Conheça a piscina ilusória que parece estar cheia d’água

Obra trata-se de uma peça de exposição idealizada pelo artista argentino Leandon Erlich. A mesma está exposta desde 2004 no Japão


Ela refresca o calor, cai bem em dias de lazer, férias, diversão entre amigos e familiares, e, sobretudo, ideal para os de verão ou mesmo de calor intenso. Se você imaginou uma piscina, acertou. Todavia, no Japão, uma exposição permanente no Museu de Arte Contemporânea, em Kanazawa, revelou ao mundo uma piscina um tanto inusitada e até então nunca vista: a piscina ilusória que parece estar cheia d’água.

A criação

A obra trata-se de uma peça de exposição idealizada pelo artista argentino Leandon Erlich, e a mesma fica exposta no local desde 2004. Ao observar do lado de fora da piscina, os espectadores criam a impressão de que os observadores que estejam na parte interna estejam literalmente mergulhados em água.

Conheça a piscina ilusória que parece estar cheia d'água

Fotos: Divulgação

O efeito

Para chegar a tal efeito, Erlich fez uso de duas placas de acrílico com água entre elas em aproximadamente 30 centímetros, além de outros poucos centímetros do líquido por cima da placa superior, o que deixou a piscina ainda mais com uma impressão de real.

As pessoas que estão dentro da piscina ficam com aparência distorcida, exatamente como se estivessem mergulhadas debaixo d’água. Tal efeito é possível devido o efeito refratário da água.

conheca-a-piscina-ilusoria-que-parece-estar-cheia-dagua_

O artista

Natural de Buenos Aires, na Argentina, Erlich iniciou sua carreira com obras de arte desde cedo, ainda com 20 anos, quando começou a estudar escultura. Anos depois, ele se mudou para Nova Iorque, nos Estados Unidos, onde teve ainda mais oportunidade de crescer na carreira de artista.

Sua participação em exposições artísticas teve início em 1997, quando ingressou em bienais em países como França, Japão, Cuba, Brasil e Turquia.

Veja a seguir um vídeo demostrativo da piscina ilusória de Erlich:


Reportar erro