Significado da bandeira do Cazaquistão

Nesse artigo você vai conhecer o significado da bandeira do Cazaquistão, o que representa e a partir de quando foi adotada oficialmente. Entenda um pouco mais sobre esse país e suas peculiaridades. Veja a seguir!

Conhecer a origem de uma bandeira é uma maneira bastante interessante de se conhecer também a história e a cultura daquele que é representado. As cores, bem como os símbolos, são meios pelos quais cada país busca representar aspectos que considera relevantes em seu conjunto de elementos identitários.

Justamente por isso existem bandeiras com padrão de cores similares, bem como símbolos gráficos que são parecidos ou que possuem a mesma história representada, porque a divisão territorial no mundo não foi sempre como conhecemos hoje. As bandeiras são uma parte da identidade de um país, juntamente com os hinos nacionais, e os brasão de armas de cada local.

Estes elementos são uma forma de reafirmação da soberania dos que são representados diante do mundo. O Cazaquistão é um país que possui algumas particularidades, como o fato de que seu território está localizado em dois continentes, tendo sido o último país a se tornar independente em relação a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), sendo atualmente um dos países que compõem a Comunidade dos Estados Independentes (CEI). Sua bandeira é muito bonita, e seu brasão de armas possui uma configuração bastante particular.

A bandeira do Cazaquistão: Qual o significado?

O Cazaquistão foi um dos territórios incorporados pela União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), a qual existiu entre os anos de 1917 e 1991. Durante esse período, o Cazaquistão teve algumas bandeiras ligadas ao contexto, as quais tinham o fundo vermelho como base. Após isso, com o fim da URSS, já em 1922 o Cazaquistão adota uma bandeira oficial independente.

Bandeira do Cazaquistão

Essa bandeira faz menção a Genghis Khan, imperador mongol que dominou territórios na região (Foto: depositphotos)

Essa bandeira é utilizada até os dias atuais, juntamente com outras bandeiras oficiais, como a naval e a governamental. A bandeira do Cazaquistão faz uma referência aos povos que ocupam a região da Eurásia (divisa entre os continentes europeu e asiático), especialmente os turcos que viviam nas porções norte, central e também oeste desta região.

Esses povos possuem uma matriz linguística comum, a língua turca, também conhecida como turcomana. As línguas turcomanas abrangem cerca de trinta idiomas, as quais são faladas em territórios que se estendem desde o Leste Europeu até a porção mais ocidental da China e ainda o norte da Sibéria.

Esses povos são representados pela coloração azul de fundo da bandeira. A bandeira tem ainda um significado ligado ao passado histórico da formação territorial do Cazaquistão, quando Genghis Khan (imperador mongol que dominou territórios na região) é representado através de uma águia amarela na bandeira.

Veja também: Mapa mundi: continentes, países e capitais

Cores

A bandeira do Cazaquistão possui apenas duas cores em sua composição total, sendo elas o azul e o amarelo. Segundo algumas literaturas, as cores possuem uma fundamentação histórica, já que o azul seria uma representação dos povos turcos que constituíram a região. Já os detalhes em amarelo seriam uma referência ao império de Genghis Khan, o qual teria unificado as tribos mongóis e turcas da Mongólia.

Essas cores são também usadas nas outras bandeiras do Cazaquistão, como a naval e a governamental. Existe ainda mais uma interpretação para as cores, segundo a qual o azul da cor do céu representa os sentimentos de honestidade, fidelidade e integridade. Já o amarelo estaria ligado aos princípios de riqueza e abundância.

Símbolos

Na bandeira do Cazaquistão são representados alguns símbolos, como um detalhe em forma de renda na porção esquerda da bandeira, junto ao mastro, bem como um Sol na porção central e uma águia em voo na parte de baixo do Sol. Todos os símbolos são representados na cor amarela. O Sol seria uma representação dos sentimentos de riqueza e abundância, vida e energia.

Já a águia seria uma forma de apresentar sentimentos e princípios como poder, discernimento e generosidade, embora haja também uma suposição de que sua representação seja uma referência ao império de Genghis Khan. Já a renda na porção esquerda é uma forma de destaque para a cultura dos povos turcos, seguindo os padrões culturais destes.

