O olho humano

Engana-se quem acredita que o olho humano é formado apenas por esse glóbulo que é visualmente percebido ao olharmos para os rostos das pessoas.…


Engana-se quem acredita que o olho humano é formado apenas por esse glóbulo que é visualmente percebido ao olharmos para os rostos das pessoas. Dentro dessa partícula existem muitas outras, essas que são capazes de nos fazer enxergar, nutrir e proteger olhos das ações externas ao nosso corpo. Neste artigo, o Estudo Prático descreve quais são as partes do olho, suas funções e sobre como compreender a importância de cada uma delas no funcionamento correto da visão.

A anatomia dos olhos

A estrutura de cada olho é formada pela esclerótica, córnea, coroide, íris e todas as microestruturas que estão contidas dentro dessas maiores. O conjunto dessas funções e as suas importâncias são responsáveis pela as funções que o olho desempenha no nosso corpo. Conheça cada uma delas:

  • Esclerótica: Parte branca do globo ocular, onde estão inseridos os músculos do bulbo do olho. Essa região ainda é formada por uma membrana que recobre a chamada conjuntiva;
  • Córnea: Região transparente que funciona como um vidro de um relógio, assim como no objeto o material protege os ponteiros, ela serve para resguardar o olho. Nessa região ainda existe um líquido claro chamado de humor aquoso, que junto com o cristalino e o corpo vítreo levam os rios luminosos para a retina. Nessa última, os impulsos nervosos são transformados em imagem, ainda nessa região os axônios e os neurônios se agrupam e formam o nervo óptico, que saindo da retina vai para o cérebro, onde a imagem se forma;
  • Coroide: Parte que fica entre a esclerótica e a retina. Possui vasos sanguíneos e pigmentos que lhe ofertam a capacidade de nutrir e proteger o olho;
  • Íris: Responsável pela cor dos olhos, que por sua vez vai depender da genética. Ainda dentro da íris existe a pupila, responsável pela entrada de luz, nessas circunstâncias se dilata (abre) no escuro, no intuito de conseguir luz, ou então se fecha quando tem bastante luz, na tentativa de consumir só a quantidade necessária.
O olho humano

Foto: Pixabay

Retina e as células fotossensíveis

Nessa importante região do olho, fica localizada dois tipos de células fotossensíveis, chamadas de cones e bastonetes. Este último é muito importante para a visão quando está escuro, enquanto o primeiro é responsável pelo funcionamento melhor da visão na claridade. Ao contrário dos bastonetes, os cones fornecem imagens mais nítidas e coloridas.

Outras partes que atuam para uma boa visão

Assim como há os órgãos internos capazes de proteger os olhos, há também agentes externos que exercem funções que visam um bom funcionamento da visão. São os cílios e as sobrancelhas, que servem como barreiras de poeiras e suor, respectivamente. Sem essas partes, assim como as internas o funcionamento equilibrado dos olhos não seria viável.


Reportar erro