História dos bandeirantes no Brasil

Por Gabriel Oliveira

História dos bandeirantes no Brasil

Imagem: Reprodução

Os bandeirantes eram os sertanistas da época do Brasil Colônia. A partir do século XVI, eles exploravam os sertões do país à procura de riquezas (principalmente a prata, que poderia ser encontrada em abundância em toda a América Espanhola), índios para escravizar e extermínio de quilombos.

A importância dos bandeirantes

Os bandeirantes saiam de São Vicente e São Paulo e adentravam o interior do país, indo por estradas perigosas, florestas e seguindo o caminho dos rios (o Tietê foi um dos mais usados naquela época, sendo uma das principais vias para chegar ao interior de São Paulo). Essas explorações que eles faziam frequentemente ficaram conhecidas como Bandeiras ou Entradas.

  • Entradas: tratava-se das expedições que eram organizadas pelo próprio governo, as oficiais.
  • Bandeiras: ao contrário da anterior, essas expedições eram organizadas e financiadas por particulares, como os senhores de engenho, comerciantes, proprietários de minas, entre outros.

O objetivo principal dessas expedições era procurar por minérios preciosos e capturar indígenas. Entretanto, esses homens ganharam notoriedade na história por conquistarem uma grande parte do Brasil. Alguns deles chegaram ainda mais longe, fora do território nacional, em países como Uruguai e Bolívia.

A partir do século XVII, os portugueses passaram a se interessar apenas pela busca de pedras preciosas e ouro, deixando as demais atividades em segundo plano. Foi aí que os bandeirantes Manuel Borda Gato e Fernão Dias Pais desbravaram o estado de Minas Gerais em busca por essas riquezas. Pouco tempo depois, outros bandeirantes ultrapassaram a linha do Tratado de Tordesilhas e encontraram ainda mais ouro. Muitos homens aventuravam-se a seguir os bandeirantes em suas buscas, permanecendo nos estados do Mato Grosso e Goiás, e daí foram sendo formadas as primeiras cidades daquela região.

Alguns dos bandeirantes que ganharam destaque nessa ocasião:

  • Bartolomeu Bueno da Veiga;
  • Antonio Pedroso;
  • Nicolau Barreto;
  • Francisco Bueno;
  • Antonio Raposo Tavares;
  • Jerônimo Leitão.

Conclusão sobre sua história

Diante dos fatos, podemos concluir que os bandeirantes foram muito mais do que simples exploradores e caçadores de riquezas. Eles foram um dos principais responsáveis pela expansão de todo o território brasileiro, ultrapassando as barreiras do Tratado de Tordesilhas. Entretanto, eles também contribuíram com o regime de escravidão que era mantido na época do Brasil Colônia, agindo com violência contra escravos foragidos e capturando indígenas para trabalharem nesse regime de escravidão.

Aqui no Brasil, todo dia 14 de novembro é comemorado o Dia dos Bandeirantes!