Transpiração

Quase todos os seres vivos transpiram de alguma forma, este é um processo muito importante para a sobrevivência de muitos deles, assim como a…


Quase todos os seres vivos transpiram de alguma forma, este é um processo muito importante para a sobrevivência de muitos deles, assim como a respiração. Existem vários tipos de transpiração, eles variam de acordo com a estrutura e necessidade das espécies. Conheça agora um pouco mais sobre esse assunto.

Transpiração

Foto: Reprodução

O que é?

A transpiração é um processo em que a água que está contida em um determinado corpo seja eliminada por causa do aumento da temperatura externa ou interna que faz com que essa água possa fluir para a superfície desse corpo. Embora qualquer corpo que contenha água em sua composição possa estar sujeito à transpiração se exposto a temperaturas elevadas, é nos seres vivos que a transpiração ganha uma importância vital.

Como ocorre nos vegetais?

A transpiração que ocorre nos vegetais é um processo bem diferente do que ocorre nos outros seres vivos, principalmente no homem. Geralmente a transpiração das plantas ocorre através dos estômatos, a folha está em contato com o solo através do seu sistema vascular e de acordo com a umidade do ar, o vapor de água sai da folha através dos estômatos.

Quando a umidade relativa do ar está baixa e existe vento, a transpiração se torna elevada. Muitas plantas possuem uma cutícula que cobre a superfície da folha, quando os estômatos se fecham, caso esta cutícula não seja muito espessa, a transpiração continua acontecendo por ela. Caso o solo esteja com deficiência de água, os estômatos se fecham para que não haja mais a perda de água, mas como essa transpiração ainda pode continuar a ocorrer através da cutícula, existe a possibilidade da planta morrer.

Como ocorre no homem e em outros animais?

Nos seres terrestres, tanto o calor externo, quanto o interno, que é gerado pelas funções vitais do ser vivo, acabam causando um aumento de temperatura. Quando essa temperatura começa a ficar mais elevada, ela causa consequentemente a transpiração, que é uma forma pela qual muitos serem podem eliminar parte desse calor.

A água que se encontra no interior do corpo dos seres vivos, de alguma forma aflora para a superfície e com ela leva o calor interno para fora do corpo. Em alguns mamíferos, como é o caso do ser humano, a transpiração ocorre na forma de suor sobre a pele. Este suor, além de eliminar o excesso de calor que está dentro do corpo, ainda ajuda a resfriar a superfície da pele ao entrar em contato com correntes de ar.

Nos seres humanos, esse suor é produzido pelas glândulas sudoríparas, que além da água, também eliminam minerais e outros compostos que podem ser nocivos ou até desnecessários que estão presentes no sangue, como é o caso do ácido úrico. Quando esse suor é excessivo chamamos de hiperidrose, que é considerada uma doença e possui tratamento.

Em outras espécies de animais, como os cães e alguns felinos, a transpiração ocorre pela língua e pelo nariz desses animais. As baleias, assim como muitos outros mamíferos aquáticos, possuem um mecanismo de regulação da transpiração que não é tão eficiente em ambientes secos, pois muitas vezes estes animais acabam morrendo por desidratação ou superaquecimento no interior do seu corpo.

Fatores que alteram a transpiração

Existem alguns fatores que contribuem para que a transpiração se altere e geralmente aumente, são eles:

  • A iluminação;
  • A umidade relativa do ar;
  • A temperatura;
  • A água disponível no solo (no caso das plantas);
  • O vento.

Reportar erro