,

O que acontece com seu corpo quando você come proteína além do normal?

Há um ditado popular que diz que tudo em excesso pode fazer mal. Com as proteínas não é diferente

Que a proteína é essencial para o seu corpo, isso é indiscutível. Ela inclusive ajuda na sua dieta, pois fortalece os músculos e deixa seu corpo por mais tempo com a sensação de saciado. Porém, é importante tomar cuidado na quantidade ingerida para que a ânsia de obter resultados rápidos não resulte em consumo exagerado. Descubra o que acontece com seu corpo quando você come proteína além do normal.

Antes disso, você não pode esquecer que tudo em excesso pode fazer mal. Com as proteínas não é diferente. Ao ingerir em quantidade errada, seu corpo pode sofrer as consequências.

O que acontece se consumir proteínas demais

No quesito quantidade, o recomendado por especialistas é entre 25g e 30g de proteína por refeição. Outra regra que vale ser seguida é: consuma de 1,2 a 2g de proteínas por cada quilo de peso. Esse cálculo, pode te ajudar bastante na hora de manter uma dieta equilibrada, longe dos excessos.

Como o corpo reage ao excesso de proteínas?

Se você exagera nas proteínas, entenda porquê moderar (Foto: depositphotos)

Quando a proteína em questão é de origem animal o seu excesso prejudica a perda de peso e provoca a retenção de líquidos, mudança de humor, sobrecarrega o fígado e os rins e aumenta o risco de doenças cardiovasculares.

Os momentos corretos de consumir as proteínas

Veja também: Qual a função das proteínas e em quais alimentos encontrá-la

Se você costuma praticar atividades físicas, então o ideal é consumir após os treinos, porque sabemos que a realização de exercícios causa algumas fissuras no corpo e as proteínas ajudam nessa recuperação e colaboram para o crescimento muscular.

Então, após seu treino, dê um intervalo entre trinta minutos a uma hora e consuma proteína. Nessa ocasião, não coma somente proteína, mas acompanhe-a de outros alimentos, como carboidratos e aminoácidos. Juntos, eles irão contribuir para uma boa saúde dos seus músculos. Você pode escolher entre os seguintes alimentos, combinados ou não entre si: frango, peixe, ovos, aveia e feijão.

Devo parar de consumir proteína?

Não é porque ela pode prejudicar se consumida em excesso, que você deve tirar a proteína do seu cardápio. Muito pelo contrário, sabendo as quantidades corretas e dos benefícios que elas podem proporcionar, é primordial que você mantenha uma dieta que priorize esse tipo de alimento, porém sem exageros.

A melhor forma de não errar nas escolhas é consultar um nutricionista ou nutrólogo (médico especializado em nutrição). Após um estudo detalhado dos seus hábitos alimentares, você terá um diagnóstico e um cardápio feito sob medida para você.