Absorção

Este termo para a biologia ou química tem o sentido de filtração ou penetração, que é aplicado em produtos ou em outros seres como forma de procedimento


Quando falamos sobre absorção, temos a ideia de filtrar, assimilar ou mesmo de penetração. Por exemplo, quando um aluno entende um assunto ministrado pelo professor em sala de aula, quer dizer que ele absolveu o ensinamento passado pelo mestre. Se levarmos este termo para a biologia ou química, teremos o mesmo sentido aplicado em produtos e outros seres como forma de procedimento.

Neste artigo, você irá entender um pouco mais sobre o sentido deste processo em estudos biológicos e químicos, levando em consideração seus exemplos e especificidades.

Absorção na biologia

A planta se alimenta através da fotossíntese, processo pela qual a luz, o gás carbônico e os sais minerais retirados da terra são transformados em energia e em oxigênio. Para que este procedimento ocorra, a planta necessita absolver os elementos já citados e depois metabolizá-los. Entretanto, existe uma permeabilidade nas membranas que podem impedir a entrada de substâncias, o que não quer dizer que estas não entrem no organismo das plantas através de outros mecanismos. Na biologia, existem dois tipos de de absorção:

Absorção

Imagem: Reprodução/ internet

  • Absorção passiva: Quando não há gasto de energia das células, e corresponde a entrada de substâncias na parede celular da planta;
  • Absorção de água: Este tipo de absorção se dá por meio de ações ativas, em que a água é filtrada pelas raízes e vão até os vasos. Para isso, é preciso haver uma pressão hidrostática ou pressão de raiz (Pr), e que pode ser representada pela seguinte fórmula: Pr = πs – πr *;
  • Absorção ativa: Neste processo, há o gasto de energia celular, diferentemente da passiva. Além disso, a entrada e o acúmulo dos nutrientes se dão através do citoplasma ou no interior do vacúolo.

*Observação: Pr = pressão máxima na raiz ; πs = potencial osmótico da solução no solo ; πr = potencial osmótico da solução na raiz.

Absorção na química

Nos processos químicos, a absorção se refere aos átomos, moléculas e íons. Estes, por sua vez, se introduzem em outras fases e acabam se fixando de diversas formas, ou seja, a substância absorvida acaba se infiltrando na que absorve. Desta forma, pode existir a fixação de um gás por um líquido ou um sólido, ou a fixação de um líquido por um sólido.

Por exemplo, o processo de absorção nas indústrias é feito na purificação de gases de combustão, na recuperação de solutos ou então na remoção de CO2 na fabricação de amônia, entre outros processos.


Reportar erro