Ministro assina acordos para cooperação em educação profissional com a Alemanha

Foram assinados acordos relativos à educação profissional, a mestrados profissionalizantes, entre outros


Publicada em 21 de agosto de 2015

 

O ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, reuniu-se na quinta-feira (20) com o ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, e com o vice-ministro da Educação e Ciência, Georg Schütte, para discutir a cooperação entre os dois países. Foram assinados acordos relativos à educação profissional, a mestrados profissionalizantes e que preveem apoio ao fomento do ensino de língua alemã nas escolas públicas brasileiras.

Sobre o ensino da língua alemã, o ministro assinalou que mais de 80 mil alunos da rede pública brasileira estudam alemão como língua estrangeira. “Entre os vários acordos, vamos apoiar o fomento ao ensino de alemão nas escolas brasileiras, oferecendo formação de professores” disse. “Também firmamos um acordo pelo qual o ensino de alemão a distância será proporcionado a universitários brasileiros por meio do programa Idiomas sem Fronteiras.”

As representações dos dois países também assinaram declaração conjunta sobre a cooperação em educação, ciência, tecnologia e inovação. De acordo com Janine, a Alemanha detém um sistema sólido de educação profissional. “A educação profissional é um dos pontos fortes da Alemanha”, afirmou. “Mais da metade dos jovens de 15 a 17 anos estão fazendo ensino profissional e técnico; no Brasil, esse número é de cerca de 10%.”

Ministro assina acordos para cooperação em educação profissional com governo da Alemanha

Foto: João Neto/ MEC

Lembrando os bons resultados do Brasil na WorldSkills de 2015, a maior competição de educação tecnológica do mundo, em que o país foi campeão, o ministro destacou a criação de espaços de discussão sobre educação profissional, ciência, tecnologia e inovação entre Brasil e Alemanha. “Estamos no bom caminho, mas queremos conhecer melhor o sistema alemão, que tem vários pontos que podem ser úteis para aprimorar o nosso”, concluiu.

Os encontros fazem parte da agenda da visita da chanceler alemã, Angela Merkel, ao Brasil, pela ocasião da inauguração do Mecanismo de Consultas de Alto Nível no âmbito da Parceria Estratégica Brasil-Alemanha.

*Do Portal do MEC


Reportar erro