendo considerado como o maior país do subcontinente sul-americano, bem como de toda América Latina.

Em relação a sua dimensão territorial é o quinto maior país do mundo, bem como o sexto em relação aos índices de população, com mais de 207 milhões de habitantes.

Oficialmente, o Brasil é subdividido em cinco grandes regiões políticas, sendo elas o Norte, o Nordeste, o Centro-Oeste, o Sudeste e o Sul.

Vegetação

Possui uma ampla biodiversidade, onde se destacam espécies vegetais e animais variadas, com a presença, inclusive, de várias espécies endêmicas. Segundo uma das teorias sobre a bandeira do Brasil – a mais explorada nas escolas – as riquezas naturais brasileiras são expressas através das cores.

Veja tambémRegião Norte do Brasil: ‘berço’ da Floresta Amazônica

Economia

O Brasil teve vários contextos econômicos importantes, desde a exploração da madeira conhecida como Pau-Brasil, as riquezas minerais, a atividade açucareira e a exploração do cacau, a borracha na Amazônia, o café, dentre outros.

Apesar de um passado marcado pela exploração colonial portuguesa, o Brasil tem se destacado em relação ao seu potencial econômico, considerado hoje como um dos países emergentes no cenário internacional.

Esse passado histórico e as condições físicas do território brasileiro são explorados nas duas mais importantes teorias sobre a composição e o significado da bandeira do Brasil, uma que considera as cores como representantes das riquezas naturais, outra que remete as cores ao passado ligado ao contexto do Império e também a República no Brasil.

 

Referências

»VESENTINI, José William. Geografia: o mundo em transição. São Paulo: Ática, 2011.

Sobre o autor

Avatar
Mestre em Geografia e Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Especialista em Neuropedagogia pela Faculdade Alfa de Umuarama (FAU) e em Educação Profissional e Tecnológica (São Braz).