Guerra do Vietnã – História, causas e fotos

A Guerra do Vietnã foi o conflito armado mais violento da história da metade do século XX. Ela teve várias causas e consequências. Veja detalhes e fotos


A Guerra do Vietnã, que aconteceu entre os anos de 1959 e 1975, é tida como o conflito armado mais violento que aconteceu na segunda metade do século XX, ocorrendo nos territórios do Vietnã do Norte, Vietnã do Sul, Camboja e Laos. Ele não foi apenas o mais violento, como também o mais longo a acontecer logo após a Segunda Guerra Mundial.

Contexto histórico

Para que seja possível entender o porquê da Guerra do Vietnã, é necessário que conheçamos um pouco da história da região onde ocorreu tal conflito.

Quando aconteceu a Segunda Guerra Mundial, o Japão invadiu e dominou uma região conhecida como Indochina. Parte desse território era formada por Laos, Camboja e Vietnã, que viviam sobre o domínio francês, mas já ansiavam pela independência.

Tentando reagir a invasão, os vietnamitas formaram a Liga Revolucionária para a Independência do Vietnã, que era ligada ao partido comunista. Eles tinham como líder Ho Chi Minh, um líder revolucionário que assim como todo o povo queriam a independência do país.

Quando a Segunda Guerra Mundial chegou ao fim teve início o processo de descolonização, que culminou na luta entre os guerrilheiros do Viet-Minh e as tropas francesas. Com a derrota, os franceses foram obrigados a aceitar a independência, e em 1954 na Conferência de Genebra, que havia sido convocada para negociar a paz, a França reconheceu a independência do Vietnã, Laos e Camboja. Também ficou definido que o Vietnã passaria agora a ser subdivido em dois:

– Vietnã do Norte:  Que seria governado por Ho Chin Minh, Socialista.

– Vietnã do Sul: Governado por Ngo Dinh Diem, capitalista e aliada dos Estados Unidos.

Causas

Com as diferenças políticas existentes entre  o Vietnã do norte e o Vietnã do Sul, era claro que havia no ar um clima de instabilidade no que dizia respeito a paz  entre eles. Era difícil que um socialista e um capitalista conseguissem viver bem, lado a lado, com tantas diferenças políticas e ideologias tão próximas.

No ano de 1959, os guerrilheiros comunistas chamados de vietcongues, atacaram uma base norte-americana que existia no Vietnã do Sul, sob o apoio de Ho Chi Minh e dos soviéticos.  A partir deste momento estava dada início a Guerra do Vietnã.

Os Estados Unidos e a União Soviética se tornaram parceiros, mesmo que de maneira indireta, com os países que se enfrentavam. Desde o início da Guerra, em 1959, até o ano de 1964, apenas o Vietnã do Norte e o do Sul se enfrentaram. Ficando a Guerra restrita a suas diferenças políticas e ideológicas, não envolvendo nenhum país vizinho.

A partir de 1964 os Estados Unidos deixaram de apoiar indiretamente a guerra e passaram a assumir que estavam realmente de dentro. Enviaram armamentos e soldados, que por não conhecerem muito bem o território, repleto de florestas tropicais fechadas e uma enorme quantidade de chuva, sofreram bastante. Os vietcongues possuíam vantagem por conhecer cada centímetro do local onde estavam guerrilhando, e enquanto os EUA utilizavam de armamentos modernos e helicópteros, os vietcongues faziam usos de táticas de guerrilha que só eles dominavam.

Essa falta de preparação dos norte-americanos em lidar com um ambiente desconhecido, lhe renderam a derrota no final da década de 1960. Era claro que os Estados Unidos possuíam uma ótima tecnologia, mas isso não foi suficiente para vencer a experiência de seus adversários.

Aproveitando a oportunidade, em 1968 os vietnamitas do norte invadiram o Vietnã do Sul, dominando a embaixada dos Estados Unidos. Isso causou uma retaliação das tropas norte-americanas e do próprio Vietnã do Sul, que culminou no momento mais sangrento de toda guerra. Estima-se que milhares de pessoas morreram.

O fim da guerra

Enquanto o governo dos Estados Unidos continuava envolvido com a guerra, os jovens norte-americanos, faziam protestos contra a permanência do país no conflito. No início do ano de 1979, grupos pacifistas e a população civil em geral faziam campanhas nas ruas pedindo que o governo retirasse as tropas e retornasse com seus soldados para o país. A tv mostrava a todo momento as cenas bárbaras daquele conflito, milhares de soldados norte-americanos morrendo, e suas famílias em pânico sem nada poder fazer.

Como não estava conseguindo nenhum sucesso na guerra, tendo várias derrotas consecutivas, e também não contando com o apoio da população, em 1975 o governo dos EUA aceita o Acordo de Paris, retirando todas as suas tropas do Vietnã.

O Vietnã do norte se declarava vitorioso, a partir daquele momento.

Em 2 de julho de 1976  Vietnã foi reunificado  sob o regime comunista, aliado da União Soviética.

Consequências

  • Mais de 1 milhão de mortos
  • Mais de 2 milhões de mutilados e feridos
  • Destruição de casas e prejuízos econômicos no Vietnã
  • Os campos agrícolas ficaram arrasados.

Fotos da Guerra do Vietnã

Guerrilheiros na Guerra do Vietnã

Foto: Reprodução

 

Guerra do Vietnã - História, causas e fotos

Foto: Reprodução

 

Guerra do Vietnã - Foto

Foto: Reprodução

 

Família durante a guerra

Foto: Reprodução

 

Vietcongues

Foto: Reprodução


Reportar erro