Maçonaria: Origem, significado e suas características

A maçonaria teve início na Idade Média, graças à iniciativa de pedreiros, por isso o nome maçon que, em francês, significa Pedreiro. Saiba mais

De acordo com o site da organização ‘Cultura’, a maçonaria é uma associação de “homens livres e de bons costumes que incentiva entre si os princípios da liberdade, igualdade e fraternidade”.

Ela surgiu inicialmente com o objetivo de ser uma sociedade secreta, porém a partir deste século, ela passou a ser considerada mais uma sociedade de segredos do que uma sociedade secreta propriamente dita.

A origem da maçonaria

A maçonaria teve início na Idade Média, graças à iniciativa de pedreiros, por isso o nome maçon que, em francês, significa Pedreiro. Eles passaram a se reunir com outras categorias de trabalhadores e plantavam assim as primeiras sementes da organização, cujos requisitos para entrar são: ser homem, crer em Deus e ter uma postura ética e limpa.

De acordo com especialistas, a maçonaria ganhou força e ao final da Idade Média já considerada como uma força capaz de atuar na Revolução Francesa e, até, na independência norte-americana, anos mais tarde. E não só no exterior, no Brasil, podemos atribuir uma parte do sucesso da abolição dos escravos e da instauração da república à influência da maçonaria e dos seus membros.

Maçonaria: Como surgiu, significado, características e seu funcionamento

Imagem: depositphotos

Atualmente, o que mais chama atenção em relação à maçonaria é que a mesma consegue manter em sigilo seus principais ritos. O que se sabe é que mulheres são proibidas e que não pode haver discussões partidárias ou religiosas dentro das lojas, também chamadas de Grandes Lojas ou Grandes Orientes.

Como funciona a maçonaria

Uma vez participante, o maçon passa por três graus: aprendiz, companheiro e mestre. Para ser aceito, o indivíduo passa por uma iniciação em um ritual da aceitação. Convém saber que cada fase dessas descritas vem acompanhada de segredos exclusivos e, conforme, o maçon vai ascendendo vai descobrindo mais sobre a própria organização.

À frente de cada loja maçônica está o líder chamado internamente de Venerável Mestre. É ele o responsável por toda a liturgia, herança cultural e costumes. Muito se fala que, por ser uma ordem com fundada por pedreiros, existe ainda um vasto conhecimento subliminar nas construções erguidas por eles. Além disso, os seus membros devem seguir à risca as leis do local onde residem, respeitar as autoridades reconhecidas e ter um trabalho a desempenhar. Alguns dos princípios da organização são: honestidade, honra e amor.

Caso algum maçon não queira mais cumprir com essas determinações, ele pode deixar a maçonaria o momento que julgar necessário, embora precise guardar sigilo sobre a organização.