Conheça a Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB)

Atualmente a instituição conta com 23 cursos em sua grade, entre bacharelados e licenciaturas, nas mais diferentes áreas do conhecimento


A Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) é uma instituição de ensino superior pública, sediada na cidade de Barreiras, Bahia. A UFOB é resultado do desmembramento do campus de Barreiras da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

A implantação e inauguração do Campus Professor Edgard Santos, Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento Sustentável (ICADS) aconteceu em outubro de 2006.

No início, a Universidade começou com a oferta de seis cursos: Administração, Ciências Biológicas, Engenharia Sanitária e Ambiental, Geografia, Geologia e Química, sendo oferecidas 40 vagas anuais cada. Em 2007, o curso de Física passou a integrar a grade. Já em 2008, foram aprovadas as criações dos cursos de Engenharia Civil, Matemática e o Bacharelado Interdisciplinar em Ciências e Tecnologia.

Na história

conheca-a-universidade-federal-do-oeste-da-bahia-ufob

Foto: Reprodução/Fala Barreiras

A história da implantação do ICADS se inicia no ano anterior à sua inauguração como unidade da UFBA. No dia 21 de novembro de 2005, foi aprovada a Resolução nº 04/05, que cria o Campus Professor Edgard Santos em Barreiras, pelo plenário do Conselho Universitário da Universidade Federal da Bahia (UFBA), tendo sido regulamentado pelo Decreto nº 5.773 de 9/5/2006 do Ministério da Educação e Cultura (MEC) e publicado no Diário Oficial da União (DOU) nº 165, seção 1 em 27/8/2007.

Em 2007 foi criada a proposta de desmembramento do Campus, sendo aprovada por unanimidade pela Congregação do Instituto e por aclamação pelos Conselhos Superiores da UFBA. O projeto visava contribuir com o desenvolvimento econômico e oportunizar aos moradores da região oeste da Bahia o ingresso em uma universidade pública.

Criação da Universidade Federal do Oeste da Bahia

O projeto de lei que criou a Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) foi sancionado no dia 5 de junho de 2013 pela então presidente Dilma Rousseff (Lei nº 12.825). Desde então, a UFOB tem como missão promover a formação, a produção e difusão do conhecimento e o desenvolvimento da sociedade por meio de ações que efetivem a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão.

Estrutura atual

Atualmente a instituição conta com 23 cursos em sua grade, entre bacharelados e licenciaturas. Eles estão distribuídos entre: Agronomia; Medicina Veterinária; Engenharia de Produção, de Biotecnologia, Mecânica, Elétrica, Civil, Sanitária e Ambientas; Artes Visuais; Publicidade e Propaganda; Administração, Geografia; História; Física; Geologia; Matemática; Química; Ciências Biológicas; Farmácia; Medicina; Nutrição e Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia e Humanidades.

A instituição ainda oferece projetos de extensão em vários segmentos, o que propicia maior interação do aluno com o conhecimento. Além do mais, a UFOB possui sedes representativas nas cidades de Barra, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Luís Eduardo Magalhães e Santa Maria da Vitória.

A justifica para essa oferta vem das dimensões territoriais que tem a Bahia. Até então, havia apenas duas Universidades Federais e ambas distantes dessa região, o que dificulta o acesso dos jovens da região. O projeto foi entregue ao Ministério da Educação e Cultura para encaminhamentos.


Reportar erro