,

A América e a língua portuguesa

Na América, o Brasil é o único país que possui o português como língua oficial. No entanto, o ensino do idioma vem se expandindo no continente

A língua portuguesa é a única língua oficial do Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe; além de ser uma das línguas oficiais da Guiné Equatorial, do Timor-Leste e Macau.

Na América, o Brasil é o único país que possui o português como língua oficial. No entanto, o ensino do idioma vem se expandindo no continente, principalmente nos países da América do Sul que constituem o Mercosul.

Histórico

A língua portuguesa chegou à América por meio da colonização portuguesa, a partir de 1500 no Brasil. A história do idioma no continente deve ser vista de maneira associada à formação do território nacional, considerando-se fatores como as entradas, as bandeiras e os ciclos econômicos. Devido ao seu imenso território, o Brasil é, hoje, o maior país de língua portuguesa, tanto em extensão quanto na quantidade de falantes.

A América e a língua portuguesa

Foto: depositphotos

Durante o período colonial, o português falado no país recebeu diversas influências, incluindo as línguas indígenas, africanas e de imigrantes europeus. Muitas palavras do léxico indígena – principalmente aquelas ligadas à flora e à fauna – foram incorporadas ao português do Brasil, como “abacaxi”, “caju”, “mandioca” e “tatu”. No início da colonização portuguesa no Brasil, o tupi foi usado com língua geral na colônia, juntamente com o português.

No entanto, no ano de 1757, o uso do tupi foi proibido por uma Provisão Real. O português foi fixado definitivamente em 1759, com a expulsão dos jesuítas. Além da influência indígena, os dialetos africanos também marcaram a história da língua portuguesa na América. Com as pessoas capturadas e trazidas para a colônia para trabalharem como escravas, a língua recebeu novas contribuições, sendo principalmente influenciada pelo iorubá, falado pelos negros vindos da Nigéria, e pelo quimbundo angolano. Alguns exemplos de palavras oriundas do vocabulário africano são “caçula” e “samba”.

Distanciamento da língua falada em Portugal

Com as diversas influências, o português falado na América foi se distanciando do português falado na Europa. Um dos motivos do afastamento entre o português brasileiro e o europeu ocorreu quando a língua falada na colônia não acompanhou as mudanças ocorridas no português de Portugal durante o século XVIII.

Após a independência do Brasil, outros idiomas vindos da Europa e outros continentes, por meio da migração de diversos povos, também contribuíram para essa diferenciação. Esse fato explica as diferenças regionais que podemos observar no português falado no país.
É preciso ressaltar que a língua portuguesa tem, sim, as suas variedades dialetais, mas conserva a uniformidade gramatical em todo o território.

 

*Débora Silva é graduada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas).