,

Zootecnia: o que é e o que faz um profissional dessa área

A palavra zootecnia foi criada em 1843 e deriva do grego zoon = animal e techne = tratado sobre uma arte, ou seja, é uma ciência responsável pela criação, produção e manejo de animais domésticos e domesticáveis.

Nos dicionários de língua portuguesa a definição da palavra é “arte de criar os animais”.

Zootecnista com aves

O profissional de zootecnia cuida, trata e maneja animais domésticos (Foto: depositphotos)

No Brasil, as ações dos profissionais em zootecnia vêm crescendo e avançando no setor agrícola, tornando esta profissão cada vez mais reconhecida pela sociedade. A função se destaca principalmente nas área de veterinária, agropecuária e zoologia.

O que é a zootecnia?

A expressão zootecnia veio inicialmente a ser adotada somente pelos povos de origem latina e alemã, os ingleses utilizavam a nomenclatura Animal Science. Os demais povos europeus não utilizavam o termo e nem o reconheciam.

Na linguagem científica do século XIX e na primeira metade do XX, passou-se a empregar com mais intensidade o termo zootecnia, porém, ainda de maneira marginal, como uma classe a mais dentro de um grupo de atividades e, quase sempre, com um significado incerto.

No entanto, a zootecnia vem sendo empregada para designar o conhecimento, a prática e as indústrias concernentes à criação dos animais.

O que faz um zootecnista?

Ordenha em vaca

O zootecnista se destina também a aumentar a produtividade dos derivados desse animais (Foto: depositphotos)

Trabalhar com zootecnia vai além de simplesmente gostar de animais, o profissional da área preocupa-se com o bem-estar dos indivíduos para que estes vivam em boas condições, com foco em sua alimentação, saúde, reprodução e aumento da produtividade de seus derivados, como ovos e leite.

Além disso, o zootecnista também atenta para a hora do sacrifício ou abate do animal, procurando formas de minimizar o sofrimento do mesmo sem prejudicar a qualidade do produto final, a carne. 

O curso de zootecnia

No Brasil, o primeiro curso de graduação em Zootecnia foi fundado em 1966 pela PUC do Rio Grande do Sul, com duração de 4 a 5 anos, incluindo estágio supervisionado.

As principais disciplinas são: Zoologia, Biologia, Química, Matemática, Física, Melhoramento Genético, Produção Animal, Produção Vegetal, Fertilidade e Conservação do Solo, Parasitologia, Administração e Desenvolvimento Rural, entre outras.

Mercado de trabalho

Quanto ao mercado de trabalho, a região Centro-Oeste se destaca no país devido a grande concentração de fazendas e áreas destinadas a pecuária. Nas regiões Sul e Sudeste, há um grande avanço no campo das pesquisas em laboratório, zoológicos, exportação de produtos de origem animal e frigoríficos.

A Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) é uma grande empresa empregadora na área, que seleciona profissionais formados em zootecnia para trabalhar com pesquisas e projetos

Associação dos zootecnistas

A criação da Associação Brasileira de Zootecnistas, a ABZ, aconteceu em 1988, na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia na USP, a partir de uma assembleia.

Campo de atuação profissional

A vivência acadêmica não pode estar restrita às disciplinas. A participação dos zootecnistas em pesquisas científicas, atividades culturais e de extensão são fundamentais. Os campos de atuação dos zootecnistas são:

  • Cadeia agroindustrial de carnes
  • Cadeia agroindustrial do leite
  • Cadeia agroindustrial de aves
  • Cadeia agroindustrial de fibras de animais, rações para animais e de outros produtos de interesse zootécnico
  • Cadeia negocial de criação animal para lazer e companhia
  • Planejamento, consultoria e assistência agropecuária
  • Gestão empresarial e marketing
  • Gestão ambiental e sustentável do agronegócio
  • Desenvolvimento e política agrícola
  • Docência, pesquisa e extensão.

A importância do zootecnista

Zootecnista visitando rebanho

O zootecnista trabalha para o crescimento de uma produção animal autossustentável (Foto: depositphotos)

É de grande importância a existência de profissionais com sólidos conhecimentos nas práticas de criação e manejo dos animais, na gestão e administração do negócio, com uma visão total da cadeia produtiva, que possam proporcionar o crescimento de uma produção animal autossustentável.

História da domesticação animal

A utilização dos animais em benefício do homem e seu processo de domesticação remontam da pré-história, com registros em inúmeras pinturas rupestres.

A criação de animais, como parte das habilidades fundamentais à sobrevivência humana, também é citada no antigo testamento e por diversos autores da antiguidade, como Plínio, Estrabão, Paladium, Xenofonte, entre outros.

Durante o reinado do imperador romano Diocleciano, há aproximadamente 2000 anos, foi instituído um tratado de organização para a atividade agrícola, no qual se incluíam a agricultura, a criação e higiene dos animais. Vale lembrar que o uso de animais para o transporte, a guerra e o trabalho foi vital em quase toda história humana.

Com a chegada da era renascentista foi possível o desenvolvimento de novas ideias relativas às atividades agrárias com o uso racional de animais para o trabalho e a produção de alimentos.

O homem passou a vislumbrar a produção organizada de animais domésticos para o trabalho de campo, esporte, lazer, alimentação em escala e como fator econômico integrante das atividades agrícolas.

Resumo do conteúdo

Nesse texto você aprendeu que:

  • Zootecnia é a arte de criar os animais.
  • Um zootecnista é responsável pela criação, produção e manejo de animais domésticos.
  • Um zootecnista se preocupa com o bem-estar animal.
  • Um zootecnista estuda como aumentar a produtividade dos derivados animais.
  • O primeiro curso de graduação de zootecnia do Brasil foi criado em 1966.

Exercícios resolvidos

1- O que é a zootecnia?
R: A arte de criar animais.
2- O que faz um zootecnista?
R: Um zootecnista cria, produz e maneja animais.
3- Quais tipos de animais são estudados pelo zootecnista?
R: Animais domésticos e domesticáveis.
4- Qual a melhor região para trabalhar como zootecnista?
R: Região Centro-Oeste, porque possui mais áreas de pecuária.
5- Qual a importância da zootecnia?
R: A zootecnia proporciona o crescimento de uma produção animal autossustentável.
Referências

» CARDELLINO, R. A.; OSÓRIO, JCS. Melhoramento Animal para Agronomia, Veterinária e Zootecnia. Universitária/UFPel., Pelotas, p. 153, 1999.

» FERREIRA, Walter Motta et al. Zootecnia brasileira: quarenta anos de história e reflexões. Revista Acadêmica: Ciência Animal, v. 4, n. 3, 2017.

Sobre o autor

Avatar
Natália Duque é Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.