Doutrina Truman

Há estudiosos que afirmam que a partir da Doutrina Truman deu-se início a Guerra Fria, pois foi ela que espalhou pelo mundo a rivalidade…


Há estudiosos que afirmam que a partir da Doutrina Truman deu-se início a Guerra Fria, pois foi ela que espalhou pelo mundo a rivalidade entre capitalistas e socialistas. Criada por Harry Truman, presidente dos Estados Unidos da época, essa política influenciou todo o mundo.

A Doutrina Truman é uma expressão que representa um conjunto de medidas políticas e econômicas que foram assumidas após o dia 12 de março de 1947. Neste dia o presidente dos Estados Unidos Harry Truman fez um discurso contra a “ameaça comunista”, neste discurso o presidente assume o compromisso de defender o mundo dos soviéticos.

Essa Doutrina é voltada para o bloco de países capitalistas no período pré-Guerra Fria e tinha como objetivo principal impedir a expansão do socialismo, especialmente nas nações capitalistas que eram consideradas mais frágeis.

Doutrina Truman

Foto: Reprodução

O fim da Segunda Guerra Mundial

Após a Segunda Guerra Mundial, a Europa ficou destruída e enfraquecida política e economicamente, foi um acontecimento nunca visto antes na história, foram mais de 50 milhões de mortos. Com isso, surgiram duas potências mundiais, os Estados Unidos e a União Soviética, que representavam o capitalismo e o socialismo, respectivamente. Esses dois países acusavam-se de tentar dominar o mundo através de políticas autoritárias e antidemocráticas.

Ao perceber a forte pressão da União Soviética com o socialismo em muitos países europeus que estavam fragilizados, Winston Churchill, estadista britânico, juntou-se aos Estados Unidos com o objetivo de desenvolver estratégias que pudessem conter o avanço soviético.

O apoio dos Estados Unidos

Lançada em 1947 por Harry Truman, a Doutrina Truman foi o primeiro pilar da Guerra Fria, que se estenderia por mais dois anos. No ano do seu lançamento, 1947, a Grécia e a Turquia estavam passando por uma guerra civil entre comunistas e monarquistas, esse foi o momento ideal para que Truman pudesse assumir sua posição contra a União Soviética. Para consolidar a polarização do mundo, os Estados Unidos lançaram o Plano Marshall, neste plano o país oferece apoio econômico aos países que precisam se reerguer após o fim da guerra. Alguns países recusaram a ajuda dos Estados Unidos e esse ato consolidou ainda mais a divisão mundial.

Desta forma, os Estados Unidos passaram a intervir em qualquer guerra que fosse contra o socialismo. De 1950 a 1961, eles interviram na Guerra da Coréia, na Guerra do Vietnã, no Irã, Guatemala, apoiaram a invasão de Cuba e criaram a “Escola das Américas”, no Panamá, nela os militares eram incentivados a assumir o poder em seus países.


Reportar erro