Brasão de armas

O Cazaquistão tem também um brasão de armas, o qual foi igualmente adotado ainda no ano de 1992. Esse brasão preserva as cores da bandeira, azul e amarelo. Esse símbolo possui um formato geral circular, onde são representados um fundo azul e dois cavalos místicos em cor amarela, os quais estão voltados para lados opostos. Os símbolos representados são referências aos sentimentos cultivos pelos povos que ocuparam a região, como a bravura e o desejo de conquistar uma nação próspera e forte, soberana.

Bandeira do Cazaquistão para imprimir

Neste link, você poderá visualizar e imprimir uma bandeira do Cazaquistão em cores.
Neste link, você poderá visualizar e imprimir uma bandeira do Cazaquistão sem cores, para que possa pintar.

Veja também: Os países da Ásia e suas respectivas capitais. Aprenda fácil

Sobre o Cazaquistão

Religião

São várias as etnias que formam a cultura do Cazaquistão, o que se reflete também nas religiões que existem naquela região. As duas religiões de maior destaque no país são o Islamismo e o Cristianismo, sendo que o Islamismo possui expressiva maioria naquela região. Além disso, existem várias outras religiões que aparecem com menor número de adeptos.

População

O Cazaquistão possui uma população com mais de 17,8 milhões de habitantes, sendo que a maior parcela destes está localizada nas porções Sul e Norte do país, onde as condições de vida e produção são melhores. A composição étnica do Cazaquistão é bastante variada, com destaque para os povos Cazaques (Cazaquistão), russos, ucranianos, alemães e vários outros em menor proporção.

Capital

Astana é a capital do Cazaquistão, a qual foi construída a partir do ano de 1997, com uma arquitetura planejada e moderna (há quem diga que foi inspirada em Brasília, a capital brasileira!). A cidade possui muitas coisas interessantes, especialmente em relação aos recursos modernos empregados em sua configuração, com enormes prédios espelhados e uma torre de 97 metros de altura (torre Bayterec). Para ver fotos sobre Astana, acesse esse vídeo.

Mapa

Mapa do Cazaquistão

Esse país é o nono em dimensão territorial (Foto: depositphotos)

Turismo

Com a independência em relação a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), o Cazaquistão começa a traçar seu caminho como país soberano, e isso envolve também investimentos na área do turismo. Alguns dos pontos mais buscados por turistas são o Bayterek em Astana, o qual além de ser um conhecido monumento, é também um mirante na capital.

Além disso, destaca-se Shymbulak, uma estação de esqui com expressiva extensão, Medeu, que também é uma estação de patinação no gelo, ainda, Khan Shatyr Entertainment Center, sendo um espaço de entretenimento com a mais alta tenda do mundo. O turismo no Cazaquistão mistura, portanto, as condições próprias de seu território, como os ambientes congelados, e a modernidade de suas construções.

Cultura

A cultura do Cazaquistão está relacionada com a cultura original dos povos que habitam atualmente o país. São várias as etnias que compõem a região em que o Cazaquistão está, e todas possuem uma influência. O destaque vai para os povos de maior expressividade numérica, que são os cazaques (cerca de 63% da população), russos, uzbeques, ucranianos, alemães, tártaros e uigures. Os cazaques são um povo e também um grupo étnico, os quais habitam principalmente o norte da Ásia Central, o que abrange o Cazaquistão, e que possuem uma língua comum, que é a língua turcomana ocidental.

O Cazaquistão e o povo turco

A origem da bandeira do Cazaquistão tem relação com o passado dos povos que habitam essa região, especialmente os turcos. As cores e os símbolos possuem um significado mais histórico, mas também são relacionadas com sentimentos e princípios considerados importantes para os habitantes do país.

Além da bandeira, o Cazaquistão tem outros símbolos oficiais, como seu brasão de armas, sendo que ambos os elementos (bandeira e brasão) preservam o mesmo padrão de cores. O Cazaquistão é um país bastante interessante, especialmente pelos avanços que apresentou, apesar de seu curto período como país independente.

 

Referências

» BRASIL. Congresso Nacional. Comunidade dos Estados Independentes (CEI). Disponível em: http://www.camara.leg.br/mercosul/blocos/CEI.htm. Acessado em: 18 de junho de 2018.

» BRASIL. Embaixada da República do Cazaquistão na República Federativa do Brasil. Símbolos nacionais da República do Cazaquistão. Disponível em: http://mfa.gov.kz/pt/brazil. Acessado em: 18 de junho de 2018.

Sobre o autor

Avatar
Mestre em Geografia e Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Especialista em Neuropedagogia pela Faculdade Alfa de Umuarama (FAU) e em Educação Profissional e Tecnológica (São Braz).