, ,

Entenda o que é a técnica de cultura bacteriana e pra quê serve

Para a realização de uma cultura de bactérias, precisamos de um inóculo e de um meio de cultura

A cultura bacteriana é uma técnica dirigida e controlada do crescimento de colônias de bactérias, a fim de facilitar o seu estudo.

Muitas vezes, o estudo da morfologia, arranjo e interpretação das propriedades de coloração não são suficientes para identificar o agente bacteriano e, por esse motivo, os pesquisadores de alguns ramos da biologia recorrem à cultura, com o objetivo de melhorar o desempenho dos processos envolvidos, estudando as características culturais da bactéria como a capacidade de crescer em meio seletivo.

A Microbiologia e a Biologia molecular utilizam com frequência as técnicas de cultura bacteriana.

Meios de cultura

Entenda o que é a técnica de cultura bacteriana e pra quê serve

Foto: depositphotos

Para a realização de uma cultura bacteriana, são necessários um inóculo e um meio de cultura. O crescimento dos micro-organismos nos diferentes meios de cultura fornecerá as primeiras informações para a sua identificação. O potencial de crescimento de cada meio de cultura deve ser conhecido, fazendo com que seja possível adequar ao perfil bacteriano esperado para cada material.

O meio de cultura consiste em substância líquida ou gelificada, simples ou complexa, que permite a nutrição, o crescimento e a multiplicação dos micro-organismos. Alguns procedimentos são fundamentais na hora de preparar cada meio de cultura, a fim de obter melhores resultados e evitar contaminações.

Os meios de cultura podem ser classificados de acordo com o seu estado físico, pela sua composição e a sua utilização. No que se refere ao seu estado físico, os meios podem ser líquidos ou gelificados; em relação à composição do meio, podem ser classificados como naturais, sintéticos e semi-sintéticos. Já em relação à sua prática laboratorial, pode-se considerar os meios de base, os meios enriquecidos e os meios seletivos.

Os meios gelificados permitem o crescimento das células formando colônias e são obtidos a partir de um meio líquido ao qual é adicionada uma substância gelificante que, no princípio, era a gelatina, mas passou a ser o ágar-ágar.

A cultura bacteriana utiliza diferentes tipos de gel ágar, sendo que cada um deles tem uma especificidade. Confira a seguir as características de alguns deles:

Ágar nutriente (AN)

Trata-se de um meio relativamente simples e muito usado nos procedimentos do laboratório de microbiologia. As suas finalidades incluem a análise de água, alimentos e leite como meio para cultivo preliminar das amostras submetidas à exames bacteriológicos.

Ágar sangue (AS)

O meio oferece excelentes condições de crescimentos para a maioria dos micro-organismos. Dentre as suas finalidades estão o isolamento de micro-organismos não fastidiosos e verificação de hemólise dos Streptococcus spp. e Staphylococcus spp.  

Ágar chocolate (CHOC)

É amplamente utilizado para o cultivo de micro-organismos exigentes.

Sobre o autor

Avatar
Formada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas) pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), com certificado DELE (Diploma de Español como Lengua Extranjera), outorgado pelo Instituto Cervantes. Produz conteúdo web, abrangendo diversos temas, e realiza trabalhos de tradução e versão em Português-Espanhol.