Fotossíntese das plantas – Entenda esse processo e suas fases

Fique por dentro dos pontos mais importantes sobre a fotossíntese. Entenda o processo de respiração e alimentação das plantas e suas fases


A fotossíntese é o processo pelo qual as plantas, que são seres autótrofos, geram seu alimento. Esse processo ocorre a partir de reações internas na planta, envolvendo substâncias inorgânicas e a luz do Sol. A substância responsável por esse fenômeno é a clorofila, ela também é responsável pelo pigmento verde das folhas, pois é onde se mostra mais presente nos vegetais, mas há exceções como o cacto, que não tem folhas e a clorofila se concentra no caule.

Fotossíntese das plantas - Entenda esse processo e suas fases

Foto: Reprodução

O Processo da fotossíntese

Há fatores necessários para que a fotossíntese aconteça, eles são:

  • Temperatura – Até 35º C, os níveis de produção da fotossíntese são bons, mas após essa temperatura, as proteínas começam a desnaturar, tornando o processo não proveitoso.
  • Quantidade de CO2 – Quanto mais CO2 na atmosfera, com mais potencial o processo acontecerá. Cientistas já conseguiram aumentar em 10 vezes (em laboratório) a quantidade de CO2 potencializando a fotossíntese.
  • Luz – O fator mais importante do processo. Sem ele não há fotossíntese. Quanto mais luz presente no ambiente, mais intenso e produtivo será o processo.

Outros seres fotossintetizantes

Existem alguns protistas, bactérias e cianobactérias que também são capazes de realizar esse processo, contudo há aspectos que são diferentes, como é o caso das bactérias, que não liberam oxigênio.

O processo realizado pelas plantas e cianobactérias tem a seguinte equação

6 CO2 + 12 H2O  (luz e clorofila →)    C6H12O6 + 6 O2 + H2O

A equação mostra que quando há luz e clorofila, o CO2 e a água são convertidos em glicose e água e há liberação de oxigênio.

Na fotossíntese bacteriana a equação é diferente, pois as bactérias não liberam oxigênio e nem precisam de água. O primeiro pesquisador que propôs isso foi Cornelius Van Niel, durante a década de 1930. As bactérias estudadas por ele usavam CO2 e H2S (Sulfeto de hidrogênio) e produziam carboidrato e enxofre. Esse processo tem a seguinte equação:

6 CO2+ 2 H2S   (luz )    CH2O + H2O + 2 S

Através dessa fórmula, Van Niel sugeriu a equação geral da fotossíntese (mostrada acima).

Exceções

Embora grande parte das plantas seja capaz de fazer a fotossíntese, existem plantas que não tem todas as condições necessárias. Por esse motivo, algumas plantas se adaptaram para capturar pequenos insetos e destes retirar os nutrientes que ainda faltam para sua sobrevivência. Exemplos dessas espécies carnívoras são as Dioneias. Essas plantas possuem folhas que exalam um odor que atrai os insetos e quando o animal pousa na folha, ela automaticamente se fecha, assim impedido que o animal voe. Outro exemplo bastante conhecido é planta chamada de “jarrinha”. Ela é uma planta da espécie Nepenthes, possui varias cores e um líquido açucarado em seu interior. Quando o inseto que cai nessa planta ele é absorvido e transformado em nutrientes.


Reportar erro