Dia das crianças: brinquedo consegue ser lúdico e tecnológico

O brinquedo consegue prender a atenção das crianças mais ligadas à tecnologia, sem deixar de ser educativo


Com a chegada da tecnologia, fica cada vez mais difícil presentear crianças com brinquedos, jogos educativos ou lúdicos.

A preferência da meninada por tablets, celulares e computadores, as afasta cada vez mais de uma infância saudável, interativa e com atividades que estimulam as habilidades cognitivas.

O smart toy Marbo veio para facilitar a vida de quem quem presentear uma criança com algo que tenha apelo lúdico, mas que ao mesmo tempo consiga prender a atenção das crianças muito ligadas à tecnologia.

Estudos e pesquisas mostram cada vez mais a importância de atividades lúdicas na vida de uma criança. A prática ajuda no seu desenvolvimento físico, motor, emocional, cognitivo e social.

Dia das crianças: brinquedo consegue ser lúdico e tecnológico

Foto: reprodução/site marbobasall

As atividades lúdicas são qualquer animação quem tenha como principal objetivo causar prazer, interação e entretenimento para quem a pratica.

O primeiro brinquedo inteligente do Brasil é inovador. O diretor de operações da fábrica que produz o Marbo alega que ele consegue ser lúdico e tecnológico ao mesmo tempo.

“Ao ensinar inglês, matemática e interagir com outro Marbo e celulares, o smart toy apresenta recursos que não deixam de lado o aspecto “mágico” de um brinquedo. Um dos elementos que mais encantam os pequenos é a expressão visual dos olhos dele e a função que permite o movimento do bico, cílios e pés”, afirma.

O brinquedo é disponibilizado nas cores verde, azul, rosa e roxo e é indicado para crianças com mais de três anos de idade. O Marbo tem uma sensibilidade ao toque, reconhecimento de voz, repete frases de forma divertida, conta histórias, canta, interage com outro brinquedo da mesma linha e ainda responde perguntas.


Reportar erro