Fique sabendo

Universidade de Harvard: onde fica, preço, como entrar e cursos

A universidade de Harvard é o mais famoso centro acadêmico norte-americano do mundo. Ela nasceu ainda em 1636 em Cambridge, Massachusetts, região metropolitana de Boston, e carrega consigo o status de ter formado algumas das mentes mais brilhantes do planeta.

Entre os estudantes famosos que passaram pelas bancas da universidade americana está o criador do Facebook Mark Zuckerberg; o ex-presidente Barack Obama, que cursou direito; Bill Gates, criador da Microsoft; Al Gore, ex-vice presidente dos Estados Unidos e ativista em defesa do meio ambiente; George W. Bush se graduou em negócios; só para citar algumas personalidades.

De  acordo com o site oficial do Harvard College, a missão do “Harvard College é educar os cidadãos e os líderes de cidadãos para a nossa sociedade. Através do compromisso com o poder transformador de uma educação em artes liberais e ciências”.

A instituição coleciona 48 ganhadores do Prêmio Nobel, 32 chefes de Estado e 48 ganhadores do Prêmio Pulitzer. Neste artigo, você saberá tudo sobre a Universidade de Harvard: onde fica, preço, como entrar e cursos oferecidos pela instituição. Confira.

História da Universidade de Harvard

A universidade de Harvard foi fundada em 1636

A sede da universidade fica em Massachusetts, no estado de Boston (Foto: depositphotos)

O nome de Harvard vem do seu primeiro benfeitor, John Harvard, que era ministro em 1636. Inicialmente, ela se chamava Cambridge, nome da cidade que abriga a instituição. Porém, com a morte de John Harvard, em 1938, e a doação da sua biblioteca e de parte da sua propriedade, ela passou a ter o nome de hoje.

Em 1942, formavam-se os primeiros nove graduandos de Harvard sob a reverência de Henry Dunster, desde 1640.

Em 1755, forma-se o primeiro homem que viria a ser presidente dos Estados Unidos, John Adams. Em 1787, foi a vez de John Quincy Adams, também futuro presidente dos EUA; em 1845 foi Rutherford B. Hayes, futuro presidente que formava-se em direto. Em 1975, George W. Bush, também recebia o diploma de Harvard pela Business School; em 1991, e Barack Obama, que conquistou o título pela Faculdade de Direito.

Veja também: Aberta nos Estados Unidos a primeira universidade para brasileiros [1]

Em 1776, um ano importante para a independência dos Estados Unidos, oito alunos de Harvard estão entre as pessoas que assinaram a Declaração da Independência americana. Quatro anos depois, Harvard é reconhecida como universidade.

E em 1782, é fundada a Faculdade de Medicina de Harvard. Depois disso, há uma série de fundações como: em 1816, nasce a Escola da Divindade; em 1817, é a vez da Harvard Law School, o início do estudo do Direto na instituição; em 1867, a Harvard Dental School fez suas primeiras consultas; em 1872, Graduate School of Arts e Ciências é fundada; em 1874, o departamento de Belas Artes é estabelecido.

E segue-se: em 1896, Fogg Art Museum abre; em 1901, o primeiro curso oferecido em arquitetura paisagística e planejamento urbano; em 1908, a Graduate School of Business Administration abriu formalmente; em 1913, a Escola de Saúde Pública é estabelecida; em 1913, a Harvard University Press é fundada; em 1920, a Graduate School of Education passa a existir.

Outros cursos começariam a funcionar em Harvard, como: em 1936, a Graduate School of Design; em 1936, a Graduate School of Public Administration; em 1994, a Harvard Business Publishing; e, em 2007, a Escola de Engenharia e Ciências Aplicadas.

Somente em 1879, a Radcliffe College é fundada com 27 estudantes mulheres, mas somente em 1975 passa a vigorar uma política de admissão igual entre os sexos. E anos depois, em 1999, a Radcliffe College se funde com o Harvard College.

O ano de 1914, marca o primeiro Nobel da instituição para o Professor Theodore William Richards. O prêmio de química foi concedido pela determinação de pesos atômicos. Depois dele, outros 47 reconhecimentos.

Números de Harvard

Harvard College tem cerca de 6.700 universitários e quando falamos em estudantes de pós-graduação e profissionais são 15.250, totalizando cerca de 22 mil acadêmicos. Já passaram pela universidade mais de 650 mil estudantes americanos e 59 mil estrangeiros de 202 nacionalidades diferentes. Para abrigar esses milhares de estudantes, o terreno de Harvard tem 5.457 acres.

Outros números impressionantes de Harvard dizem respeito à sua biblioteca. Ela é considerada a maior biblioteca acadêmica do mundo. São 20,4 milhões de volumes e 180 mil títulos em série. Sua coleção de manuscritos também impacta com 400 milhões de itens manuscritos!

Veja também: Mais duas universidades portuguesas passam a aceitar o Enem [2]

A galeria de imagens também não fica por baixo: são aproximadamente 10 milhões de fotografias. Além disso há 124 milhões de páginas arquivadas e 5,4 terabytes de arquivos e manuscritos digitais.

A biblioteca não funciona em um único prédio, mas em 70 unidades distribuídas pelo campus. Para isso, 800 funcionários trabalham diretamente nos espaços dedicados à leitura e pesquisa.

No campo das artes, Harvard também não decepciona. Nos museus da instituição são mais de 28 milhões de obras e peças raras e cerca de 650 mil pessoas visitam por ano esses espaços.

Campus de Harvard

Atualmente, a universidade de Harvard comporta 22 mil acadêmicos

A estátua de John Harvard, fundador da universidade (Foto: depositphotos)

A Universidade de Harvard é composta por 11 principais unidades acadêmicas – dez faculdades e o Instituto Radcliffe para Estudos Avançados. As dez faculdades supervisionam escolas e divisões que oferecem cursos e concedem graus acadêmicos.

Cursos de Harvard online

A tradicionalíssima universidade americana de Harvard também possui um projeto de cursos online. A iniciativa é supervisionada pelo Gabinete do Vice-Reitor para o Aprendizado da Aprendizagem.

Até o momento foram promovidos cursos online abertos para alunos no campus e outros interessados. De acordo com o site oficial, foram “120 professores em dez escolas, produzindo mais de 80 cursos online abertos com mais de 1,5 milhão de participantes exclusivos do curso”.

O projeto atende pelo nome de HarvardX e também atua no campo da pesquisa, com mais de 100 publicações.

Preços de Harvard

Para estudar em Harvard o estudante paga por ano 43.280 dólares. Se for morar na instituição, o valor sobe para 63.025 dólares. Mas nem todo mundo paga esse valor. Existem alguns programas dentro da instituição que concedem bolsas de estudo e outros abatimentos.

Veja também: América Latina: Sai ranking sobre quais as melhores universidades em 2017 [3]

Por exemplo, os estudantes com bolsas de estudo pagam cerca de 12 mil por ano. Do total de estudantes de Harvard, 55% recebem auxílio de bolsas de estudos, cujo valor anual é de 50 mil dólares.

Já famílias com renda inferior a 65 mil dólares por ano, não pagam nada pelos cursos de Harvard, basta que o aluno seja aceito. Aquelas famílias com renda entre 65 e 150 mil contribuem com até 10% da renda. Mas esse percentual pode ser menor, tudo depende do que for acordado.

A Universidade recebe investimentos na ordem de 170 milhões por ano. Esse valor aumentou em 75% desde 2007.

Para os interessados, a Universidade de Harvard disponibiliza uma calculadora on-line [4] para que cada estudante simule quanto pagaria à instituição de acordo com a sua renda.