A origem da Missa do Galo, tradicional celebração de Natal

A missa do galo corresponde ao ritual da véspera de natal. A tradição vem do ano de 143, quando o papa São Telesforo instituiu uma missa a meia-noite


O natal está chegando e sempre ouvimos falar na tradicional missa do galo que é realizada em várias igrejas católicas ao redor do mundo. A principal celebração acontece em Roma. Ela é presidida pelo papa desde o século V, na Basílica de Santa Maria Maior, e geralmente é transmitida por inúmeras redes de televisão.

A missa do galo corresponde ao ritual da véspera de natal. A tradição vem do ano de 143, quando o papa São Telesforo instituiu uma missa a meia-noite no dia 24 de dezembro.

Mas antes de ser adotada oficialmente pela Igreja Católica, a tradição já afirmava que os primeiros cristãos saiam de Jerusalém e iam em peregrinação até Belém para participarem de uma celebração ao nascimento de Jesus, que aconteceria na hora do primeiro canto do galo.

Por que a missa acontece de meia noite?

Umas das teses para a escolha desse horário é por conta de um hino que remonta o século IV, o qual dizia que Cristo teria nascido a zero hora.

A origem da Missa do Galo, tradicional celebração de Natal

Foto: depositphotos

Apesar dessa crença, existem outros mitos relacionados ao evento. Um deles é o que diz o monsenhor José Roberto Rodrigues Devellard, coordenador da Comissão de Arte Sacra da Arquidiocese do Rio. Segundo ele, o horário da missa faz alusão ao fato de Jesus ser o sol para a humanidade. Portanto, tanto o natal como a páscoa seriam celebrados na primeira hora do dia, pois é onde acaba a noite e o universo se prepara para o nascer do sol.

A referência ao animal também tem origem histórica. Segundo o monsenhor, o galo era considerado uma ave sagrada na antiguidade em Roma, pois ele era o primeiro a reverenciar o sol nascente. Portanto, ele estaria louvando a Deus com o seu canto.

Inclusive, nos lembra o devoto, que o galo ainda é mantido por algumas ordens religiosas a fim de exercerem esse papel de lembrar a todos a nascimento de mais um dia permitido por Deus.

Atualmente, por conta da violência em muitas cidades, a missa do galo passou a ser celebrada mais cedo.

Entenda: cristãos usam sol como referência a Jesus

A origem do natal é pagã. O dia 25 de dezembro era utilizado para celebrar o Deus do Sol. Com o advento do cristianismo, a comunidade discípula de Jesus adotou a data simbólica para representar o nascimento de Cristo, que na visão dela é o verdadeiro o sol da humanidade. A data tornou-se oficial quando o imperador romano Constantino confirmou-a por meio de um decreto.


Informar erro